CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Unoeste conquista seu melhor desempenho em avaliações Capes

Educação e Saúde evoluem em seus conceitos e os demais programas mantiveram a boa consolidação dos conceitos 


email facebook twitter whatsapp Linkedin

Foto: Homéro Ferreira Unoeste conquista seu melhor desempenho em avaliações Capes
Dr. Adilson Guelfi: conquista histórica

Desde que instalado em 1999 o primeiro dos cinco programas atuais de pós-graduação stricto sensu da Unoeste, garantiu na atualidade seu melhor desempenho em avaliações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fundação vinculada ao Ministério da Educação. O anúncio oficial dos resultados alcançados foi feito na manhã desta quinta-feira (29) em evento com pró-reitores, coordenadores e professores pesquisadores.

Esse dinamismo na produção de novos conhecimentos e geração de inovação tecnológica reflete em significativos ganhos social e econômico nas comunidades impactadas pela universidade com campi em Presidente Prudente, Jaú e Guarujá. Os resultados são relativos à avaliação quadrienal 2017-2020, liberados agora pela Capes para todas as universidades brasileiras, públicas e particulares, após a solução de uma questão jurídica.

O pró-reitor de pesquisa, pós-graduação e extensão Dr. Adilson Eduardo Guelfi abriu o encontro de cientistas, realizado no auditório Ipê que fica no bloco B3 do campus II em Prudente, enaltecendo a conquista histórica e a importante contribuição socioeconômica que a Unoeste tem proporcionado, especialmente aos seus entornos. Na exibição de vídeo, em nome da Reitora Ana Cristina de Oliveira Lima, o pró-reitor acadêmico Dr. José Eduardo Creste falou da satisfação sobre os resultados alcançados.

Transformação de vidas

Creste também manifestou o reconhecimento ao grande esforço dos pesquisadores cujos projetos levam benefícios para onde seguem os profissionais após os mestrados e doutorados, no Brasil e no exterior. Outro aspecto evidenciado foi da árdua tarefa na promoção de inovação em todos os sentidos, da graduação à pós-graduação. Tudo isso inserido nos 50 anos da Unoeste, primando pela excelência em ensino, pesquisa e extensão.

Na fala sobre o cumprimento da missão Unoeste e da prática dos valores institucionais, foi posto em evidência o lema da co-fundadora da Unoeste, professora Ana Cardoso Maia de Oliveira Lima, de que o conhecimento e uma formação de qualidade realmente transformam as vidas das pessoas. Foi em outubro de 1972 que Dona Ana e o professor Agripino Lima deram início à implantação da instituição de ensino superior que se transformou na maior do oeste paulista.

Ao apresentar os conceitos atuais e atribuídos pela Capes, o Dr. Adilson disse que pela primeira vez um programa da Unoeste alcançou o conceito 5, conquistado pelo Programa de Educação, que oferta mestrado e doutorado. Em sua primeira avaliação, o Programa de Ciências da Saúde saltou de 3 para 4, com o mestrado. Os demais programas mantiveram a consolidação com o conceito 4, que são os de Agronomia, Ciência Animal e Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, todos com mestrado e doutorado.

Foto: Homéro Ferreira Pesquisadores dos programas de pós stricto sensu da Unoeste
Pesquisadores dos programas de pós stricto sensu da Unoeste

Respaldo da pró-reitorias 

Conforme o Dr. Adilson, o quadriênio 2021-2024 está quase na metade e os esforços são para que continuem avançando, trabalhando novas oportunidades e com a consciência de que a cada conquista aumenta a reponsabilidade de todos os pesquisadores envolvidos; com o respaldo da pró-reitorias que não são departamentos que agem isoladamente, mas sim em sistema de força para dar a melhor contribuição possível. Citou a pró-reitoria Administrativa e o pró-reitor Guilherme Carapeba. 

Coordenadores e vice coordenador falaram pelos programas. Expuseram o que têm feito para avançar cada vez mais. Pela Agronomia falou o vice-coordenador Edgar Henrique da Costa Silva, na ausência do coordenador Dr. Fábio Rafael Echer que participa de evento internacional no Egito. As outras falas foram do coordenador de Ciência Animal, Dr. Anthony César de Souza Castilho; de Ciência da Saúde, Dr. Leonardo de Oliveira Mendes; da Educação, Dra. Camélia Santina Murgo; e do Meio Ambiente, Dra. Alba Regina Azevedo Arana.

Para fazer jus à atuação de diferentes coordenadores que passaram pelos programas durante o período avaliado, houve a citação nominal de cada um, para destacar as suas contribuições e a de todos os pesquisadores envolvidos. Também foi citado o excelente serviço de secretaria dos programas, que esteve representado por Idalina de Oliveira Lima. O Dr. Creste esteve presente em grande parte do evento; mas precisou se ausentar antes de terminar, por causa de outro compromisso. Outro agradecimento foi para Coordenadoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (CPDI), pela qual responde o Dr. Jair Rodrigues Garcia Junior.

 

 

 

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem