CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Dezembro Laranja: iniciativa gratuita atende 165 pessoas

Campanha de conscientização ao câncer de pele foi promovida pela Unoeste em parceria com a Prefeitura Municipal


email facebook twitter whatsapp Linkedin

Foto: Gabriela Oliveira Dezembro Laranja: iniciativa gratuita atende 165 pessoas
Dermatoscópio aumenta visualização da lesão em 10 vezes

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, cerca de 30% dos tumores malignos são relacionados ao câncer de pele não-melanoma. Vale destacar que esse tipo da doença possui altos percentuais de cura, entretanto, é fundamental que a detecção e o tratamento sejam feitos precocemente. Nesse sentido, a Unoeste em parceria com a Prefeitura de Presidente Prudente, realizou nesse sábado (4), uma campanha em alusão ao “Dezembro Laranja”, mês que destaca a conscientização ao câncer de pele.

Realizada no Centro de Especialidades Municipal, localizado no Ambulatório da Unoeste “Prof.ª Ana Cardoso Maia de Oliveira Lima”, a iniciativa atendeu 165 pessoas. De acordo com o enfermeiro do ambulatório Bruno Alexandre Soto, o evento envolveu acadêmicos da Liga de Dermatologia do curso de Medicina da universidade, docentes da graduação, médicos da especialização em Dermatologia da instituição e residentes da área. “Essa ação foi aberta à comunidade prudentina e aos funcionários da Unoeste. Na ocasião, foram atendidos pacientes com algum sintoma ou mancha na pele. Após o atendimento, alguns casos foram encaminhados para encaminhamento nos hospitais de referência ou para o Centro de Especialidades”.

Isabella Andressa Ramsdorf Costa está no 11º termo. “Para mim foi uma experiência nova, pois não havia participado das outras edições da campanha. Quero me especializar em dermatologia e acredito que esse tipo de evento é muito importante para a detecção precoce do câncer de pele”. A futura médica relata que a mãe de uma amiga sua teve melanoma, só que não realizou o acompanhamento correto e esse câncer progrediu agressivamente. “Mais do que uma experiência para a minha carreira, essa ação contribui significativamente com o bem-estar da comunidade”, conclui.

Foto: Gabriela Oliveira Criocautério Dermatológico foi utilizado para a cauterização de pequenas lesões de pele
Criocautério Dermatológico foi utilizado para a cauterização de pequenas lesões de pele

Olhar da comunidade

Sonia Aparecida Dias de Oliveira ficou sabendo da ação pelo rádio e é a primeira vez que participa de uma campanha como essa. “Tinha uma verruga no rosto que estava me incomodando bastante, daí aproveitei esse serviço para ver o que poderia ser feito e ela foi cauterizada. Achei muito importante esse atendimento, pois nos ajuda com os cuidados com a saúde da pele”, diz.

Adalberto Calixto de Souza é vigilante da Unoeste e aproveitou o sábado para participar da iniciativa com a esposa Alessandra. “Já tive casos de câncer de pele na minha família e, por isso, aproveitei para ser examinado e ver se estava tudo certo”, conta o funcionário da universidade.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem