CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Novo Doutorado da Unoeste abre portas para todas profissões

Ministério da Educação autoriza curso para formar doutores em meio ambiente e desenvolvimento regional


email facebook twitter whatsapp Linkedin

Foto: João Paulo Barbosa Novo Doutorado da Unoeste abre portas para todas profissões
Unoeste conquista mais um degrau na produção de conhecimento científico

A Unoeste passa a oferecer o doutorado em seu Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, com a autorização do Ministério da Educação (MEC), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Uma oportunidade para profissionais de todas as áreas.
 
O pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão Dr. Adilson Eduardo Guelfi vê o novo doutorado como mais uma conquista da universidade, que representa benefícios à região ao ampliar a produção de conhecimento científico e sua aplicação na resolução dos mais diferentes problemas.
 
“É mais um ganho no ensino acadêmico de alto nível, resultando no desenvolvimento da própria instituição e toda a comunidade ao seu entorno, no que diz respeito às questões ambientais, econômicas e sociais. É uma vitória. É a reafirmação da Unoeste entre as principais universidades brasileiras”, disse o pró-reitor.
 
O programa foi implantado em 2012, com a oferta de mestrado. Após sua avaliação quadrienal pela Capes, houve a solicitação do doutorado em 2017 e a autorização agora em 2018. Os bons resultados obtidos em produção científica foram essenciais para a manutenção do conceito 4 e a aprovação do pedido.
 
Outro fator de peso está em ser a única proposta regional de caráter interdisciplinar, conforme a coordenadora do programa Dra. Alba Regina Azevedo Arana. Interdisciplinaridade que abre as portas para todas as profissões, dando ao profissional a oportunidade de desenvolver estudo em sua própria área de atuação.
 
Deve acontecer com o doutorado o mesmo que já vem ocorrendo com o mestrado, pelo qual tem passado médicos, advogados, engenheiros, administradores, arquitetos, geógrafos e outros profissionais brasileiros e até do exterior, que é o caso do africano António Chigogoro Titosse que veio de Moçambique.
 
Embora o ponto forte seja a inserção regional, a dimensão internacional não se restringe ao recebimento de alunos do exterior, já que pesquisadores do programa fazem parte da Rede Brasileira de Pesquisa e Gestão em Desenvolvimento Territorial (Rete-Brasil), que mantém parcerias com as redes do México e da Colômbia.
 
A internacionalização do programa também está nas participações de professores e alunos em eventos fora do Brasil, geralmente com a apresentação de trabalhos; nas publicações em periódicos científicos de outros países; e na realização do International Symposium on Environment (Simpósio Internacional de Meio Ambiente).
Foto: João Paulo Barbosa Coordenação, corpo docente e pró-reitor ao anunciarem o novo doutorado
Coordenação, corpo docente e pró-reitor ao anunciarem o novo doutorado

No mestrado têm sido desenvolvidos estudos em diversas áreas. Alguns levantando, analisando e oferecendo soluções para problemas pontuais. Um dos casos é sobre o gerenciamento de resíduos industriais no mais antigo distrito industrial de Presidente Prudente, cujos resultados foram apresentados à administração municipal.
 
Outro caso foi o alerta aos gestores públicos de saúde sobre como acontece a dispersão da leishmaniose no Estado. O estudo sobre este assunto, a partir de bases de dados georreferenciados, obteve grande impacto na mídia estadual e nacional, a partir de publicação pelo jornal Folha de S. Paulo.
 
Os dois estudos em questão foram feitos, respectivamente, pela administradora de empresas Alessandra Harumi dos Santos e pelo médico Rodrigo Sala Ferro.  “O profissional não precisa sair da área dele”, pontua Alba e anuncia que as inscrições para o doutorado já estão abertas no site da Unoeste.
 
Além de Alba, integram o corpo docente: Suzana Bertolli, Silas Santos, Maira Rodrigues, Marcelo Alves, Danillo Pereira, Ana Paula Marques, Sérgio Costa, Edson Mareco, Marcus Vinícius Pimenta, Renata Calciolari, Paulo Silva, Ana Paula Favareto, Daniele Moris, Elivelton Fonseca, Luiz Euribel, Rogério Giuffrida e Hamilton Ishiki.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem