Você está em: Unoeste » Cursos » Pós-Graduação » Mestrado e Doutorado

Programa: Pós-Graduação em Educação

Grupos de Pesquisa

Políticas e Práticas de Educação Inclusiva (PPEI)

O Grupo de Pesquisa é vinculado à linha de pesquisa Políticas Públicas em Educação, Práticas Educativas e Diversidade, do Programa de Mestrado em Educação da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) de Presidente Prudente/SP. A temática que envolve os estudos inseridos no grupo é vinculada ao processo de inclusão, em termos de políticas educacionais e de práticas educativas, centradas no contexto escolar ou não-formal. Para tanto, o objetivo do grupo é desenvolver pesquisas com foco nas políticas e práticas de Educação Especial e Inclusiva. As pesquisas realizadas em nível de graduação e pós-graduação são qualitativas ou mistas. São realizados estudos teóricos (bibliográfico e documental), entrevistas, observação participante e análise das práticas desempenhadas. Espera-se constituir aporte teórico-metodológico para o aprimoramento de documentos, marcos regulatórios e estratégias de Educação Especial e Inclusiva no contexto brasileiro.
Danielle Aparecida do Nascimento dos Santos (líder)
[Visite o site do grupo]

Contexto escolar e processo de ensino aprendizagem: ações e interações
O grupo de pesquisa "Contexto escolar e processo de ensino aprendizagem: ações e interações" tem por objetivo integrar estudos que envolvam, fundamentalmente, temáticas relacionadas à educação escolar e seus desdobramentos, a saber: projeto político pedagógico, processos de ensino e aprendizagem, interdisciplinaridade, formação docente (inicial e continuada), práticas pedagógicas, relação professor/aluno, dentre outros. Os projetos de pesquisa abrangem concepções teórico-metodológicas e práticas educativas inter-relacionadas com a realidade social em diferentes espaços e níveis de escolaridade.
Carmen Lúcia Dias, Monica Furkotter ( líderes)
[Visite o site do grupo]
 
Construção dos processos de Subjetividade no Contexto Escolar
Descrição: Entende-se que o papel da escola extrapola a função formativa relacionada ao desenvolvimento cognitivo e aos conteúdos pedagógicos, ao contrário, deve ser reconhecida como um espaço de fortalecimento de seus alunos na construção de interações de qualidade de forma a compor uma rede de apoio. Dessa forma, aspectos subjetivos dos sujeitos envolvidos no contexto escolar se mostram importantes na compreensão dos fatores relacionados ao ensino, aprendizagem e desenvolvimento sócio-afetivo. Conhecer a expressão da subjetividade de alunos e professores na intenção de obter subsídios para apontar caminhos que proporcionem mudanças efetivas nas condições promotoras de desenvolvimento e da estruturação de uma educação positiva é meta principal deste grupo. Compõem o escopo dos estudos do grupo, duas linhas de pesquisa: Subjetividade e processos de escolarização e Bem-estar e autoeficácia do professor. 
Camélia Santina Murgo (líder)
[Visite o site do grupo]

Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Currículo e Tecnologias 
O grupo realiza um programa de pesquisa voltado para investigações articuladas a projetos e/ou ações que integram as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) ao Currículo, de forma contextualizada na realidade de ambientes educacionais estruturados na modalidade presencial, a distância e híbridos. Apresenta como propósito analisar e compreender os fundamentos, encaminhamentos, impactos e perspectivas para a construção do conhecimento nas distintas formas de aprender e ensinar com as tecnologias contemporâneas. Discute e analisa a formação inicial e continuada de professores em relação ao trabalho com as tecnologias digitais no contexto escolar, da Educação Infantil ao Ensino Superior. As vertentes de investigação em foco no grupo de pesquisa são: mudanças nas práticas pedagógicas e nos contextos educacionais diante de práticas voltadas para uma Pedagogia Ativa, articulada às TDIC; criação de espaços educativos colaborativos, por meio dos Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA); integração de tecnologias ao currículo e na gestão escolar; currículo e mobilidade digital; o trabalho com as TDIC, o desenvolvimento de competências, saberes e formação de professores; à produção e análise de materiais didáticos e recursos educacionais abertos; incluindo o uso pedagógico de tecnologias assistivas na construção do conhecimento e viabilização de espaços educativos acessíveis, voltados à inclusão educacional, social, cultural e digital. 
Raquel Rosan Christino Gitahy, Sidinei de Oliveira Sousa (líderes)
[Visite o site do grupo]

Estado, Políticas Educacionais e Democracia (EPED)
Vinculado à Linha de Pesquisa "Políticas Públicas em Educação, processos formativos e diversidade" do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) o grupo de pesquisa abrange investigações sobre política pública em educação e instituição educacional, considerando seus aspectos filosóficos, políticos, sociais, psicossociais, culturais, gestionários e tecnológicos, dentro de um contexto de complexidade da sociedade, do saber e da educação. As temáticas estudadas articulam-se com: Políticas Educacionais; Instituição Escolar (gestão, organização curricular, avaliação, cultura escolar); Educação e Trabalho; Processos Socioculturais de Produção de Diferenças e Desigualdades. O trabalho desenvolvido é divulgado em eventos nacionais e internacionais, periódicos qualificados e organização de eventos. Constitui-se, ainda, em um espaço de formação de estudantes de graduação e novos pesquisadores em nível de pós-graduação.
Marcos Vinicius Francisco, Cristiano Amaral G. di Diorgi(líderes)
[Visite o site do grupo]


Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - Campus II -
Programa de Pós-Graduação em Educação -Mestrado e Doutorado
- Bloco B2 - Sala 205
Rodovia Raposo Tavares, km 572 - Bairro do Limoeiro CEP 19067-175 - Presidente Prudente - SP Fones: (18) 3229 3264

e-mail: ppge@unoeste.br; ina@unoeste.br   /   www.unoeste.br/ppge