CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Graduação | Medicina Veterinária | Pesquisa Científica

Medicina Veterinária

Bacharelado | 10 semestres letivos | Integral | Presidente Prudente
  • 2ª Melhor Universidade Particular do Estado de São Paulo
  • Avaliação do MEC - CPC 4
  • RUF - Melhor da Região

Pesquisa Científica


Buscar projeto por

Resumo:
As neoplasias caninas são modelos apropriados e válidos ao estudo da biologia do câncer em humanos, uma vez que os animais possuem tumores com apresentação histopatológica e comportamento biológico similares àqueles que acometem o homem. Além do uso convencional da amplitude de distribuição do diâmetro da hemácia (RDW) para diferenciar tipos de anemias, um grande número de estudos em humanos sugere que o RDW pode ser útil como marcador biológico de tumores, dentre eles o tumor de mama. Sendo assim, objetivou-se avaliar o uso do RDW como um biomarcador em tumores de mama em cães, avaliando a possibilidade deste índice hematimétrico ser incluído na rotina diagnóstica para auxiliar no estadiamento destes tumores e com isso, dar um prognóstico objetivo aos pacientes. Serão selecionados cães provenientes do setor de Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais da Unoeste, com exame de hemograma feito entre os anos de 2018 e 2019. Além disso, os animais selecionados deverão apresentar resultado de carcinoma mamário no exame histopatológico. Será realizada uma análise descritiva sobre os resultados encontrados.

Protocolo: 6889 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2021 - 8/2021 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MATHEUS HENRIQUE TOZETTI DE OLIVEIRA
BARBARA WAGNER DUARTE FERRAZ DE CAMARGO
Professor(es): CECILIA LAPOSY SANTAREM
CAMILA ANGELA BERNARDI

Resumo:
A hipertensão arterial leva a um estresse oxidativo que é deletério para diferentes tipos celulares, sendo um importante fator de risco para a saúde humana. Um dos sistemas que sofrem esses efeitos indesejáveis da hipertensão é o reprodutor. Os exercícios físicos melhoram a hipertensão e a saúde geral do organismo. O objetivo deste projeto é verificar a ação da n-acetilcisteína (NAC) associada ao exercício concorrente na expressão de genes angiogênicos: fator de crescimento endotélio-vascular (Vegf); seus receptores (Vegfr1 ou Flt1 e Vegfr2 ou Kdr) e o fator indutor de hipóxia 1 alfa (Hif1&#945;) nos testículos de ratos espontaneamente hipertensos (SHR). Para tanto, serão utilizados os testículos colhidos de um experimento anterior já aprovado pelo CEUA. No projeto já realizado, os ratos SHR foram divididos em quatro grupos (n=10): GCT (grupo controle); GEx (grupo de ratos submetidos ao exercício concorrente de esteira e escalada, três vezes/semana); GNAC (grupo de ratos que receberam NAC diariamente); e GNACEx (grupo de ratos submetidos ao exercício concorrente e NAC). Após 8 semanas de treinamento os animais foram eutanasiados e os testículos foram colhidos e armazenados no freezer a -80oC. Os testículos armazenados serão triturados e o RNA extraído pelo protocolo do TRIzol®, será realizada a transcrição reversa e posteriormente o DNA complementar será analisado por qPCR. As análises das expressões gênicas relativas dos genes angiogênicos serão realizadas testando 3 genes endógenos para a escolha de um normalizador da reação utilizando o programa NormFinder®. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis seguido de Dunn, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05. A hipótese científica do presente estudo é que a hipertensão diminuirá a expressão dos genes angiogênicos e que a NAC e o treinamento resistido modularão os efeitos negativos da hipertensão.

Protocolo: 6862 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2021 - 8/2022 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): EVELLIN HELOISA PAULINELI PEREIRA
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
LAUREN CHRYS SOATO MARIN SCHAFFER
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
ADRIANA JUNQUEIRA

Resumo:
Endocrinopatias são distúrbios caracterizados por desordem de uma ou várias glândulas endócrinas, podendo afetar cães e gatos. Em algumas ocorrências, os distúrbios endócrinos podem afetar a pele, gerando manifestações cutâneas importantes, em outros casos as alterações metabólicas são mais relevantes. Este estudo tem como objetivo levantar as doenças endócrinas mais prevalentes em cães e gatos como diabete mellitus, hipotireoidismo, hiperadrenocorticismo, hipertireoidismo e hipoadrenocorticismo, caracterizar os tipos de lesões dermatológicas e metabólicas e elaborar uma ficha de atendimento específica às doenças endócrinas, a ser inserida no serviço e atendimento de pequenos animais. O estudo será realizado por meio do levantamento das fichas de atendimento realizado pelo setor de clínica médica de pequenos animais do Hospital Veterinário da Universidade do Oeste Paulista. Nas fichas será levantado o diagnóstico, dados de resenha, anamnese, exames clínico e complementar, para investigar as principais alterações relacionadas às doenças endócrinas acima listadas, as quais subsidiarão a elaboração da ficha clínica específica a ser inserida na rotina de atendimento clínico, visando auxiliar os médicos veterinários a ter maior clareza quanto ao predomínio dos sinais clínicos envolvidos, doença de maior incidência e ocorrência para um diagnóstico mais preciso evitando-se subdiagnósticos. Os dados coletados serão submetidos à análise estatística e será considerado o nível de 5 de significância.

Protocolo: 6866 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2021 - 7/2022 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): AMANDA MOREIRA DE SOUZA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA

Resumo:
Sabe-se que a gestação e lactação em ovelhas é um período crucial e geralmente crítico devido a exigência nutricional da matriz em manter-se e conseguir nutrir seus cordeiros, demandando de seu organismo o bom funcionamento do mesmo e ótimo aproveitamento dos nutrientes ingeridos. A bixina, um carotenoide presente na semente de urucum, tem sido aos poucos explorada como suplemento animal, uma vez que sua ação antioxidante tem se mostrado efetiva, tanto no perfil metabólico, quanto nos produtos finais da produção ovina, seja carne ou leite. Sendo assim, esta pesquisa objetiva avaliar os efeitos da bixina sobre o perfil metabólico de ovelhas no terço final da gestação e durante a lactação, e a composição centesimal e o perfil de ácidos graxos do leite durante toda a lactação. Serão utilizadas 39 ovelhas, mestiças Dorper, pertencentes ao rebanho de matrizes do centro zootécnico da Unoeste, as quais serão divididas em três grupos (n=13) experimentais, com peso médio inicial de 50kg e que permanecerão em piquetes rotacionados de Panicum Maximum cv Tanzania, com mais de 2m2 por ovelha. Os tratamentos serão chamados de: Tratamento 1 (T1), o controle (sem adição de bixina em pó na dieta); Tratamento 2 (T2) que terá adição de 1,5 de bixina em pó na ração, e tratamento 3 (T3) que terá adição de 3 de bixina em pó na ração. Serão feitas colheitas de sangue a cada 15 dias, a partir do início do terço final da gestação (100º dia de gestação) até o desmame dos cordeiros, através da venopunção jugular em tubos de ensaio Vacutainer (Becton Dickinson, USA). Serão colhidas amostras de leite das ovelhas a cada 10 dias, até o desmame dos cordeiros, que deverá ocorrer aos 60 dias de idade. As amostras do leite serão enviadas para o laboratório comercial, onde serão realizadas as análises de gordura, proteína, lactose, sólidos totais, contagem de células somáticas (CCS), ureia e caseína. A extração para o perfil de ácidos graxos será feita na Universidade do Oeste Paulista seguindo a metodologia adaptada de congelamento e descongelamento proposta por pelo método de congelamento, descongelamento e centrifugação (MURPHY;McNEILL, 1995) em solução de n-heptano e KOH/metanol (ISO, 1978). Os dados serão submetidos a análise de variância e comparação entre médias (tukey) a grau de significância a 5 através do software Rstudio.

Protocolo: 6859 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2021 - 8/2022 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ COSTA CAETANO
GABRIELLA CAPITANE SENA
LEONARDO LIMA SALATA
LETICIA JALLOUL GUIMARAES DE SOUZA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO
MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
A cicatrização é um processo fisiológico importante para manutenção da integridade da pele após um trauma, acidente ou mesmo por um procedimento intencional. Esse processo envolve fases que são sucessivas e sobrepostas, incluindo hemostática, inflamatória, proliferativa e de remodelação. A engenharia tecidual, assim como a medicina regenerativa são campos em ascensão nos últimos anos, com objetivos de reparar, regenerar ou substituir tecidos e órgãos lesionados. A utilização de biomateriais como a fibrina rica em plaquetas autóloga (PRFa) para o tratamento de lesões provocadas por queimaduras tem demonstrado efeitos promissores na qualidade da reparação tecidual. A termografia é uma ferramenta cuja imagens obtidas podem ser úteis na área clínica através da visualização de alterações de temperatura corpórea ocasionadas por alterações fisiológicas, infecciosas e/ou inflamatórias. O objetivo do presente estudo é avaliar o uso da termografia como ferramenta na determinação da revascularização de feridas provocadas por queimaduras e tratadas ou não com biomateriais e compará-las com os resultados das análises histopatológicas. Serão analisadas imagens e biópsias de pele de 10 coelhos machos, adultos, da raça Nova Zelândia, separados em grupo C- controle (G1/n=5), que receberão tratamento padrão para queimaduras (5g de creme à base de sulfadiazina de prata a 1), grupo T (G2/n=5), tratados com FRPa. As biopsias de pele serão realizadas aos 7, 14, 21 e 30 dias pós-lesão utilizando punch de 6 mm. As imagens termográficas serão feitas antes e imediatamente após as lesões e acompanhadas semanalmente até completarem 30 dias de tratamento. Para análise estatística será utilizada o programa JMP, versão 7.0 (SAS). Caso a distribuição dos dados seja normal ou não-normal, os efeitos serão testados por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os testes de Tukey ou de Dunn serão utilizados para a comparação caso sejam indicadas diferenças por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os dados serão demonstrados por média ¬ desvio-padrão. Diferenças serão consideradas significativas p <0,05.

Protocolo: 6851 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2021 - 8/2022 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): RAFAELA FRACAROLI INACIO
Professor(es): CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS) é uma é uma doença inflamatória crônica degenerativa, preferencialmente imunomediada, que acomete as glândulas lacrimais e a superfície ocular, que provoca a diminuição da porção aquosa da lágrima (quantitativa) e/ou excessiva evaporação do filme lacrimal, pela deficiência da porção lacrimal lipídica (qualitativa). O tratamento convencional consiste no uso de imunossupressor tópico e lubrificante ocular. Recentemente, a medicina celular regenerativa vem crescendo no tratamento de doenças crônicas degenerativas, sendo o plasma rico em plaquetas (PRP) um exemplo dessa terapia, inclusive no tratamento de CCS. A suplementação com ômegas tem sido utilizada na oftalmologia principalmente pelo seu efeito anti-inflamatório natural. Atualmente há diversos testes para diagnóstico da CCS, sendo o Teste Lacrimal de Schirmer (TLS) e o Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal os mais utilizados, porém, recentemente, a análise da lágrima por meio do teste da cristalização da lágrima (TCL), vem sendo considerado um método fácil e de baixo custo. Desta maneira, o objetivo desse projeto é avaliar a lágrima por meio do teste de cristalização antes e depois do uso de plasma rico em plaqueta (PRP) homólogo associado ou não com ômega 3 oral no tratamento de cães com CCS. Serão avaliados 20 cães portadores da CCS, durante seis meses, sem predileção racial, etária ou sexual, atendidos pelo setor de oftalmologia do HV da UNOESTE. Os animais serão divididos aleatoriamente em dois grupos com 10 animais cada: grupo PRP: Aplicação de 0,3 ml de PRP injetável, sendo 0,1 ml na glândula da terceira pálpebra, 0,1 ml na conjuntiva palpebral inferior e 0,1 ml na conjuntiva palpebral superior de ambos os olhos, uma aplicação a cada 30 dias, totalizando 3 aplicações, e grupo PRPO: mesma conduta do grupo PRP + ômega 3 oral durante 6 meses. A inclusão dos cães na pesquisa será por meio do Teste Lacrimal de Schirmer (TLS) &#8804; 15 mm/min e/ou Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL) &#8804; 20 segundos. Após o diagnóstico positivo de CCS será realizado o TCL no momento antes do tratamento (M0) e 6 meses pós tratamento (M6). Os animais serão avaliados mensalmente pelo TLS e TRFL.

Protocolo: 6855 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2021 - 8/2022 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANA CRISTINA DE LIMA SANTOS
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE

Resumo:
O status nutricional é o principal fator que influencia a habilidade do animal para se reproduzir. O início da puberdade e a manutenção da função reprodutiva estão fisiologicamente ligados à nutrição e à condição corporal. Desta forma, o objetivo do presente projeto será investigar a influência de 3 diferentes sistemas de produção de borregas na peripuberdade sobre a expressão gênica de receptores hipotalâmicos de leptina, grelina e kisspeptina (kiss1). O experimento a campo já foi realizado e os hipotálamos estão armazenados, portanto a seguir está o resumo do experimento feito anteriormente para a obtenção destes hipotálamos. Foram utilizadas 24 borregas (7/8 Dorper), com idades entre 6 e 7 meses. As borregas foram aleatoriamente distribuídas em 3 grupos alimentares: G1 (70-80 da exigência do National Research Council [NRC]), G2 (100-110 [NRC]) e G3 (140 [NRC]). As borregas do G-1 (n=8) e G-2 (n=8) foram mantidas em pastagem de Panicum maximum cv. Tanzânia com acesso a água e sal mineral ad libitum e apenas as do grupo G-2 receberão 1,5 do peso vivo de ração comercial 2 x ao dia. As borregas do G3 (n=8) ficaram confinadas durante todo o período experimental, recebendo dieta total, na proporção volumoso: concentrado de 20:80, contendo 16 de PB e 72 de NDT, visando ganho de peso diária de 200d/dia conforme NRC, sendo o sal mineral ad libitum. Inicialmente as ovelhas receberam 3,5 do peso vivo da dieta total (feno + ração), sendo esta porcentagem aumentada até atingir em media de 4,5 a 5 do peso vivo. Ao atingir o peso corporal de 32 a 35 kg as ovelhas foram sincronizadas pela inserção de um dispositivo vaginal de liberação de progesterona (CIDR®) por 12 dias. No dia da retirada do implante (D12) administrou-se, por via intramuscular, 0,075 mg de cloprostenol e 300 UI de gonadotrofina coriônica equina e oito dias após as ovelhas foram abatidas e o aparelho reprodutor removido para pesagem e processamento das amostras de hipotálamo para posterior análise da expressão gênica de receptores. Os hipotálamos foram retirados imediatamente após o abate, foram depositados em nitrogênio líquido (-196oC) e armazenados em freezer -80°C para a realização da RT-qPCR. Esses fragmentos (~40 mg) serão triturados em homogeneizador de tecidos e submetidos ao protocolo de extração do Trizol® (ThermoFisher Scientific®) de extração total. A transcrição reversa será realizada utilizando o protocolo da Superscript® III (InvitrogenTM, Termo Fisher Scientific, Brasil), seguindo protocolo do fabricante. A qPCR será realizada para a análise quantitativa da expressão gênica relativa. Após a análise de normalidade, se os dados forem paramétricos será utilizado ANOVA seguido de Test t de Student. Caso os dados não sejam paramétricos será realizado o Teste de Kruskal Wallis, utilizando um nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 6871 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2021 - 8/2022 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA SANT ANA DE ALMEIDA
HELENA CRISTINA RIBEIRO KOHARATA
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE

Resumo:
A Hepatite Infecciosa Canina é uma doença grave de cães jovens, com acometimento multisistêmico, diversidade de sinais clínicos e grande dispersão. Tem letalidade considerada alta e pode ser prevenível por vacina. O objetivo deste estudo é fazer uma série histórica e levantamento epidemiológico dos atendimentos suspeitos de HIC no atendimento clínico do HV da Unoeste, no período compreendido entre janeiro de 2000 e dezembro de 2020. Serão avaliados mês e ano de atendimento, raça, sexo, idade, dados sobre vacinação, sinais clínicos (frequência cardíaca, temperatura), período de internação, dados de hemograma, função hepática e ultrassom abdominal, alta ou óbito, presença de parasitas gastrointestinais ou hemoparasitas e observações gerais. No serviço de anatomia patológica será verificado o registro de necrópsia e se houve confirmação do diagnóstico. Espera-se traçar um perfil histórico de ocorrência na rotina de atendimento e dados clínicos que possam embasar tomadas de decisão terapêuticas.

Protocolo: 6833 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2021 - 12/2021 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA GOMES DA SILVA
ANDERSON MAGALHAES
MARCO AURELIO DA CRUZ NOBRE GOMES
Professor(es): ADRIANA FALCO DE BRITO
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA

Resumo:
Desde dezembro de 2019, a pandemia da COVID-19 tem ocasionado significantes perdas humanas e desafios para a humanidade. O distanciamento social em virtude da pandemia tem impactado negativamente na saúde e bem-estar mental das pessoas. Uma das faixas etárias mais afetadas pelo distanciamento social é a dos jovens. O presente estudo foi delineado para avaliar a importância de pets no enfrentamento do distanciamento social causado pela pandemia da COVID-19 entre jovens (15 a 19 anos) de ambos os gêneros, matriculados no ensino médio ou no primeiro ano do ensino superior. Para essa finalidade, foi construído um questionário (Google Forms) que será aplicado eletronicamente à população a ser estudada, estimada em 200 pessoas, para obtenção de informações relacionadas ao perfil do indivíduo (sexo, idade, escolaridade, renda familiar), grau de isolamento, possuir ou não pet, e à importância desses animais durante a pandemia. Os dados serão compilados e a análise univariada será empregada para avaliar a influência da presença de pet sobre o enfrentamento do distanciamento social causado pela pandemia.

Protocolo: 6857 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2021 - 8/2022 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): FABIOLA DE AZEVEDO MELLO
ISABELLA BRAGHIN FERREIRA
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM
CAMELIA SANTINA MURGO

Resumo:
O acidente laquético causado pelo gênero popularmente conhecido por surucucu ocorre principalmente nas regiões de floresta da Amazônia e Mata Atlântica. Relatos de acidentes e sinais clínicos são encontrados de casos atendidos em hospitais ou levantamentos retrospectivos, no entanto estudos experimentais mostrando os efeitos do veneno a nível local, sistêmico e suas complicações, principalmente cardiacas são poucos. Este estudo tem como objetivo avaliar o efeito da ozonioterapia como prevenção a eventuais efeitos cardíacos causados por veneno de serpente do gênero Lachesis muta. Serão utilizados ratos Wistar, inoculados com 1,0mg/Kg de veneno da serpente Lachesis muta, por via intramuscular no membro posterior e serão avaliados após 3h, 6h, 24h, 48h, 72h e 96h tratado com antiveneno na dose preconizada pelo fabricante para neutralizar a quantidade de veneno inoculado. Os animais serão distribuídos em grupo controle (GC n=20): tratamento tópico e intraperitoneal com solução fisiológica; grupo óleo ozonizado tópico + insuflação intraperitoneal (GOIP-O3 n=20): aplicação tópica de óleo ozonizado e insuflação de ozônio por via intraperitoneal ozônio. Será realizada avaliação morfológica e morfométrica do coração utilizando como ferramenta a dimensão fractal Os resultados serão submetidos a análise estatística, sendo considerado significativos valores inferiores a 5.

Protocolo: 6788 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2021 - 10/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAFAELA FRACAROLI INACIO
MARIANA ROSSO FRANCO ZANONI
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
RAFAEL STUANI FLORIANO

Resumo:
O presente estudo tem como objetivo desenvolver um simulador e aplicativo móvel para treinamento de habilidade em punção aspirativa por agulha fina (PAAF) e biópsia que poderá ou não ser guiada por ultrassom. Será desenvolvido um simulador de abdômen por meio de impressora 3D, EVA, manta acrílica e courino, será usado órgãos formalizados de animais, gelatina, balão plástico, nylon, osso cortical, policarbonato, agulhas Trucut, agulha e seringa e ultrassom. O aplicativo móvel será desenvolvido em duas versões, para uso em desktop e dispositivos móveis com 6 telas: Login (Nome do Aluno e RA), Resenha / Anamnese (Casos Clínicos), Exame Clínico, Exame dermatológico (interação), Exame oncológico (interação), Devolutiva (notas). Após o desenvolvimento do simulador, o mesmo será testado pelos alunos da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade do Oeste Paulista, os quais realizarão o treinamento no simulador e responderão o questionário de satisfação e autoconfiança na aprendizagem. Os dados coletados serão analisados por meio da construção de um banco de dados em planilhas do aplicativo Microsoft Excel 2010 e subsequente formação de tabelas, onde serão utilizadas as frequências simples e absoluta. As análises dos dados serão realizadas de acordo com as categorias identificadas no instrumento. O projeto de pesquisa será submetido à avaliação do Comitê de Ética e Pesquisa com Seres Humanos (CEP) da Universidade do Oeste Paulista, UNOESTE. Espera-se que o modelo a ser desenvolvido atenda às necessidades dos estudantes quanto ao aprimoramento da destreza e segurança nos procedimentos de PAAF e biópsia.

Protocolo: 6834 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2021 - 8/2023 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAGDA LUZIA NEVES
MARCO AURELIO DA CRUZ NOBRE GOMES
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA

Resumo:
O quimioterápico citotóxico 5-fluorouracil (5-Fu) é comumente usado para o tratamento de diferentes tipos de neoplasias. Uma das limitações importantes do uso de 5-Fu é a sua toxicidade em células normais em proliferação, como as células do sistema reprodutor masculino. Alguns suplementos são utilizados para atenuar os efeitos tóxicos do 5-Fu, como a arginina e a vitamina C. O objetivo deste projeto é verificar a ação da arginina e da vitamina C na expressão gênica do fator de necrose tumoral (Tnf&#945;) de testículos de ratos submetidos ao 5-Fu. Para tanto, serão utilizados os testículos colhidos de um experimento anterior já aprovado pelo CEUA. No projeto já realizado, foram utilizados 49 ratos, divididos em 7 grupos: Grupo controle (Gc); Grupo Arginina (GArg): que receberam 213mg/ L-arginina dia na água; Grupo Ácido Ascórbico (Vitamina C) (GVitC): que receberam 5,71 mg de ácido ascórbico/ dia na água; Grupo 5-FU (G5-FU): que receberam aplicação de uma dose de 5-FU de 50 mg/ Kg de peso corporal; Grupo 5-FU + Arginina (G5-FU+Arg): que receberam L-arginina e aplicação de 5-Fu; Grupo 5-FU + Vitamina C (G5-FU+VitC): que receberam ácido ascórbico e aplicação de 5-Fu; Grupo 5-FU + Arginina + Ácido Ascórbico (vitamina C) (G 5-FU+Arg+VitC): que receberam L-arginina, ácido ascórbico e aplicação de 5-Fu. Os testículos colhidos na eutanásia serão utilizados para RT-qPCR. Os testículos armazenados serão triturados e o RNA extraído pelo protocolo do TRIzol®, será realizada a transcrição reversa e posteriormente o DNA complementar será analisado por qPCR. A expressão gênica relativa de Tnf&#945; será realizada testando 3 genes endógenos para a escolha de um normalizador da reação utilizando o programa NormFinder®. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis seguido de Dunn, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 6753 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2021 - 12/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HELOISA BARBOZA GREGORIO
LAISLA MARIA CANDIDO
EVELLIN HELOISA PAULINELI PEREIRA
LUIZ GUSTAVO PERON MARTINS
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
MARCELA DE ANDRADE BERNAL FAGIANI

Resumo:
As metas para a criação de bezerros devem ser: minimizar incidência de doenças e mortalidade nos primeiros quatro primeiros meses de vida. Não basta que a vaca faça nascer um bezerro por ano, é necessário que ele sobreviva. O custo de uma vaca cujo bezerro morreu é bastante superior ao daquela que não concebeu, uma vez que a prenhe ingere maior quantidade de alimento e muitas vezes lhe são dedicados os melhores pastos. A ingestão de colostro de alta qualidade deve ser feita imediatamente após o nascimento. O sistema imune dos bezerros recém-nascidos é imaturo e incapaz de produzir quantidades suficientes de imunoglobulinas para os desafios do ambiente. Além disso, a placenta dos bovinos impede a transferência de imunoglobulinas, estando os bezerros dependentes do colostro para transferência de imunoglobulinas. O objetivo do presente projeto de pesquisa será avaliar os níveis de sólidos totais presentes no colostro e mensurar a qualidade da transferência de imunidade passiva, através dos níveis de imunoglobulinas presentes no soro dos bezerros. Serão utilizados os dados coletados de vinte vacas holandesas e girolandas com aproximadamente 450 kg de peso vivo e entre 5 e 10 anos de idade e de seus bezerros, sem distinção de sexo, recém-nascidos. O colostro será coletado dos quatro quartos mamários, homogeneizado em um frasco limpo e imediatamente analisado através de uma gota que será disposta no refratômetro. Obtendo assim, a porcentagem de graus de Brix. No momento do nascimento e no momento da desmama, aos três meses de idade, serão avaliados a frequência cardíaca, frequência respiratória, tempo de preenchimento capilar e será realizada a pesagem dos animais com fita de pesagem. O sangue do bezerro será coletado após 24 horas da colostragem por venopunção jugular utilizando o sistema vacutainer sem anticoagulante. Será coletado no mínimo 5 militros, as amostras serão centrifugadas a 1.000 g/ 10 minutos para obtenção do soro para mensuração da quantidade de proteínas séricas com o refratômetro. A análise estatística será realizada utilizando o pacote GraphPad Prisma® (versão 6.01, 2012, EUA), adotando p<0.05 como significativo.

Protocolo: 6747 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2021 - 12/2021 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCELLA GIMENEZ SILVA DE OLIVEIRA
NATHALIA DE SOUZA BARBOSA
Professor(es): FELIPE RYDYGIER DE RUEDIGER

Resumo:
Os ovos são um alimento básico na dieta humana e são consumidos globalmente, quer isoladamente ou agregado em receitas, devido ao seu baixo custo e excelentes fatores nutricionais. No Brasil, este consumo está na faixa de 250 ovos per capita/ano. Entretanto, o seu tempo de prateleira no seu estado natural ainda não é muito otimizado quando comparado a outros produtos de origem animal que sofrem interferências para prolongar suas características por mais tempo. Com isso, o objetivo deste projeto é avaliar o efeito da refrigeração e do revestimento com óleo mineral, com e sem a inclusão de biomassa de Spirulina platensis, sobre os atributos de qualidade de ovos armazenados por 15 e 30 dias. O delineamento experimental será inteiramente casualizado, com 12 tratamentos, sendo 3 tipos de revestimento (sem revestimento, com óleo mineral e com óleo mineral adicionado de biomassa de Spirulina platensis), 2 temperaturas de armazenamento (refrigeração 5 °C e ambiente 25 °C) e 2 períodos de armazenamento (15 e 30 dias), com 6 repetições por tratamento. Esses grupos serão analisados e comparados quanto à perda de peso do ovo (g), à umidade () e pH da gema e da clara, unidades Haugh (HU) da clara, oxidação lipídica (TBARS) e índice de gema (IG). Os resultados serão submetidos ao teste de variância (ANOVA) e as médias serão contrastadas pelo teste de Tukey, com 5 de significância. O pacote estatístico utilizado será o SAS 9.2.

Protocolo: 6760 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2021 - 3/2022 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAMILE DAGUANO SENA
BRENDA PEREIRA QUEIROZ DE ALMEIDA
Professor(es): THIAGO LUIS MAGNANI GRASSI

Resumo:
Observa-se na rotina de médicos veterinários um elevado número de afecções que atingem os animais domésticos, contudo, as fraturas se sobressaem, atualmente há poucos estudos que são capazes de correlacionar espécie, raça, sexo, idade, época do ano, e em especial, os tipos de fraturas. O presente trabalho tem por objetivo elaborar levantamento retrospectivo dos tipos de fraturas mais comuns ocorridos em cães e gatos no período de 2015 a 2019, no setor de cirurgia de pequenos animais do Hospital Veterinário da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Descrevendo-as conforme a linha de fratura (oblíquas, transversas, espirais ou cominutivas) e a sua localização (epífise, metáfise ou diáfise), e relacionando com: raça, espécie, sexo, idade e época do ano.

Protocolo: 6745 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2021 - 1/2022 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAMILE DAGUANO SENA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA

Resumo:
A industrialização da polpa da manga gera resíduos, que posteriormente serão descartados, mesmo apresentando substâncias bioativas de interesse. O uso desses resíduos em rações de animais de produção pode apresentar eficácia no retardo da rancidez oxidativa da ração e do produto final dos animais, além de seu uso estar inserido no conceito de sustentabilidade, ao aliar a preocupação ambiental com a produção industrial. Tendo em vista o potencial tóxico e carcinogênico dos antioxidantes sintéticos utilizados atualmente em rações destinadas a animais, justifica-se a busca por alternativas de antioxidantes naturais. Serão produzidos extratos aquoso, acetônico e etanólico de caroço de Mangifera indica l. cv. Tommy Atkins, e serão avaliados e comparados o rendimento e a capacidade antioxidante desses produtos. Os resultados serão submetidos à análise de variância e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey com 5 de significância.

Protocolo: 6759 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2021 - 7/2022 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ FERNANDES DA SILVA
MARIANA DA FONSECA
Professor(es): THIAGO LUIS MAGNANI GRASSI

Resumo:
A queimadura é uma importante urgência e emergência em agravos traumáticos, causados por agentes térmicos, químicos, radiativos ou elétricos, que podem destruir total ou parcialmente a pele e seus anexos até atingir camadas mais profundas como tendões músculos e ossos. Diante desses fatores a queimadura leva a um tratamento desafiador que envolve cuidados locais e sistêmicos de acordo com a profundidade e extensão da lesão. O uso de curativos e antimicrobianos são uma das opções para terapia local. Estudos experimentais sugerem novas opções terapêuticas para solucionar possíveis problemas no processo de cicatrização, a fibrina rica em plaquetas (FRP) pode ser um grande potencial em feridas complexas como as queimaduras. O objetivo do presente estudos será avaliar a produção de colágeno por meio da dimensão fractal em queimaduras induzidas experimentalmente em coelhos tratados com ou não com FRP. Serão utilizados 10 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos, distribuídos em dois grupos: grupo C- controle (G1/n=5), receberão tratamento padrão para queimaduras (5g de creme à base de sulfadiazina de prata a 1), grupo T (G2/n=5), tratados com FRP. Cada coelho terá sua região dorsal tricotomizada e dividida em quatro quadrantes equidistantes. Para indução das lesões, será realizada anestesia local prévia com lidocaína a 0,2 (0,2 ml, via subcutânea/quadrante), e após 2 min. Serão feitas queimaduras com barra de ferro padronizada (5 cm), aquecida em banho de agua fervente, por um período de 10 seg/quadrante. Após este procedimento, os animais receberão cloridrato de Tramadol (4,0 mg/kg, IM), 2 vezes ao dia durante 3 dias consecutivos. A fim de minimizar o desconforto inicial. Em seguida será colocado um curativo sobre todas as feridas utilizando rayon estéril e curativo adesivo (Band Aid). As trocas ocorrerão a cada 3 dias até completarem 30 dias de experimento. As biopsias de pele serão realizadas aos 7, 14, 21 e 30 dias pós-lesão utilizando punch de 6 mm. A análise estatística será realizada com o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS). Caso a distribuição dos dados seja normal ou não-normal, os efeitos serão testados por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os testes de Tukey ou de Dunn serão utilizados para a comparação caso sejam indicadas diferenças por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os dados serão demonstrados por média ¬ desvio-padrão. Diferenças serão consideradas significativas P <0,05. P

Protocolo: 6696 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2021 - 10/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRENDA STELYS DE OLIVEIRA
RAFAELA GRETTER MACHADO
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Envenenamentos por Lachesis são caracterizados por manifestações clínicas como mionecrose local e sistêmica, insuficiência renal, hemorragia, coagulopatia e hipotensão. O tratamento do envenenamento laquético está condicionado à soroterapia e existem poucos registros acerca do uso de outras estratégias terapêuticas. Estudos recentes têm mostrado que varespladib (LY315920), um inibidor de fosfolipase A2 (PLA2), pode ser empregado como um potencial agente coadjuvante à soroterapia em envenenamentos por viperídeos e elapídeos. Neste projeto, propomos avaliar a ação protetora de varespladib, associado ou não ao soro polivalente anti-Bothrops/Lachesis, sobre a ação hemorrágica e proteolítica do veneno de Lachesis muta rhombeata (Surucucu Sul-Americana) em modelos de experimentação animal in vitro e in vivo. Para os protocolos in vitro, a ação inibitória de varespladib, associado ou não ao antiveneno, sobre a ação enzimática (PLA2 e proteases) do veneno de L. m. rhombeata será avaliada por espectrofotometria, incluindo a ação destes agentes sobre o tempo de coagulação para protrombina, trombina e tromboplastina parcial ativada em plasma citratado de rato usando kits para coagulometria. Para os protocolos in vivo, a ação inibitória de ambos os agentes sobre o efeito hemorrágico do veneno de L. m. rhombeata será avaliada por indução de halo hemorrágico subcutâneo em ratos. Em adição, a miotoxicidade local e sistêmica será avaliada em ratos divididos em seis grupos experimentais: (1) controle "salina´, (2) veneno, (3) varespladib , (4) veneno + varespladib, (5) veneno + antiveneno e (6) veneno + varespladib + antiveneno; os animais serão monitorados (temperatura retal, ambulação, ocorrência de hemorragia e formação de edema) nos tempos T0, T30, T60, T90 e T120, seguido por eutanásia para colheita de amostras de sangue destinadas para a análise de liberação de creatina quinase (CK) plasmática, incluindo amostras do músculo gastrocnêmico direito (local da injeção de veneno) e contralateral para a análise histopatológica. Os resultados deste estudo contribuirão para o entendimento da ação terapêutica de varespladib sobre os efeitos induzidos pelo envenenamento laquético.

Protocolo: 6713 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2021 - 7/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PAMELLA GODINHO GUTIERRES
DIEGO ROBERTO PEREIRA
NATALY LIMA VIEIRA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
ANA CLARA CAMPAGNOLO GONÇALVES TOLEDO
RAFAEL STUANI FLORIANO

Resumo:
Objetiva-se avaliar a eficácia analgésica da pregabalina como adjuvante no controle da dor pós-operatória em cadelas submetidas à mastectomia. Serão avaliadas 24 cadelas, encaminhadas para mastectomia unilateral radical e ovariosalpingohisterectomia, que serão distribuídas em dois grupos de doze animais cada: GP: administração de pregabalina 4mg/kg por via oral (VO); GPG: administração VO de solução placebo. Em todos os animais a medicação pré-anestésica será realizada com morfina (0,3 mg/kg) por via intramuscular (IM). Quinze minutos após, será realizada a cateterização da veia cefálica. A indução e manutenção anestésicas serão realizadas com propofol (4 mg/kg, IV) e isofluorano, respectivamente. Meloxicam (0,2 mg/kg, IV), será administrado cinco minutos antes da incisão cirúrgica. Durante o procedimento anestésico serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, oxicapnografia, temperatura esofágica, concentração final inspirada e expirada de isofluorano. No período pós-operatório o grau de analgesia será mensurado 30 minutos, 1, 2, 4, 8, 12, 18 e 24 horas após a extubação traqueal utilizando-se a Escala Analógica Visual (EAV) e a Escala Composta de Glasgow Modificada (ECGM). Nos mesmos momentos, também será avaliado o grau de sedação através de um sistema descritivo numérico. Analgesia de resgate será feita com morfina (0,5 mg/kg IM) em casos do escore de dor ser superior a 50 do EAV e/ou 33 do EGM. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Mann-Whitney e teste de Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 6703 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2020 - 10/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA ZANETTI SEGATTO
LETICIA MARIA DE LIMA CERAZO
TATIANE DOS SANTOS BRUNO
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
Objetiva-se investigar o efeito analgésico e anti-inflamatório do extrato de bromelina, em gatas submetidas à ovário-salpingo-histerectomia (OSH). Em estudo clínico, prospectivo, randomizado e encoberto, 45 gatas serão distribuídas em três grupos de 15 animais cada, sendo tratadas por via oral, 90 minutos antes da cirurgia com 40 mg/kg de extrato de bromelina (GB), 0,1 mg/kg de meloxicam (GM) ou 0,1 mL/kg de solução placebo (GP). Todos os animais serão sedados pela associação de meperidina (5 mg/kg) com acepromazina (0,05 mg/kg) pela via intramuscular (IM), 20 minutos antes da indução anestésica, que será realizada com propofol dose-efeito. A manutenção anestésica será feita com isofluorano/O2., cuja concentração será ajustada para manter plano anestésico cirúrgico. Durante a cirurgia serão monitorados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, temperatura esofágica, oxicapnografia e concentração final expirada de isofluorano. Durante 24 horas após a extubação traqueal, serão avaliados o grau de analgesia através da Escala Composta de Dor de Glasgow-Felina (GCMPS) e a Escala Composta Multidimensional-UNESP-Botucatu (ECM). Nas gatas com ECM &#8805; 6/24 e/ou GCPM &#8805; 5/20, será administrada morfina (0,2 mg/kg, IM) como analgesia de resgate. Nos mesmos momentos serão avalidos também op grau de inflamação e sedação através da Escala Analógica Visual (EAV). Os dados serão analisados com teste-t não pareado, teste exato de Fisher, ANOVA com teste de Tukey, testes de Mann-Whitney e de Friedman (p < 0,05).

Protocolo: 6702 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2020 - 10/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA ALENCAR MAILHO RODRIGUES
CAMILA MENOSSI SUEZA LIMA
MATHEUS ROCHA RIBEIRO
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU

Resumo:
A queimadura é um tipo comum de ferida, tendo sua classificação baseada no agente causal, tempo de exposição e porcentagem de tecido atingido. ocasionando danos físicos, emocionais e financeiros ao paciente queimado. O objetivo do presente estudo será avaliar os aspectos macroscópicos das feridas tratadas e não tratadas com a FRPa após queimadura de segundo grau, de forma sequencial e comparativa. A hipótese baseia-se que o uso tópico de um biomaterial possa melhorar o percentual de contração das lesões, proporcionando um fechamento mais rápido e homogêneo. Serão utilizadas biópsias de pele de 10 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos, distribuídos em dois grupos: grupo C-controle (G1/n=5), que receberão tratamento padrão para queimaduras (5g de creme a base de sulfodiazina de prata a 1), grupo T (G2/n=5), tratados com FRPa. Cada coelho terá sua região dorsal tricotomizada e dividida em quatro quadrantes equidistantes. Para indução das lesões, será realizada anestesia local prévia com lidocaína a 0,2 (0,2 ml, via subcutânea/quadrante), e após 2 min serão feitas queimaduras com barra de ferro padronizada (5 cm2), aquecida em banho de água fervente, por um período de 10 seg/quadrante. Após este procedimento, os animais receberão cloridrato de Tramadol (4,0mg/Kg, IM), 2 vezes ao dia durante 3 dias consecutivos, a fim de minimizar o desconforto inicial. Em seguida será colocado um curativo sobre todas as feridas utilizando ryon estéril e curativo adesivo (Band Aid®). A primeira troca será feita com 24 horas e permanecerá por mais três dias. A partir disso, as trocas ocorrerão a cada 3 dias até completarem 30 dias de experimento. As biópsias de pele serão realizadas aos 7,14 21 e 30 dias pós-lesão utilizando punch de 6 mm. A análise estatística será realizada com o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS) a partir do teste de normalidade dos dados e de homogeneidade de variâncias entre grupos. Os dados serão demonstrados por média ± desvio-padrão. Diferenças serão consideradas significativas quando P<0,05.

Protocolo: 6602 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2021 - 12/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA AKEMI DERRE MITOOKA
CRISTIANE GARDENIA LODE
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
O status nutricional é o principal fator que influencia a habilidade do animal para se reproduzir. O início da puberdade e a manutenção da função reprodutiva estão fisiologicamente ligados à nutrição e à condição corporal. Variações nutricionais influenciam o metabolismo, com consequente reflexo nas concentrações de hormônios e seus receptores. Desta forma, o objetivo do presente projeto será investigar a influência de 3 diferentes sistemas de produção de ovelhas na peripuberdade sobre a expressão gênica do fator de crescimento semelhante a insulina 1 (IGF1), da proteína ligadora de IGF3 (IGFBP3), da proteína reguladora aguda da esteroidogênese (STAR), 3&#946;-hidroxiesteroide desidrogenase (HSD3B) e receptor de leptina (LEPR) em corpos lúteos (CLs). O experimento a campo já foi realizado e os CLs estão armazenados, portanto a seguir está o resumo do experimento feito anteriormente para a obtenção dos CLs. Foram utilizadas 24 borregas (7/8 Dorper), com idades entre 6 e 7 meses. As ovelhas foram aleatoriamente distribuídas em 1 de 3 grupos alimentares: G1 (70-80 da exigência do National Research Council [NRC]), G2 (100-110 [NRC]) e G3 (140 [NRC]). As borregas do G-1 (n=8) e G-2 (n=8) foram mantidas em pastagem de Panicum maximum cv. Tanzânia com acesso a água e sal mineral ad libitum e apenas as do grupo G-2 receberão 1,5 do peso vivo de ração comercial 2 x ao dia. As borregas do G3 (n=8) ficaram confinadas durante todo o período experimental, recebendo dieta total, na proporção volumoso: concentrado de 20:80, contendo 16 de PB e 72 de NDT, visando ganho de peso diária de 200d/dia conforme NRC, sendo o sal mineral ad libitum. Inicialmente as ovelhas receberam 3,5 do peso vivo da dieta total (feno + ração), sendo esta porcentagem aumentada até atingir em media de 4,5 a 5 do peso vivo. Ao atingir o peso corporal de 35 kg as ovelhas foram sincronizadas pela inserção de um dispositivo vaginal de liberação de progesterona (CIDR®) por 12 dias. No dia da retirada do implante (D12) administrou-se, por via intramuscular, 0,075 mg de cloprostenol e 300 UI de gonadotrofina coriônica equina e oito dias após as ovelhas foram abatidas e o aparelho reprodutor removido para pesagem e processamento das amostras de CLs posterior análise da expressão gênica de receptores hormonais. Fragmentos dos CLs que foram depositados em nitrogênio liquido (-196oC) e armazenados em freezer -80°C serão utilizados para a realização da RT-qPCR. Esses fragmentos (~40 mg) serão triturados em homogeneizador de tecidos e submetidos ao protocolo de extração do Trizol® (ThermoFisher Scientific®) de extração total. A transcrição reversa será realizada utilizando o protocolo da Superscript® III (InvitrogenTM, Termo Fisher Scientific, Brasil), seguindo protocolo do fabricante. A qPCR será realizada para a análise quantitativa da expressão gênica relativa. Após a análise de normalidade, se os dados forem paramétricos será utilizado ANOVA seguido de Test t de Student. Caso os dados não sejam paramétricos será realizado o Teste de Kruskal Wallis, Todas as análises serão utilizando um nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 6595 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2021 - 3/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA EDUARDA VASQUES CORTICO
NATHALIA SANT ANA DE ALMEIDA
HELENA CRISTINA RIBEIRO KOHARATA
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE

Resumo:
Perfil de ácidos graxos no leite de ovelhas mestiças Dorper suplementadas com bixina (Bixa Orellana L.) a partir do terço final da gestação O leite ovino destaca-se por possuir menores teores de sódio, maiores teores de nutrientes importantes, tais como, cálcio, fósforo, ferro, magnésio, potássio, vitaminas A, C, D, E, as do complexo B e sólidos totais, portanto, seus derivados podem ser uma alternativa rentável comparadas aos advindos de bovinos leiteiros. Os carotenoides vêm sendo utilizado como meio antioxidativo na dieta de animais, destacando-se a bixina. Uma série de estudos relataram níveis variáveis de estresse oxidativo durante o período de transição em ovelhas, onde há o aumento na demanda de oxigênio, promovendo a produção de radicais, e seu controle é efetuado por sistemas de defesa de antioxidantes celulares. A oxidação lipídica do leite é altamente influenciada pela cadeia longa de ácidos graxos insaturados, que são particularmente suscetíveis à oxidação e pode dar origem ao sabor fora do padrão e pouco atrativo. Serão utilizados o leite colhido e armazenado de ovelhas mestiças Dorper, do projeto 5953 (aprovado pelo CAPI) as quais foram alimentadas a partir do pré parto com dois planos nutricionais, G1: ficaram mantidas em pastagens de Panicum maximum cv Tanzania, suplementadas 1,5 do peso vivo de ração comercial diariamente e G2: mantidas em pastagens de Panicum maximum cv Tanzania, suplementadas com 1,5 do peso vivo de ração comercial, com adição de 0,66g/kg de bixina. As coletas de leite foram realizadas de forma manual. e o leite coletado foi transferido para tubos falcon de 50ml, previamente identificados com numeração do animal e data da coleta. Após as respectivas coletas, as amostras foram armazenadas em freezer -80°C e aguardam aprovação para serem processadas. As extrações lipídicas, para a realização do perfil de ácidos graxos, serão feitas na Universidade do Oeste Paulista, pelo método de congelamento, descongelamento e centrifugação (MURPHY;McNEILL, 1995) em solução de n-heptano e KOH/metanol (ISSO, 1978). A gordura extraída passará por leitura em cromatógrafo gasoso onde o perfil de ácidos graxos será obtido. Mensurou-se os ganhos de peso dos animais durante o terço final da gestação e este dado será associando ao desempenho ou não dos cordeiros referentes aos momentos analisados (gestação e lactação). Os resultados serão submetidos a análise de variância ao nível de significância de 5.

Protocolo: 6590 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2021 - 10/2021 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BARBARA RODRIGUES PAYAO
LETICIA JALLOUL GUIMARAES DE SOUZA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO
MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
A cicatrização de feridas ocorre através de eventos bioquímicos, mas isto pode ser diferente em indivíduos que possuem problemas de saúde e ingerem alguns medicamentos como o dexametasona. Este corticoide apresenta características anti-inflamatórias e em estudos experimentais apresentam que ele pode inibir a presença de alguns componentes importantes no processo cicatricial como proliferação celular e da produção de matriz extracelular, danificando a produção de colágenos tipo I e III. Através desta circunstância, verifica-se a oportunidade de utilizar o nutriente denominado resveratrol para prevenir e/ou tratar qualquer disfunção que esse corticoide possa gerar. Portanto o objetivo deste estudo é analisar os efeitos do resveratrol na cicatrização de feridas cutâneas em ratos submetidos ao uso contínuo de dexametasona através da dimensão fractal. Na metodologia serão utilizados 60 ratos machos, da linhagem Wistar, com idade de 60 dias sendo divididos em quatro grupos experimentais (n=15 por grupo). Os animais de todos os grupos serão submetidos à lesão cutânea após 30 dias de tratamento com as substâncias específicas de cada grupo e continuarão sendo tratados até o dia em que serão eutanasiados. Serão sorteados cinco ratos de cada grupo para eutanásia no terceiro dia, sétimo dia e décimo quarto dia de pós-operatório para avaliação morfológica do colágeno tipo I e III, utilizando a ferramenta da dimensão fractal e análises histopatológicas convencionais. Após análise da normalidade dos dados, para as comparações das variáveis analisadas (3, 7 e 14 dias), será realizada por meio de ANOVA para medidas repetidas, (esfericidade de Mauchly, quando necessário às correções de Greenhouse-Geisser) e pós-teste de Bonferroni, o nível de significância será estabelecido em p<0,05 para todos os testes.

Protocolo: 6567 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2020 - 3/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIZA SONVENSO AMBROSIO
GABRYELLA SENA LOPES BONATO
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ANA CLARA CAMPAGNOLO GONÇALVES TOLEDO

Resumo:
O ozônio é um gás utilizado para desinfecção de alimentos, sendo considerado mais vantajoso do que o cloro em razão da baixa toxicidade e ausência de resíduos tóxicos. Alguns sistemas automatizados utilizam ozônio incorporado na água para a sanitização de hortaliças minimamente processadas. O presente trabalho tem como objetivo avaliar revisar conceitos acerca da ação microbicida do ozônio sobre alfaces minimamente processadas e realizar uma meta-análise para verificar a eficácia do processo de desinfecção sobre os microrganismos das espécies Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Salmonella entérica. A população foi especificada em alfaces (Lactuca sp), de qualquer variedade e espécie, antes do tratamento higienizante, enquanto a intervenção, ou tratamento, será representado pela operação da unidade de desinfecção com ozônio diluído em solução aquosa. O resultado medido será a concentração dos patógenos citados, convertidos para fases logarítmicas. As bases de dados bibliográficas incluídas serão o PubMed, Science Direct e Scopus, disponíveis em revistas científicas eletronicamente entre os anos de 1980 e 2020. Nos trabalhos selecionados, a diferença média entre grupo tratado e controle será calculada com a expressão: DM = MCMT, onde DM = diferença média, MC = Média do grupo controle e MT = Média do grupo tratado. Serão conduzidos modelos meta-analíticos separadamente para cada patógeno, sendo possível, com este método, avaliar se há diferenças nos níveis de resistência ou eficácia do ozônio para os patógenos estudados. A heterogeneidade e significância do modelo serão testadas pelas estatísticas I2 de Hiigns e Q de Cochran. A partir dos modelos serão construídos forest-plots para permitir uma melhor visualização do efeito do ozônio e possíveis diferenças na ação sobre agentes patogênicos Será utilizado o pacote "metafor" do R para realização de todas as análises, considerando-se 5 de nível de significância.

Protocolo: 6493 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2020 - 6/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOSE ROBERTO GALIO JUNIOR
RAPHAELA PRIMOLAN ROCHA
CAMILA AKEMI DERRE MITOOKA
CRISTINA ATSUMI KUBA
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA
ANA CLARA CAMPAGNOLO GONÇALVES TOLEDO
ANA KARÊNINA DIAS DE ALMEIDA SABELA

Resumo:
O Brasil se destaca como maior exportador de carne bovina do mundo, condição alcançada após avanços nas biotécnicas utilizadas na reprodução animal, incluindo a inseminação artificial (IA). Um dos fatores limitantes para a qualidade do sêmen é a contaminação bacteriana, que normalmente é controlada com adição de suplementos antibióticos nos diluentes. O presente trabalho tem como objetivo, avaliar a influência da carga microbiana do sêmen sobre parâmetros de qualidade no espermograma. Quatro partidas de sêmen fresco de 24 touros, doadas por uma empresa de central de Coleta e Congelamento de Sêmen serão diluídas nas proporções de 1:10, 1:100 e 1:1000 em solução salina estéril (0,9) e semeadas superficialmente em placas de agar Sangue ovino desfibrinado a 5 para isolamento de mesófilos totais, agar Baird-Parker suplementado com gema de ovo de telurito de potássio para isolamento de Staphylococcus sp, agar MacConkey para isolamento de enterobactérias e agar cromogênico para E. coli para isolamento de Escherichia coli. Após 24-48 horas de incubação a 37oC, as colônias bacterianas que se desenvolverem em cada placa serão enumeradas e identificadas, sendo os valores obtidos expressos como Unidades Formadoras de Colônias (UFC) por ml de sêmen. Para verificar a contaminação presentes nos materiais e equipamentos de manipulação e congelamento de sêmen serão realizadas culturas de luvas, materiais das vaginas artificiais, frascos e ponteiras de pipetas automáticas, diluente do sêmen e equipamentos de envase. Os isolados serão testados quanto as características fenotípicas de produção de urease em caldo uréia, fermentação da frutose em caldo vermelho fenol e formação de biofilme em agar vermelho Congo. As características de qualidade do sêmen avaliadas no espermograma serão correlacionadas com as contagens bacterianas de cada microrganismo. Outros fatores testados estatisticamente dentro das variáveis-reposta (dados do espermograma), incluirão produção de urease, fermentação da frutose e produção de biofilmes por bactérias isoladas do sêmen. De posse dos dados, a influência da carga microbiana sobre a qualidade do sêmen bovino será discutida.

Protocolo: 6495 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2020 - 10/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RICARDO TOMIYOSHI KOYAMA
MATHEUS RAMOS FRASSATO
FERNANDA NOBRE BANDEIRA MONTEIRO
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS) é uma doença inflamatória crônica prevalentemente imunomediada em cães e humanos provocando modificações quantitativas e/ou qualitativas da lágrima, podendo levar a cegueira se não for precocemente diagnosticada e tratada. O tratamento convencional consiste principalmente no uso de imunossupressores tópicos, como ciclosporina e tacrolimus. O uso de células tronco (CT) tem a capacidade de regeneração tecidual devido principalmente a sua ação parácrina, podendo assim regenerar as glândulas lacrimais destruídas pela atuação de autoanticorpos que causam a CCS. Alguns estudos têm utilizado a células tronco mesenquimais (CTM) no tratamento do olho seco, porém, em alguns animais os sinais inflamatórios da CCS retornaram depois de algum tempo da aplicação. A suplementação com ômegas tem sido utilizada na oftalmologia principalmente pelo seu efeito anti-inflamatório natural. Desta maneira, o objetivo deste projeto é comparar o uso de CTM injetável suplementado ou não com ômega 3 oral, no tratamento da CCS em cães. Os cães serão distribuídos aleatoriamente em 2 grupos com 10 animais cada: grupo CTM (CTM injetável na glândula da terceira pálpebra e conjuntiva palpebral inferior e superior), e grupo CTMO (CTM injetável na glândula da terceira pálpebra e conjuntiva palpebral inferior e superior e suplementados com ômega 3 oral). Os animais serão avaliados mensalmente, e realizados testes oftálmicos específicos como Teste Lacrimal de Schirmer (TLS), Teste de Fluoresceína (TF), Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL), Teste de Lissamina Verde; Cristalização da Lágrima, no início, meio e fim do projeto e biopsia da conjuntiva palpebral para avaliação das células caliciformes no início e final do projeto e teste de osmolaridade da lagrima. Os dados paramétricos serão comparados entre momentos e grupos por meio de análise de variância (ANOVA) pelo método de Tukey. No caso de dados não paramétricos serão utilizados os testes de Friedman e Kruskal-Wallis, para comparação entre momentos e grupos, respectivamente. O nível de significância será p<0,05.

Protocolo: 6484 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2020 - 5/2023 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANA CRISTINA DE LIMA SANTOS
LAYLA SOUZA DOS SANTOS GASPAROTTO
GISMELLI CRISTIANE ANGELUCI
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI

Resumo:
O sêmen é um fluido orgânico composto de espermatozoides e plasma seminal, seu papel principal está contido na reprodução, e para isso, necessita de temperaturas ideais que refletem na sua viabilidade, preservando a sua estrutura e metabolismo. A manutenção do ejaculado em temperatura ambiente acabam por degradar esse conteúdo espermático, acarretando danos às células e por fim, impõem condições inviáveis à reprodução. Desta maneira técnicas para redução do metabolismo espermático como a criopreservação e refrigeração seminal são biotécnicas amplamente utilizadas. A criopreservação seminal acarreta uma série de danos aos espermatozóides, por esse motivo estuda-se a viabilidade da utilização de sêmen refrigerado para inseminação artificial em bovinos. Os meios diluentes para refrigeração do sêmen auxiliam na preservação desse material, estabilizando o sistema enzimático da célula e desenvolvendo papel fundamental na proteção da integridade as membranas. De tal modo, o objetivo do presente projeto de pesquisa é avaliar e comparar a viabilidade de dois meios diluentes comerciais para a refrigeração de sêmen bovino. Na pesquisa, serão utilizados 4 touros Nelore para coleta de material a ser avaliado, o material será coletado 5 vezes durante o estudo, perfazendo 20 ejaculados. Para refrigeração do material será utilizado Geladeira a 5ºC, BotuFLEX a 5ºC e BotuFLEX a 15ºC. Os ejaculados serão avaliados para motilidade, vigor espermático e testes vitais do espermatozoide nos momentos T0, T12, T24, T48 e T72. Os frutos obtidos resultarão em melhores escolhas de métodos para refrigeração, além de possuir papel importantíssimo na decisão do meio diluidor que será usado no processo de refrigeração espermática.

Protocolo: 6515 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2020 - 10/2021 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): YANN CAUE FERNANDES CORAZZA
DANIEL DE SOUZA
Professor(es): FELIPE RYDYGIER DE RUEDIGER

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS) é uma é uma doença inflamatória crônica degenerativa, preferencialmente imunomediada, que acomete as glândulas lacrimais e a superfície ocular, que provoca a diminuição da porção aquosa da lágrima (quantitativa) e/ou excessiva evaporação do filme lacrimal, pela deficiência da porção lacrimal lipídica (qualitativa). O tratamento convencional consiste no uso de imunossupressor tópico. Recentemente, a medicina celular regenerativa vem crescendo no tratamento de doenças crônicas degenerativas, sendo o plasma rico em plaquetas (PRP) um exemplo dessa terapia, inclusive no tratamento de CCS. A suplementação com ômegas tem sido utilizada na oftalmologia principalmente pelo seu efeito anti-inflamatório natural. Desta maneira, o objetivo desse projeto é comparar a eficácia do de uso plasma rico em plaqueta (PRP) homólogo associado ou não com ômega 3 oral no tratamento de cães acometidos por CCS. Serão avaliados e acompanhados 30 cães, durante seis meses, sem predileção racial, etária ou sexual, atendidos pelo setor de oftalmologia do HV da UNOESTE portadores da CCS. Os animais serão divididos aleatoriamente em dois grupos com 15 animais cada: grupo PRP (n=15): Aplicação de 0,3 ml de PRP injetável, sendo 0,1 ml na glândula da terceira pálpebra, 0,1 ml na conjuntiva palpebral inferior e 0,1 ml na conjuntiva palpebral superior de ambos os olhos, uma aplicação a cada 30 dias, totalizando 3 aplicações, e grupo PRPO (n=15): mesma conduta do grupo PRP + ômega 3 oral durante 6 meses. Os animais serão avaliados mensalmente através do Teste Lacrimal de Schirmer (TLS), Teste de Fluoresceína (TF), Teste de Lissamina Verde (TLV), Teste de Osmolaridade Lacrimal (TOL), Teste de Meniscometria de Tira (TMT), Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL), citologia aspirativa da glândula da terceira pálpebra (início, meio e final do tratamento), e biopsia da conjuntiva palpebral (início e final do tratamento). Os dados obtidos serão comparados e analisados estatisticamente pelo teste T de Student. Será adotado o nível de significância de 5.

Protocolo: 6433 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2021 - 4/2023 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA DA SILVA PANDO
MARLON DURAES
DANIEL ESPINHOSA VIEIRA
GISMELLI CRISTIANE ANGELUCI
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
WILLIAM DOS SANTOS VILLA
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS), ou olho seco, é uma doença inflamatória crônica degenerativa prevalentemente imunomediada em cães e humanos provocando modificações quantitativas e/ou qualitativas da lágrima, podendo levar a cegueira se não for precocemente diagnosticada e adequadamente tratada. O tratamento convencional consiste principalmente no uso de imunossupressor tópico como o tacrolimus. Recentemente, a medicina celular regenerativa vem crescendo no tratamento de doenças crônicas degenerativas ou que envolvam um déficit cicatricial dos tecidos, utilizando por exemplo células tronco mesenquimais (CTM) ou plasma rico em plaquetas (PRP). O objetivo deste projeto é analisar durante 6 meses o tratamento da CCS em cães com o tratamento convencional com tacrolimus 0,03 tópico com os tratamentos de medicina celular regenerativa, CTM e PRP, com aplicações injetáveis na glândula da terceira pálpebra e conjuntiva palpebral superior e inferior. Serão utilizados 30 cães diagnosticados com CCS e distribuídos aleatoriamente em 3 grupos com 10 animais cada: grupo T (colírio de tacrolimus 0.03 tópico 2x/dia), grupo CTM (0,3 ml de células tronco mesenquimais injetável, sendo 0,1 ml na glândula da terceira pálpebra, 0,1 ml na conjuntiva palpebral inferior e 0,1 ml na conjuntiva palpebral superior de ambos os olhos, uma aplicação a cada 30 dias, totalizando 3 aplicações), grupo PRP (0,3 ml de plasma rico em plaquetas injetável, sendo 0,1 ml na glândula da terceira pálpebra, 0,1 ml na conjuntiva palpebral inferior e 0,1 ml na conjuntiva palpebral superior de ambos os olhos, uma aplicação a cada 30 dias, totalizando 3 aplicações). Os animais serão avaliados mensalmente com testes oftálmicos específicos: Teste Lacrimal de Schirmer (TLS), Teste de Fluoresceína (TF), Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL) e Teste de Lissamina Verde (TLV). Também será feita a Citologia Aspirativa para análise das células da glândula da terceira pálpebra. No início e fim do projeto biopsia da conjuntiva palpebral para avaliação das células caliciformes, e teste de osmolaridade da lagrima. Serão empregados testes estatísticos para validar o pressuposto de normalidade dos dados. Variáveis paramétricas serão comparadas pelo teste (Anova) e as não paramétricas por Friedman.

Protocolo: 6412 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2020 - 3/2023 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA DA SILVA PANDO
DANIEL ESPINHOSA VIEIRA
GISMELLI CRISTIANE ANGELUCI
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Neste trobolho iremos produzir urn DVD, onde estarao deschtas de forma diddtica audiovisual as principals tecnicas cirurgicas empregadas para tratar disturbios nas articulagaoes dos caes.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2002 - 4/2002 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CLAUDIO CENI
Professor(es): PETTERSON TRICHES DORNBUSCH
FERNANDO DE BIASI

Resumo:
Objetiva-se investigar o impacto da administração do maropitant no ponto de acupuntura Estômago 36 (E-36) sobre o requerimento intra-operatório de isoflurano e pós-operatório de analgesia suplementar, comparativamente, à administração por via intravenosa (IV) desse medicamento em cadelas submetidas à ovário-salpingo-histerectomia (OSH). Para o procedimento cirúrgico, todos animais serão tratados com acepromazina (0,05 mg/kg) associada à meperidina (5 mg/kg), por via intramuscular (IM). A indução anestésica será realizada com propofol, seguindo-se a manutenção com isoflurano/O2. Cinco minutos após a indução anestésica, os animais serão distribuídos em três tratamentos: GIV (n=15): administração IV de maropitant (1 mg/kg); GAP (n=15): administração da mesma dose de maropitant bilateralmente no ponto de acupuntura estômago 36 (E-36); GC (n=15): grupo controle (sem tratamento com maropitant). Durante a cirurgia serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, temperatura esofágica, oxicapnografia e concentração final expirada de isoflurano. O grau de analgesia e de sedação serão mensurados antes do procedimento cirúrgico (basal), 1, 2, 4, 8, 12, 18 e 24 horas após extubação traqueal. Em caso de analgesia insuficiente, morfina (0,5 mg/kg, IM) será administrada como analgesia de resgate. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 6360 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 8/2021 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIEL ESPINHOSA VIEIRA
GUSTAVO RICCI ZANELLI
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
A leishmaniose visceral (LV) é uma doença com elevada mortalidade, negligenciada, com distribuição mundial, principalmente na América do Sul, com maior notificação no Brasil. O cão doméstico é o principal reservatório da LV nas regiões endêmicas e exerce papel fundamental na manutenção e expansão da doença. Portanto, o conhecimento da patogênese, resposta imunológica e manifestação clínica são essenciais para o estabelecimento de medidas preventivas e de controle da leishmaniose visceral canina (LVC). A região do Oeste Paulista apresenta aumento crescente de cães diagnosticados com LVC, no entanto, não há estudos com essa população de animais. O presente projeto tem como objetivo avaliar os linfonodos superficiais de cães diagnosticados com LV por meio do exame citopatológico e histopatológico e determinar a densidade parasitária, resposta imunológica e alterações morfológicas, correlacionando-as com a manifestação clínica da doença.

Protocolo: 6359 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 8/2021 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TIFANY DA SILVA SATO ROCA
Professor(es): ADRIANA FALCO DE BRITO
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA

Resumo:
A biotecnologia utiliza-se de organismos vivos para a produção de bens e serviços. Em processos biotecnológicos, as substâncias de interesse são recuperadas e purificadas por processos downstream e os microrganismos podem ser reaproveitados na forma de biomassas contendo proteínas e outras substâncias produzidas pelo metabolismo microbiano, tais como compostos com atividade antioxidante. Os antioxidantes sintéticos têm sido alvo de questionamentos e estudos revelam que alguns compostos implicam em vários riscos para a saúde, gerando a necessidade pela busca de alternativas naturais. A Saccharomyces cerevisiae é uma levedura frequentemente utilizada para a elaboração de diversos produtos e, ao término do processo produtivo, pode ser recuperada, podendo ser utilizada em outras atividades por possuir componentes de interesse. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é caracterizar a biomassa e os extratos etanólico e acetônico de Saccharomyces cerevisiae, comparando a biomassa bruta e os métodos de extração em relação as características físico-químicas. O delineamento experimental é composto por 3 tratamentos com 5 repetições cada, totalizando 15 amostras, que serão submetidas às análises de composição proximal, cor instrumental e concentração de carotenoides. Os resultados serão submetidos à análise de variância e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey, com 5 de significância.

Protocolo: 6324 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 8/2021 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIZA SONVENSO AMBROSIO
Professor(es): THIAGO LUIS MAGNANI GRASSI

Resumo:
A hipertensão arterial é um importante fator de risco para a saúde humana, levando a efeitos celulares deletérios devido ao estresse oxidativo causado. Entre os efeitos indesejáveis da hipertensão está uma menor fertilidade no homem. Os exercícios produzem efeitos comprovados de melhora da saúde geral do indivíduo hipertenso. O objetivo deste projeto é verificar a ação do treinamento intervalado de alta intensidade na expressão gênica de mediadores inflamatórios interleucina 6 (IL6) e fator de necrose tumoral alfa (TNF&#945;) em testículos de ratos espontaneamente hipertensos (SHR). Para tanto, serão utilizados os testículos colhidos de um experimento anterior já aprovado pelo CEUA. No projeto já realizado, foram utilizados 24 ratos, divididos em 3 grupos: grupo controle Wistar-Kyoto (K-G, n=5), grupo de SHR (SHR-G, n=9) e grupo de SHR submetidos ao treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) em esteira por 50 minutos 5 vezes por semana (SHR-HIIT-G, n=10). Os testículos serão utilizados para RT-qPCR. Após 8 semanas de treinamento os animais foram eutanasiados e os testículos foram colhidos e armazenados no freezer a -80oC. Os testículos armazenados serão triturados e o RNA extraído pelo protocolo do TRIzol®, será realizada a transcrição reversa e posteriormente o DNA complementar será analisado por qPCR. As análises das expressões gênicas relativas de Il6 e Tnf&#945; serão realizadas testando 3 genes endógenos para a escolha de um normalizador da reação utilizando o programa NormFinder®. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis seguido de Dunn, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05. A hipótese científica do presente estudo é que a hipertensão aumentará a expressão de mediadores inflamatórios e que o HIIT modulará os efeitos negativos da hipertensão.

Protocolo: 6323 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 8/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EVELLIN HELOISA PAULINELI PEREIRA
RONIVANIA JENUARIO SILVA NESPOLO
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
Professor(es): FRANCIS LOPES PACAGNELLI
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA

Resumo:
Uma das formas de melhorar os oócitos obtidos para a produção embrionária é através da suplementação das doadoras visando alterar a composição do fluido folicular e consequentemente influenciar na qualidade oocitária. Portanto o objetivo geral do presente projeto é avaliar o efeito da suplementação com Homeo-Vita fertilidade (produto homeopático) em vacas da raça Nelore sobre parâmetros reprodutivos. Para tanto serão utilizadas 20 vacas da raça Nelore que irão os grupos: Grupo controle (GC, n=10) que será fornecido apenas sal mineral e grupo Homeo-Vita Fetilidade® (GHVF, n=10) onde será acrescido ao sal mineral o produto ajustado para um consumo diário de 70g/animal dia por um período de 60 dias. Após o consumo os oócitos serão aspirados por ultrassonografia enviados ao laboratório para a (PIVE) produção in vitro dos embriões. Serão coletadas amostras de sangue para dosar a progesterona plasmática pelo método de radioimunensaio (RIA). Os oócitos obtidos serão selecionados e avaliados quanto à qualidade em os oócitos graus I, II, III, desnudo e atrésico. Os embriões obtidos no dia 7 pós-fecundação serão contados e classificados quanto ao estágio de desenvolvimento (mórula, blastocisto, etc) e qualidade embrionária. Para todas as análises será utilizado o Teste-t de Student para observações independentes, quando entre os 2 grupos. As comparações estatísticas serão utilizadas considerando a associação significativa quando a estatística calculada for menor que 5 (p<0,05).

Protocolo: 6314 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 5/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BETANIA GEA GARCIA
MURILO MAGRO FERREIRA
WALQUIRIA WOICIKIEVIZ CHOMA
TATIANE SZUCS DOS SANTOS BARROS DIAS
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE

Resumo:
Objetiva-se investigar a eficácia clínica e a segurança da utilização do bloqueio peridural sacrococcígeo (S3-Co1) como adjuvante da anestesia geral inalatória em gatas submetidas à ovariosalpingohisterectomia. Para o procedimento cirúrgico, todos animais serão tratados com acepromazina (0,05 mg/kg) associada à meperidina (6 mg/kg), por via intramuscular (IM). A indução anestésica será realizada com propofol dose-efeito, seguindo-se a manutenção com isoflurano/O2. Cinco minutos após a estabilização da anestesia inalatória, os animais serão distribuídos em três tratamentos, com 15 animais em cada grupo: EP: administração de 0,3 mL/kg (1,5 mg/kg) de ropivacaína 0,5 no espaço peridural S3-Co1; CN (controle negativo): administração de 0,3 mL/kg de solução salina 0,9 no espaço peridural S3-Co1; CP (controle positivo): administração de 0,3 mL/kg de solução salina 0,9 no espaço peridural S3-Co1, além da administração de meloxicam (0,1 mg/kg, SC), após a intubação traqueal. Durante a cirurgia serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, temperatura esofágica, oxicapnografia e concentração final expirada de isoflurano. O grau de analgesia e de sedação serão mensurados antes do procedimento cirúrgico (basal), 1, 2, 4, 8 e 12 horas após extubação traqueal. Em caso de analgesia insuficiente, morfina (0,2 mg/kg, IM) será administrada como analgesia de resgate. Os dados serão analisados com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância (p < 0,05).

Protocolo: 6296 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2020 - 12/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA ALENCAR MAILHO RODRIGUES
JULIA OLIVEIRA LIMA ZAHRA
LETICIA MARIA DE LIMA CERAZO
GUSTAVO RICCI ZANELLI
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
Objetiva-se investigar o efeito sedativo, analgésico e cardiorrespiratório da dexmedetomidina administrada no ponto de acupuntura Vaso Governador 20 (VG-20) e o impacto dessa via de administração sobre a dose e qualidade da indução anestésica, o requerimento intraoperatório de isofluorano e a qualidade da recuperação pós-anestésica, comparativamente, à via intramuscular (IM) em gatas submetidas à ovário-salpingo-histerectomia (OSH). Em estudo clínico, prospectivo, randomizado e encoberto, 30 gatas serão distribuídas em dois tratamentos: medicação pré-anestésica com dexmedetomidina (10 µg/kg) administrada por via IM (grupo IM, n =15) e no ponto de acupuntura VG-20 (grupo VG20, n =15). A indução anestésica será realizada com propofol dose-efeito, sendo registrada a dose (mg/kg) e a qualidade da indução por sistema de escore. A manutenção anestésica será feita com isofluorano/O2., cuja concentração será ajustada para manter plano anestésico cirúrgico. Durante a cirurgia serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, temperatura esofágica, oxicapnografia e concentração final expirada de isofluorano. No período pré-operatório e durante 24 horas após a extubação traqueal, serão avaliados o grau de sedação através de escala descritiva numérica e o grau de analgesia através da Escala Composta de Dor de Glasgow-Felina (GCMPS) e a Escala Composta Multidimensional-UNESP-Botucatu (ECM). Nas gatas com ECM &#8805; 6/24 e/ou GCPM &#8805; 5/20, será administrada morfina (0,2 mg/kg, IM) como analgesia de resgate. Os dados serão analisados com teste-t não pareado, teste exato de Fisher, ANOVA com teste de Tukey e teste de Mann-Whitney e Friedman para dados paramétricos e não paramétricos, respectivamente (p < 0,05).

Protocolo: 6200 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2020 - 12/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA ZANETTI SEGATTO
CAMILA MENOSSI SUEZA LIMA
GUSTAVO RICCI ZANELLI
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
O controle funcional do oviduto é multifatorial e estudos mostram alteração transcricional, proteica e funcional do oviduto durante o ciclo estral, entre os antímeros de ovulação em animais monovulatórios, quanto à presença dos gametas e embrião, número de embriões presentes e concentração plasmática de progesterona. Nessa mesma vertente, trabalhos do nosso grupo de pesquisa já demonstraram efeitos de protocolo de superestimulação ovariana na regulação de transcritos no oviduto bovino relacionado com a contratilidade do oviduto e interação gamética. Embora os estudos foquem na remodelação da matriz extracelular de ovários adultos, nada se sabe sobre os mecanismos que promovem e controlam esses mesmos eventos na ampola ovidutal provenientes de fêmeas bovinas submetidas ou não à superestimulação ovariana. Além disso, os mecanismos de remodelação do tecido pelo qual o oviduto é formado são pouco descritos, principalmente no que diz respeito aos componentes da matriz extracelular. A fim de avaliar possíveis alterações ocasionadas no oviduto após protocolos de SOV, o projeto objetiva analisar o remodelamento tecidual e quantificar o colágeno em ampolas de ovidutos bovinos, por meio da coloração de lâminas histológicas com picrosirius RED provenientes de vacas Nelore submetidas ou não à superestimulação ovariana. Para tanto, ovidutos de fêmeas bovinas submetidas ou não à superestimulação ovariana com hormônio folículo-estimulante (FSH) ou gonadotrofina coriônica equina (eCG) emblocados em parafina serão corados com com picrosirius red e as lâminas serão analisadas e as imagens capturadas com fotomicroscópio digital. Cortes ovidutais corados com picrosirius red PSR serão usados para quantificar o colágeno total e a sua distribuição. A análise será realizada utilizando o ImageJ, seguindo as instruções do software para quantificação de colágeno. Esperamos que a compilação dos dados gerados seja capaz de ampliar o conhecimento sobre os aspectos estruturais e fisiológicos do oviduto bovino e o impacto que as variações hormonais podem gerar em fêmeas bovinas submetidas à superestimulação ovariana.

Protocolo: 6182 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 8/2021 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): LAURA CHUBA MACHADO ROLNICHE
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
Resultados promissores na regeneração de lesões de pele, têm sido demonstrados com o uso de produtos de origem natural (orgânicos), como os curativos dérmicos constituídos de polissacarídeos (quitosana complexada com xantana), por promoverem microambiente hidratado e com isolamento térmico, permitindo as trocas gasosas; e fontes ricas em fatores de crescimento como o plasma rico em plaquetas autólogo (PRPa), que apresenta o fator de crescimento transformador beta (TGF-&#946;), endotelial vascular (VEGF) e derivado da plaqueta (PDGF), responsáveis pela estimulação da cascata inflamatória e da cicatrização. O objetivo deste trabalho é avaliar a ação de uma membrana polimérica (quitosana, xantana e &#946;-glicana) e do PRPa na cicatrização in vivo, empregados isoladamente ou associados. Para os testes, coelhos serão submetidos a procedimento cirúrgico para indução da lesão e divididos em grupo controle (GC), grupo membrana (GM), grupo PRPa (GPa) e grupo membrana associada ao PRPa (GMPa), avaliados nos momentos M0, M7, M14, M21 e M28 (28 dias) após o procedimento experimental. Serão realizadas análise da dimensão fractal (DF) e avaliação termográfica. As análises estatísticas dos resultados serão realizadas utilizando o software Statistica 7®, com 5 de significância. Hipotetiza-se que o curativo bioativo à base de quitosana, xantana e &#946;-glicana associado ao PRPa, demonstre características terapêuticas e biológicas relevantes para o tratamento de lesões dermo-epidérmicas, gerando melhor qualidade ao processo cicatricial, contribuindo assim, para o setor de desenvolvimento de biomateriais e aplicação terapêutica dos mesmos.

Protocolo: 6157 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2020 - 10/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PAMELLA GODINHO GUTIERRES
VALTER DIAS DA SILVA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA

Resumo:
Biotécnicas como a superestimulação têm se propagado cada vez mais na produção animal melhorando e ampliando o plantel e ainda assim, tem sido alvo de muitos estudos para aprimorar seus índices. O oviduto é uma das estruturas que contem significante importância, transportando as células germinativas e por onde se dá à fusão dos gametas e a geração de um novo individuo, que inicialmente é nutrido pelo fluido ovidutal proveniente de células secretoras ciliadas e não ciliadas, modulados pelos hormônios E2 e P4 e por outros hormônios que possuem papeis ativos na superestimulação ovariana como o FSH, que promove o desenvolvimento de folículos, indução de uma nova onda e aumento da viabilidade dos embriões. Apesar disso ainda existem algumas inconsistências, dado que este trabalho irá abordar em relação ao seu efeito no oviduto. O eCG por outro lado dispõe de uma meia-vida mais prolongada em relação aos demais e o único que apresenta a capacidade de se interagir com os receptores de LH e FSH, compreendendo um aumento na taxa de ovulação, crescimento folicular e maior produção de embriões, entretanto não se porta de alta viabilidade. Embora os estudos foquem na remodelação da matriz extracelular de ovários adultos, nada se sabe sobre os mecanismos que promovem e controlam esses mesmos eventos na ampola ovidutal provenientes de fêmeas bovinas submetidas ou não à superestimulação ovariana. Neste contexto aparece a dimensão fractal (DF), que permite quantificar alterações estruturais dos tecidos, sendo utilizada como ferramenta diagnóstica de retinopatias, estudos histopatológicos de neoplasias, morfometria de hepatócitos, fibrose hepática e estudos cardíacos. A fim de avaliar possíveis alterações ocasionadas no oviduto após protocolos de SOV, as regiões de ampola do oviduto de vacas submetidas ou não serão analisadas através da dimensão fractal, para identificar alterações morfológicas mínimas, por funções quantitativas com o objetivo de investigar o efeito ocasionado na morfologia do oviduto em vacas Nelore submetidas ou não à superestimulação ovariana e remodelamento celular desta região do órgão.

Protocolo: 6158 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 8/2021 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LAURA CHUBA MACHADO ROLNICHE
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A queimadura é uma importante referência de morbimortalidade mundial cuja reposta do organismo varia conforme sua causa, grau de comprometimento e extensão da lesão. Por estas razões, não pode ser classificada como evento patofisiológico simples, mas sim como perdas estruturais e funcionais que podem comprometer vários sistemas do organismo simultaneamente. O tratamento das queimaduras envolve cuidados locais e sistêmicos de acordo com a profundidade, localização corporal e extensão da lesão. O uso de curativos contendo substâncias cicatrizantes e anti-infecciosas é uma das opções para a terapia local. Avanços no campo da engenharia de tecidos demonstram que a fibrina rica em plaquetas (PRF), foi desenvolvida devido às suas propriedades antecipadas na regeneração dos tecidos e na cicatrização de feridas, podendo ser um grande potencial em feridas complexas como as de queimados. O objetivo do presente estudo será avaliar colágeno em queimaduras induzidas experimentalmente em coelhos tratadas ou não com FRP. Serão utilizados 10 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos, distribuídos em dois grupos: grupo C-controle (G1/n=5), receberão tratamento padrão para queimaduras (5g de creme a base de sulfodiazina de prata a 1), grupo T (G2/n=5), tratados com FRP. Cada coelho terá sua região dorsal tricotomizada e dividida em quatro quadrantes equidistantes. Para indução das lesões, será realizada anestesia local prévia com lidocaína a 0,2 (0,2 ml, via subcutânea/quadrante), e após 2 min serão feitas queimaduras com barra de ferro padronizada (5 cm2), aquecida em banho de água fervente, por um período de 10 seg/quadrante. Após este procedimento, os animais receberão cloridrato de Tramadol (4,0mg/Kg, IM), 2 vezes ao dia durante 3 dias consecutivos, a fim de minimizar o desconforto inicial. Em seguida será colocado um curativo sobre todas as feridas utilizando ryon estéril e curativo adesivo (Band Aid®). A primeira troca será feita com 24 horas e permanecerá por mais três dias. A partir disso, as trocas ocorrerão a cada 3 dias até completarem 30 dias de experimento. As biópsias de pele serão realizadas aos 7,14 21 e 30 dias pós-lesão utilizando punch de 6 mm. A análise estatística será realizada com o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS) a partir do teste de normalidade dos dados e de homogeneidade de variâncias entre grupos. Caso a distribuição dos dados seja normal ou não-normal, os efeitos serão testados por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os testes de Tukey ou de Dunn serão utilizados para a comparação caso sejam indicadas diferenças por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os dados serão demonstrados por média ± desvio-padrão. Diferenças serão consideradas significativas quando P<0,05.

Protocolo: 6292 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2020 - 10/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIZA SONVENSO AMBROSIO
GLEYCIANE PIRES CANELA DA SILVA RAMOS
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
O objetivo desta pesquisa é verificar o efeito da suplementação de quercetina na expressão gênica de Tnf&#945; e Il6 nos testículos de ratos alimentados com dieta hipercalórica. Para tanto, serão utilizados testículos já colhidos e armazenados de um experimento anterior (protocolo CEUA 3567). O experimento já realizado utilizou 42 ratos Wistar em 6 grupos experimentais: CT (ratos alimentados com ração comercial e suplementados com goma de 0 mg/dia de quercetina); Q10 (ratos alimentados com ração comercial e suplementados com goma de 10 mg/dia de quercetina); Q20 (ratos alimentados com ração comercial e suplemntados com goma de 20 mg/dia de quercetina); HC (ratos alimentados com ração hipercalórica e suplementados com goma de 0 mg/dia de quercetina); HCQ10 (ratos alimentados com ração hipercalórica e suplementados com goma de 10 mg/dia de quercetina); e HCQ20 (ratos alimentados com ração hipercalórica e suplemntados com goma de 20 mg/dia de quercetina). Ao final do experimento, os ratos foram anestesiados e mortos por exsanguinação, os testículos colhidos e armazenados em freezer a -80°C serão triturados em homogeneizador de tecidos e submetidos a extração de RNA total de TRIzol® seguida da RT-qPCR para verificar a expressão quantitativa relativa dos genes inflamatórios Tnf&#945; e Il6. Para a escolha do melhor endógeno entre os três testados (Gapdh, Rps18 e Hprt1) como referência da expressão gênica quantitativa será utilizado o programa NormFinder®. Os resultados serão analisados quanto ao pressuposto de normalidade de Shapiro-Wilk, caso passe no teste de normalidade será realizada a ANOVA seguida de Tukey, do contrário, será realizado o teste de Kruskal-Wallis seguido de Dunn (P<0,05).

Protocolo: 6151 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2020 - 8/2021 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): GABRIELA BRAMBILO MENEGASSO VIEIRA
MELINA COTINI ORBOLATO
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS

Resumo:
Resultados promissores na regeneração de lesões de pele, têm sido demonstrados com o uso de produtos de origem natural (orgânicos), como os curativos dérmicos constituídos de polissacarídeos (quitosana complexada com xantana), por promoverem microambiente hidratado e com isolamento térmico, permitindo as trocas gasosas; e fontes ricas em fatores de crescimento como o plasma rico em plaquetas autólogo (PRPa), que apresenta o fator de crescimento transformador beta (TGF-&#946;), endotelial vascular (VEGF) e derivado da plaqueta (PDGF), responsáveis pela estimulação da cascata inflamatória e da cicatrização. O objetivo deste trabalho é avaliar a ação de uma membrana polimérica (quitosana, xantana e &#946;-glicana) e do PRPa na cicatrização in vivo, empregados isoladamente ou associados. Para os testes, coelhos serão submetidos a procedimento cirúrgico para indução da lesão e divididos em grupo controle (GC), grupo membrana (GM), grupo PRPa (GPa) e grupo membrana associada ao PRPa (GMPa), avaliados nos momentos M0, M7, M14, M21 e M28 (28 dias) após o procedimento experimental. O animal será pesado e na avaliação da cicatrização será observado, cor e exsudação da ferida, presença de infecção e inflamação, formação de tecido de granulação, cicatricial e necrótico. Serão realizadas análise morfológica, morfométrica e histológica com quantificação do colágeno reparativo ou de remodelação (tipo I e III), diretamente ligados a matriz extracelular (MEC) e extração e quantificação dos glicosaminoglicanos (GAG). As análises estatísticas dos resultados serão realizadas utilizando o software Statistica 7®, com 5 de significância. Espera-se, ao final deste estudo, que o curativo bioativo à base de quitosana, xantana e &#946;-glicana associado ao PRPa, demonstre características terapêuticas e biológicas relevantes para o tratamento de lesões dermo-epidérmicas, gerando melhor qualidade ao processo cicatricial, com maior liberação de fatores de crescimento, e menor susceptibilidade a infecções; contribuindo assim, para o setor de desenvolvimento de biomateriais e aplicação terapêutica dos mesmos.

Protocolo: 6115 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2020 - 10/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PAMELLA GODINHO GUTIERRES
VALTER DIAS DA SILVA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA

Resumo:
A partir do momento em que o veneno de Lachesis entra na circulação causa várias reações sistêmicas, a ação da ozonioterapia sobre o metabolismo em desequilíbrio pode ser uma alternativa interessante em casos de acidentes ofídicos, principalmente no tratamento dos efeitos sistêmicos do veneno, tornando necessários estudos que comprovem sua eficácia. O objetivo da pesquisa é avaliar o efeito hepático da ozonioterapia em ratos Wistar inoculados com veneno de serpentes do gênero Lachesis spp. por meio das dosagens séricas de aspartato aminotransferase (AST), alanina aminotransferase (ALT) e fosfatase alcalina (FA). Para execução da pesquisa, após aprovação da Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA), serão utilizadas 120 amostras de sangue, material armazenado do projeto cadastrado e aprovado sob o protocolo número 5487, para dosagem das enzimas hepáticas AST, ALT e FA. As dosagens serão realizadas no laboratório de Patologia Clínica do Hospital Veterinário da Unoeste. A comparação dos momentos em cada grupo será feita pelo teste não paramétrico de Friedmann. As variáveis paramétricas serão avaliadas pelo teste ANOVA One-way, com contrastes pelo método de tukey. Será adotado o nível de significância de 5.

Protocolo: 6088 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2020 - 10/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARIANE COUTINHO DOS SANTOS
LARISSA ZANFOLIM MALDONADO
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GABRIELA HARO DE MELO
RAFAEL STUANI FLORIANO

Resumo:
A ozonioterapia é uma técnica que a utiliza gás ozônio como agente terapêutico no tratamento de diversas patologias. É um tratamento de fácil aplicação, eficiente e de baixo custo. Embora os efeitos terapêuticos do ozônio tenham sido pesquisados em vários processos fisiopatológicos. No Brasil, a ozonioterapia é utilizada principalmente em distúrbios que envolvam a circulação sanguínea. O objetivo da pesquisa é analisar o perfil hematológico de ratos Wistar inoculados com veneno de serpentes do gênero Lachesis spp. que foram submetidos a ozonioterapia. Para execução da pesquisa, após aprovação da Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA), serão utilizadas 120 amostras de sangue, material armazenado do projeto cadastrado e aprovado sob o protocolo número 5487, para avaliação dos parâmetros hematológicos, eritrograma e leucograma. As dosagens serão realizadas no laboratório de Patologia Clínica do Hospital Veterinário da Unoeste eseus resultados submetidos a análise estatística.

Protocolo: 6093 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2020 - 5/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MATHEUS BARRETO DOS SANTOS
BRUNA SCALIZA DA FE
LARIANE COUTINHO DOS SANTOS
LARISSA ZANFOLIM MALDONADO
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GABRIELA HARO DE MELO
RAFAEL STUANI FLORIANO

Resumo:
A estratégia de associação de genes com ação biológica conhecida e características de interesse econômico é bastante abordada na produção animal e vários são os genes candidatos. A transcriptase reversa (RT) seguida de quantificação utilizando a técnica da reação em cadeia da polimerase (qPCR) em tempo real ou, é um método in vitro para amplificação enzimática de sequências definidas de DNA complementar obtido a partir do RNA. Esse projeto foi delineado com o objetivo de determinar o efeito da suplementação de borregas terminadas em diferentes planos nutricionais na expressão gênica dos genes endógenos hidroximetilbilanosintase, beta-2-microglobulina e proteína ligadora de TATA box, no amaciamento de carne ovina. Serão utilizadas amostras do músculo Longissimus lumborum de 24 borregas, distribuídas em 3 grupos: G1 (70 a 80 da exigência nutricional),G2 (100 a 110 da exigência) e G3 (confinamento, fornecido 140 da exigência). Será realizada a extração de RNA para a análise da expressão gênica, submetidos ao protocolo de extração do TRIzol®. A concentração do RNA total recuperado e a razão 260/280 serão mensuradas por NanoDrop®. Todas as amostras de RNA total serão tratadas com DNAse antes de serem submetidas ao RT-qPCR, conforme as instruções do protocolo DNAse I. A transcrição reversa será realizada utilizando o protocolo da Superscript® III seguindo protocolo do fabricante. A qPCR será realizada para a análise quantitativa da expressão gênica relativa. Como controle interno das reações de PCR em tempo real serão utilizados 1 gene alvo: Calpaína 2 (CAPN2) e 3 genes endógenos: &#946;-2-microglobulina (B2M), hidroximetilbilianesintase (HMBS) e gene da proteína ligadora de TATA box (TBP). O endógeno de escolha será o mais estável ou a combinação mais estável, verificado pelo programa NormFinder software® com a finalidade de normalizar os resultados obtidos para o gene-alvo. Os "primers" para os genes endógenos e alvos e suas respectivas sondas serão obtidos a partir de ensaios TaqMan®, já padronizados.

Protocolo: 6159 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2020 - 2/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MYLENA MACHADO GUABERTO
ISABELLA GUARTIERI DA SILVA
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
É possível modificar a expressão de genes relacionados com a qualidade da carne, modificando os planos nutricionais dos animais. Apesar do importante papel das calpaínas na maturação, é o efeito inibidor de proteólise da calpastatina, igualmente ativada pelo íon cálcio livre no sarcoplasma, que apresenta maior correlação com a maciez da carne conservada sob refrigeração, atua como inibidor endógeno das calpaínas e, portanto, diminui a taxa e extensão da proteólise no músculo esquelético. Esse projeto foi elaborado com o objetivo de determinar o efeito da suplementação de borregas terminadas em diferentes planos nutricionais na expressão gênica da proteína do gene da calpastatina. Serão utilizadas amostras do músculo Longissimus lumborum de 24 borregas, distribuídas em 3 grupos: G1 (70 a 80 da exigência nutricional), G2 (100 a 110 da exigência) e G3 (confinamento, fornecido 140 da exigência). Será realizada a extração de RNA para a análise da expressão gênica, submetidos ao protocolo de extração do TRIzol®. A concentração do RNA total recuperado e a razão 260/280 serão mensuradas por NanoDrop®. Todas as amostras de RNA total serão tratadas com DNAse antes de serem submetidas ao RT-qPCR, conforme as instruções do protocolo DNAse I. A transcrição reversa será realizada utilizando o protocolo da Superscript® III seguindo protocolo do fabricante. A qPCR será realizada para a análise quantitativa da expressão gênica relativa. Os "primer" para o gene-alvo que é correlacionado com qualidade da carne será: calpastatina (CAST). Como controle interno das reações de PCR em tempo real serão utilizados 3 genes endógenos: &#946;-2-microglobulina (B2M), hidroximetilbilianesintase (HMBS) e gene da proteína ligadora de TATA box (TBP). O endógeno de escolha será o mais estável ou a combinação mais estável, verificado pelo programa NormFinder software® com a finalidade de normalizar os resultados obtidos para o gene-alvo. Os "primers" para os genes endógenos e alvos e suas respectivas sondas serão obtidos a partir de ensaios TaqMan®, já padronizados. Na análise de expressão gênica da caspase-3 entre os diferentes grupos será utilizado o procedimento do PROC GLM do programa SAS (STATISTICAL ANALYSIS SYSTEM, 2011) e as médias dos quadrados mínimos serão comparadas pelo teste Tukey, considerando-se como nível de significância estatística o valor de 5.

Protocolo: 6166 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2020 - 2/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAINA SALLUM BACCO MANSSUR
ISABELLA GUARTIERI DA SILVA
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
Atualmente concentrada em animais para lida no campo e esporte, a equinocultura no Brasil representa um mercado em constante crescimento. Neste patamar, onde os equinos possuem uma ampla diversidade de endoparasitas, diretamente associados a doenças gastrointestinais graves, incluindo a síndrome cólica, a prevenção e controle de parasitas se torna imprescindível por meio de terapias alternativas desvinculadas da alta resistência medicamentosa. Este projeto tem como objetivo avaliar a eficácia do controle homeopático na verminose em equinos, com a análise e observações de exame hematológicos, ovos por grama (OPG) e coprocultura seriados, por um período de três meses. Serão avaliados doze equinos sem determinação de raça, sexo ou idade, provenientes do Hospital Veterinário Universitário da UNOESTE em Presidente Prudente, separados em dois grupos (A e B) randomizados de acordo com a carga parasitária, deixando homogêneos e estudados nas mesmas condições de clima, ambiente e nutrição, sendo que os animais de ambos os grupos receberão ração de forma randomizada, onde para um grupo será fornecido o produto homeopático e para o outro grupo apenas placebo. Os dois grupos serão submetidos a exames propostos de forma seriada a cada 15 dias (M0, M15, M30, M45, M60, M75, M90, M105 e M120) durante quatro meses (120 dias). O estudo se justifica em razão da alta resistência de antiparasitários nos equinos, além de sensibilizar e estimular respostas quanto a funcionalidade e real eficácia da homeopatia na verminose nesta espécie, já que não há estudos hoje, que comprovem sua ação, além de visar a efetiva melhora no bem-estar e desempenho animal, promovendo o controle efetivo das verminoses em equinos.

Protocolo: 6441 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2021 - 1/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELA ARMERON WHITACKER
RENAN NABAS RODRIGUES DE OLIVEIRA
RAISSA CLARA SORIO PINTO
KHELSYN THAYS DO VALE OSHIRO SILVA
GISMELLI CRISTIANE ANGELUCI
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM
RENATA NAVARRO CASSU
ROGERIO GIUFFRIDA
MIRIAN RODRIGUES

Resumo:
Um problema de saúde pública é o constante aumento da resistência antimicrobiana o que leva ao aparecimento de cepas resistentes como o Staphylococcus aureus (bactéria gram-positiva) e cepas de meticilina multirresistentes e resistentes à S. aureus (MRSA), no entanto encontramos Staphylococcus aureus sensível à meticilina (MSSA). O plasma rico em plaquetas (PRP) vem sendo muito utilizado para aplicações clínicas, no entanto, ainda se sabe muito pouco sobre suas atividades antimicrobianas, no entanto, notou-se que suas propriedades antimicrobianas são específicas para estirpes bacterianas e inibem o crescimento de MRSA e MSSA. A defesa antibactericida das plaquetas age como uma primeira linha contra microrganismos invasores, e seu potencial antibacteriano pode ser aumentado por meio da concentração de componentes celulares presentes no PRP. A falta de estudos, a padronização das técnicas, a insuficiente descrição dos procedimentos adotados e a possibilidade de incluir diferentes concentrações de substâncias é que estimulou a realização deste estuso. Por essas razões, a hipótese do trabalho é que o PRP pode possuir propriedades antimicrobianas ao se utilizar como agente bactericida, através do seu uso como tratamento alternativo a infecções complicadas por MSSA e MRSA.

Protocolo: 5970 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 4/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDERSON MAGALHAES
ANA FLAVIA SORIANO PEREIRA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
RODRIGO COSTA DA SILVA

Resumo:
A resistência aos antibióticos tem aumentado constantemente, está se desenvolve rapidamente representando um problema de saúde em todo o mundo, sem advento de novas medicações no mercado estamos vivendo uma era pós-antibiótica onde até infecções simples tendem a se tornar intratáveis e geram altos custos em seu tratamento. O Staphylococcus aureus uma bactéria gram-positiva é uma cepa clinicamente relevante por ser uma causa comum de infecções. O Plasma rico em plaquetas (PRP) se trata de um concentrado de sangue com mais de 30 fatores de crescimento que vem sendo muito utilizado em várias áreas multidisciplinares mostrando resultados promissores especialmente em regeneração tecidual, diversas características do PRP indicam que ele pode ter também propriedades antimicrobianas. A defesa antibactericida das plaquetas tem sido associada a liberação de proteínas microbicidas plaquetárias (PMP), e a várias quimiocinas que compartilham estruturas semelhantes com os peptídeos antimicrobianos (PAM). Nas últimas décadas, vários tipos de preparações de PRP foram desenvolvidos, como os leucócitos desempenham um papel importante na defesa inata do hospedeiro, os efeitos antibacterianos podem aumentar com sua presença em comparação com as frações que contêm plaquetas isoladamente. Será realizado um estudo randomizado in vitro onde testaremos o efeito bactericida do Plasma rico em plaquetas, Plasma rico em plaquetas puro e Leucócitos em MRSA e MSSA através de Perfil antimicrobiano plaquetário in vitro pelo método Kill curve assay (contagem de UFC/mL) observando se a presença de leucócitos apresenta relação com o efeito microbicida dos concentrados plaquetários.

Protocolo: 5969 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 4/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDERSON MAGALHAES
ANA FLAVIA SORIANO PEREIRA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
RODRIGO COSTA DA SILVA

Resumo:
A polispermia durante a fertilização in vitro ainda é uma importante limitação nos avanços da produção in vitro de embriões bovino, resultando em redução do desenvolvimento embrionário, morte embrionária precoce ou aborto espontâneo. Sabe-se que o enrijecimento da zona pelúcida (ZP) após a liberação dos grânulos corticais oocitários é um importante evento de controle da polispermia. Adicionalmente, estudos recentes mostraram que fatores produzidos pelo oviduto atuam em um enrijecimento da ZP pré-fertilização. Um possível fator envolvido nesse evento é a a-L-fucosidase (FUCA), uma glicoproteína que catalisa a hidrólise da L-Fucose, substrato contido na ZP. Portanto, para avaliar a participação da FUCA no enrijecimento da ZP pré-fertilização e controle da polispermia, esse estudo objetiva avaliar o efeito da adição da FUCA durante os processos de produção in vitro de embriões bovino. Oócitos bovinos serão incubados por uma hora com FUCA após a maturação in vitro, e submetidos à fertilização in vitro sob três condições experimentais correlacionadas com aumento da polispermia: procedimento in vitro padrão, oócitos envelhecidos e alta concentração espermática. Para avaliação da ação da FUCA no controle de polispermia, três análises serão realizadas: tempo de digestão da ZP, porcentagem de fertilização monospérmica e expressão gênica em blastocisto. Espera-se que a aproximação dos fatores ovidutais in vivo ao procedimento in vitro seja uma importante estratégia para melhoramento da eficiência e qualidade de embriões produzidos in vitro.

Protocolo: 5966 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 12/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAINA SALLUM BACCO MANSSUR
TALITA RAQUEL CAVICHIOLI SEBASTIAO
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A toxocaríase é uma importante geozoonose, causada pela migração tecidual de larvas de Toxocara canis, e transmitida ao homem principalmente pela ingestão acidental de ovos embrionados presentes em areia. Embora várias medidas profiláticas sejam recomendadas para reduzir a contaminação ambiental por ovos de Toxocara spp., o tratamento de areia por agentes físico-químicos é uma alternativa de controle pouco estudada. O presente estudo tem como objetivo avaliar a eficácia da higienização da areia por tratamento térmico ou pela caleação utilizando amostras de areia contaminadas artificialmente com ovos de Toxocara canis (n = 100). Para a realização do tratamento térmico as amostras serão submetidas a duas temperaturas diferentes (70ºC ou 80ºC). No tratamento pela caleação, serão utilizadas duas concentrações de cal hidratada (30 e 50) em relação à matéria seca da areia. A análise das amostras ocorrerá 24 horas, 30 e 60 dias após o tratamento, quando os ovos serão recuperados do solo através de uma técnica de centrifugo-sedimentação, após filtragem seriada em tamises de diferentes diâmetros (300, 212, 106 e 38 µm). Os ovos serão classificados quanto às suas características morfológicas após o tratamento. A eficiência dos processos de higienização será avaliada levando-se em consideração os ovos recuperados nas amostras tratadas e nas do grupo controle positivo (contaminado com 100 ovos e sem tratamento; n = 2).

Protocolo: 5912 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2020 - 12/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELE SANTOS GARCIA
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
Ancylostoma spp. é um dos geohelmintos mais frequentes no mundo. O solo de locais públicos pode ser contaminado através das fezes de cães e gatos infectados. As larvas de Ancylostoma spp. podem penetrar ativamente pela pele de seres humanos provocando a síndrome de larva migrans cutânea. Essa doença é ocasionada pela migração da larva pela pele resultando na formação de lesão serpiginosa com eritema e prurido intenso. Entre as medidas de redução da contaminação ambiental por Ancylostoma spp. estão a eliminação de fezes de cães e gatos de locais públicos e tratamento anti-helmíntico dos pets. Embora existam medidas profiláticas para a redução da contaminação do solo por Ancylostoma spp., métodos para a higienização direta do solo contaminado são escassos na literatura. O objetivo do presente estudo é avaliar a eficiência do tratamento térmico pelo calor e da caleação sobre a viabilidade de ovos e larvas de Ancylostoma spp. em areia artificialmente contaminada. Amostras de areia (45 g) previamente esterilizadas serão contaminadas com 100 ovos de Ancylostoma spp. obtidos em amostras de fezes de cão/gato. As amostras de solo serão submetidas ao calor (700C e 800C) e pela caleação (30 e 50). Após 24 horas, 30 dias e 60 dias, seis amostras contaminadas, em cada momento, serão analisadas para avaliar a redução de ovos/larvas presentes no solo, e a eficiência da higienização. Os dados serão submetidos ao teste t ou ao teste não paramétrico de Mann-Whitney, e pela Análise de Variância, considerando-se significância a 5.

Protocolo: 5914 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2020 - 12/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELLA BRAGHIN FERREIRA
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
Objetiva-se investigar a eficácia da farmacopuntura e da aquapuntura como métodos adjuvantes de analgesia na ovário-salpingo-histerectomia (OSH) felina. Quarente e cinco gatas, serão sedadas com dexmedetomidina (10 µg/kg), por via intramuscular (IM). A indução anestésica será realizada com propofol, seguindo-se a manutenção com isofluorano/O2. Dez minutos após a indução anestésica, os animais serão distribuídos em três tratamentos: GLID (n=15): administração subcutânea bilateral de lidocaína (1mg/kg) nos pontos de acupuntura estômago 36 (E36) e baço pâncreas 6 (BP6); GSAL (n=15): administração subcutânea bilateral de solução salina nos mesmos pontos de acupuntura; GC (n=15): não será feito nenhum estímulo em pontos de acupuntura. Durante o procedimento cirúrgico serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, temperatura esofágica, oxicapnografia e concentração final expirada de isofluorano. Durante as primeiras 24 horas após a extubação traqueal, o grau de analgesia será mensurado utilizando-se a Escala Analógica Visual Interativa e Dinâmica (IVAS) e a Escala Composta Multidimensional-UNESP-Botucatu (ECM). Nas gatas com ECM > 6, morfina (0,2 mg/kg, IM) será administrada como analgesia de resgate. Os dados serão avaliados com teste qui-quadrado, ANOVA com teste de Tukey e teste de Kruskall-Wallis e Friedman para dados paramétricos e não paramétricos, respectivamente (p < 0,05).

Protocolo: 5930 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 12/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA ZANETTI SEGATTO
CAMILA MENOSSI SUEZA LIMA
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
A terminação de animais jovens (cordeiros) tem sido importante alternativa na ovinocultura e o sistema de terminação no confinamento é uma possibilidade viável, vários ciclos por ano, melhor acompanhamento do manejo, controle sanitário, grande quantidade de cordeiros por ano, em contrapartida, o sistema é oneroso e não traz a exatidão de qualidade no produto final. Uma alternativa para os produtores do oeste paulista, está no uso dos carotenoides. Entre os carotenoides, há a bixina com sua capacidade de retardar processos oxidativos, reduzir o colesterol, atividades decorrentes especialmente de sua capacidade de neutralizar radicais livres, contudo há escassez de estudos que avaliem a atividade da bixina na produção animal com a demanda de mercado. O objetivo deste trabalho será avaliar o perfil metabolico, analisando as proteínas totais, creatinina, albumina, uréia, cálcio, magnésio, fósforo, asparto aminotransferase, gama glutamil transpeptidase, glicose, colesterol e triglicerídeos de cordeiros mestiços Dorper, alimentados com diferentes níveis de bixina em pó, em confinamento. O material a ser colhido, será proveniente de 30 cordeiros machos mestiços Dorper, os quais foram incialmente divididos em dois grupos (n=15), com peso médio inicial de 18kg e idade média de 80 dias, alocados em baias separadas, e distribuídos em blocos casualizados de acordo com o peso. Os tratamentos fornecidos foram: ração comercial, com adição de 0,003 (T1) e 0,006 (T2), g/kg de bixina em pó, com base na matéria seca da dieta. Ao atingirem o peso vivo médio pré estabelecido de 35 kg, foram abatidos em frigorífico comercial e procedeu-se a coleta de sangue dos cordeiros, através da venopunção jugular em tubos de ensaio Vacutainer isentos de anticoagulante (EDTA) para a dosagem do bioquímico. As amostras de soro foram armazenadas para posterior analise e serão quantificadas para: cálcio, fósforo, magnésio, AST, GGT, proteínas totais (proteína+albumina+globulina), lactato e creatinina. Também serão analisados os níveis de uréia e glicose, sendo todas as amostras analisadas no laboratório de Análises Clínicas do Hospital Veterinário da Universidade do Oeste paulista. Os dados serão submetidos à análise de variância, com 5 de significância.

Protocolo: 5948 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 11/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FABIO JUNIOR MORCELI MODOLO
VERIDIANA FERREIRA PAIANO
GABRIELLA CAPITANE SENA
ISABELLA GUARTIERI DA SILVA
Professor(es): MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
Oócitos e embriões são expostos sequencialmente a diferentes meios de cultura em protocolos in vitro padrão. Tipicamente, um meio diferente é usado para cada fase da produção de embriões in vitro (PIV); maturação (MIV), fertilização (FIV) e cultivo in vitro dos zigotos (CIV). Porém o desenvolvimento de um único meio para as diferentes etapas da PIV é um importante passo para a simplificação desta biotécnica. Desta forma, o objetivo deste projeto é avaliar a progressão nuclear e expressão de genes relacionados à maturação em oócitos bovinos maturados em meio SOF o qual, no protocolo padrão, é utilizado na CIV. Para tanto, oócitos obtidos de abatedouro serão selecionados e os de grau I e II serão maturados in vitro utilizando dois meios, meio MIV convencional e SOF convencional. Após 22 a 24 horas os oócitos dos grupos G-SOF (n=140) e G-MIV (n=140), 140 oócitos de cada grupo (perfazendo 7 repetições) serão submetidos a coloração de Hoechst para avaliação por microscopia de epifluorescência da progressão nuclear e o núcleo será classificado em VG, QVG, MI e MII. Os efeitos da utilização do meio SOF sobre a progressão nuclear serão analisados empregando o teste do Qui-quadrado (&#967;2). As diferenças serão consideradas significativas ao nível de 5 de significância (p<0,05).

Protocolo: 5845 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2020 - 11/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAYS DE GASPRI
ANDREA RENESTO COIMBRA JACINTHO
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE

Resumo:
Os animais de estimação, cães ou gatos, estão suprindo as necessidades de companhia das pessoas, alterando desta forma o comportamento dos tutores em relação a exigência e compra de alimentos, o que impulsiona a indústria de rações a buscar ingredientes alternativos para as formulações. Anualmente diversos produtos são lançados no mercado pet, e a avaliação desses alimentos é de extrema importância. Desta forma o O objetivo do presente trabalho será avaliar consumo, pH e densidade urinária e escore fecal em gatos alimentados com alimento úmido grain free utilizando diferentes fontes de proteína (bovina, cordeiro, pato e jacaré). O experimento será realizado no gatil da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) em Presidente PrudenteSP, utilizando 8 gatos (machos e fêmeas) com idade entre 1 e 5 anos, sendo todos de raça não definida. Será utilizado o delineamento em quadrado latino 4 x 4 (4 gatos x 4 períodos), e cada quadrado latino contará com 2 animais, havendo rodízio dos animais em cada período do quadrado latino. O período total do experimento será de 40 dias, sendo 5 dias de adaptação às dietas e 5 dias de período de avaliação (coletas). Assim, serão testados 4 tratamentos, consistindo nas diferentes fontes proteicas em dietas úmidas grain free sendo, controle (proteína bovina) e 3 bases proteicas de cordeiro, pato e jacaré utilizando 4 repetições de 2 gatos cada, totalizando 8 gatos em cada tratamento. Serão avaliados consumo alimentar, escore fecal, pH e densidade urinária. Os dados serão submetidos à Análise de Variância e em caso de diferença significativa, as médias serão comparadas por meio do teste de Tukey utilizando nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 5965 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 12/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCIANA MARTINS QUINTERO
BRENDA PEREIRA QUEIROZ DE ALMEIDA
LUIZ CLAUDIO PEDROSO DE SOUZA
KAUANY MORAES POLIDORIO
ANA JULIA ALVES TAKAKI
LEANDRO SANT ANNA MARTINEZ
PAMELLA GODINHO GUTIERRES
THAYSE RIBEIRO RODRIGUES GOMES
Professor(es): CAMILA ANGELA BERNARDI

Resumo:
Objetiva-se avaliar a sedação de dexmedetomidina em diferentes doses e associada à morfina. Serão avaliados 114 gatos machos, encaminhadas para realização da técnica cirúrgica Orquiectomia. A medicação pré-anestésica empregada será de acordo com os protocolos estudados, juntamente com a administração de Meloxicam (0,1mg/kg) em todos os animais. A indução anestésica será feita com propofol na dose suficiente para intubação endotraqueal. Na sequência iniciará infusão de propofol na dose de 0,3mg/kg/min. Dez minutos antes de iniciar o procedimento cirúrgico, será empregado o bloqueio local no cordão espermático com Lidocaína 2 na dose de 5mg/kg. Os animais serão distribuídos aleatoriamente em três tratamentos diferentes de 38 animais cada, ambos por via intramuscular (IM): Morf (n= 38) administração de morfina (0,3mg/kg); Dex/Morf30 (n= 38) administração de dexmedetomidina (0,03mg/kg) associada à morfina (0,3mg/kg); Dex/Morf40 (n= 38) administração de dexmedetomidina (0,04mg/kg) associada à morfina (0,3mg/kg) na mesma seringa. A monitoração dos parâmetros fisiológicos e a avaliação dos escores de sedação serão feitas antes da cirurgia (basal), e com intervalos de 10 minutos entre as aferições até 5 horas após extubação traqueal. No período tráns-operatório e pós-cirúrgico serão monitorados todos os parâmetros cardiorrespiratórios do animal. O efeito sedativo e o grau de sedação serão avaliados registrando o tempo de decúbito após a administração dos medicamentos estudados e mediante escores respectivamente. Serão registrados também o tempo de recuperação do animal, sendo assim definido como o tempo de ação do fármaco e os possíveis efeitos colaterais. A análise estatística será realizada pelo teste de Análise de Variância associada ao teste de Tukey para verificar a diferença entre as médias em caso de dados paramétricos ou por meio do teste de Kruskal Wallis associado ao teste de Student Newman Keuls em caso de dados não paramétricos.

Protocolo: 5947 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 11/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIZA GUIMARAES PERUCHI
AMANDA CASAROTI RIBELATO
Professor(es): GLAUCIA PRADA KANASHIRO
CAMILA ANGELA BERNARDI

Resumo:
A mensuração da pressão intraocular (PIO) é importante no diagnóstico de oftalmopatias que podem levar à cegueira irreversível, como aquelas que podem levar ao seu aumento como o glaucoma, ou à sua diminuição como as uveítes. O diagnóstico é realizado principalmente com o uso de tonômetros que aferem a PIO, sendo a tonometria de aplanação e rebote a mais utilizada atualmente na Medicina Veterinária representados pelos tonômetros portáteis Tono-Pen Avia Vet (aplanação), Tonovet (rebote) e mais recentemente o Tonovet Plus (rebote), e menos utilizada, mas também bastante precisa a utilização da metodologia de Goldmann com o tonômetro de Perkins (aplanação), com custo menor do que os tonômetros citados anteriormente. Até o presente momento, não há um estudo comparativo entre os tonômetros Tono-Pen, Tonovet, Tonovet Plus e Perkins em equinos. Dessa forma, o objetivo deste projeto será comparar e avaliar a acurácia destes tonômetros com diferentes metodologias de mensuração da PIO em equinos. Para avaliação da acurácia dos tonômetros Tono-Pen Avia Vet, Tonovet, Tonovet Plus e Perkins em equinos serão utilizados 40 cavalos (80 olhos) divididos em 2 grupos: grupo A (20 olhos sadios de 10 equinos hígidos e sedados, sem predileção de sexo ou idade, comparando-se a manometria verso a tonometria com os diferentes tonômetros) e um grupo B (60 olhos sadios de 30 equinos hígidos e não sedados, sem predileção de sexo ou idade, utilizando a tonometria com os diferentes tonômetros). Será calculada média e desvio padrão dos valores de PIO obtidos da manometria ocular e da tonometria com os tonômetros Tonovet, Tonovet Plus, Tono-Pen Avia Vet e Perkins. Linhas de regressão serão construídas para os valores medidos de manometria versus tonometria e será calculado o coeficiente de determinação (r2). Os valores de PIO serão comparados e analisados estatisticamente pela análise de variância (ANOVA). Será adotado o nível de significância de 5 (P&#61500;0,05).

Protocolo: 5895 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 11/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): STEPHANY GAMBA ANDRADE DOS SANTOS
ADRIANA SOUZA DE OLIVEIRA
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
GISMELLI CRISTIANE ANGELUCI
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
CLAUDIA LIZANDRA RICCI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
MIRIAN RODRIGUES

Resumo:
As doenças metabólicas em ovinos são diagnosticadas tardiamente o que afeta prejudicialmente o sistema produtivo com um todo. A análise do perfil metabólico tem portanto se tornado uma ferramenta importante em diversas espécies, porém é escassa esse tipo de análise na ovinocultura. Sendo assim, este trabalho objetiva avaliar o perfil metabólico de ovelhas mestiças Dorper criadas em sistema de pastejo rotacionado, ao longo do periparto e início de lactação, suplementadas com bixina. Trinta ovelhas, sendo 15 suplementadas com bixina e 15 sem receber o antioxidante, serão submetidas a coletas de sangue 15 dias antes do parto, um dia pós parto, e com 30 dias de lactação para avaliação do perfil metabólico e avaliação do escore corporal. Serão coletadas amostras de sangue das ovelhas sempre no período da manhã, através da venopunção jugular em tubos de ensaio Vacutainer, isentos de anticoagulante para a dosagem do bioquímico. As amostras de soro serão quantificadas para, cálcio, fósforo, magnésio, AST, GGT, proteínas totais e frações (albumina+globulina), lactato e creatinina. Também serão analisados os níveis de uréia, colesterol total, triglicerídeos e glicose. Os dados serão comparados entre si pelo teste T, com 5 de significância.

Protocolo: 5953 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2019 - 12/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAINA SALLUM BACCO MANSSUR
VERIDIANA FERREIRA PAIANO
GABRIELLA CAPITANE SENA
ISABELLA GUARTIERI DA SILVA
Professor(es): MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
Dos diversos fatores presentes na criação de poedeiras, a debicagem é um dos que mais interfere no desempenho do lote e no bem-estar animal. Neste contexto, o presente trabalho visa comparar a debicagem com lâmina quente (holandesa) com a debicagem pelo método infravermelho, por meio do desempenho nas fases de recria e produção, comprimento dos bicos, escore das penas, qualidade dos ovos, desenvolvimento dos órgãos do sistema digestório e morfometria intestinal. O experimento será conduzido na granja acampamento, localizada em Regente Feijó - São Paulo, onde serão utilizadas 90 pintainhas comerciais da linhagem Dekalb White. O delineamento experimental será inteiramente casualizado, constituído de 3 tratamentos com 5 repetições, contendo 6 aves cada. A debicagem holandesa será aplicada nas pintainhas com 7 dias a uma distância de 1 mm da narina, a debicagem por infravermelho ocorrerá ainda no incubatório no primeiro dia de vida das aves em duas distâncias da narina, uma mais severa e uma menos severa. O desempenho será avaliado semanalmente por meio do consumo de ração, peso corporal, uniformidade e viabilidade criatória, já o comprimento dos bicos a cada duas semanas será medido com paquímetro digital, o escore de penas será avaliado na 20º, 25º e 30º semana. O desempenho produtivo das aves será avaliado diariamente, sendo identificados, pesados e separados se apresentarem defeitos e ao final de cada semana será calculada a massa de ovo. O desenvolvimento dos órgãos será avaliado na 18º semana juntamente com a microscopia de luz intestinal, onde cada órgão será separado e analisados individualmente dentro de cada analise. As análises estatísticas por meio de Análise de Variância (ANOVA), se observado diferença nos tratamentos será aplicado o teste de Tukey a 5 de probabilidade.

Protocolo: 5807 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2019 - 9/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MYLENE SOUZA SALES SILVA
THIAGO DAVI ARJONA SILVESTRE
NAYANE CARMEN RODRIGUES SCINSKAS
BIANCA CRISTINA GOMES
WILLIAM LIMA DOS SANTOS
ADRIELE SANTOS SOUZA
GIOVANNA CUSSATI
MARTA CRISTINA DA SILVA
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA
LEONARDO HENRIQUE ZANETTI

Resumo:
O programa de luz intermitente é uma excelente opção para reduzir custos de energia e melhorar a produção de ovos de poedeiras. Diante disso, o objetivo desse trabalho será avaliar o desempenho e a qualidade dos ovos de galinhas caipiras criadas em programa de luz contínua e intermitente. O experimento será realizado no Aviário Experimental da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), com a utilização de 30 galinhas poedeiras Rhode Island Red de 41 semanas de idade divididas em dois tratamentos (luz contínua e intermitente) de 15 aves cada no período de 105 dias. As aves serão criadas em sistema semi-intensivo, com fornecimento de 110g/ave/dia de ração e água ad libitum. No programa de luz contínuo as aves receberão luz artificial das 18h00 ás 23h00 e 12 horas de iluminação natural, totalizando 17 horas de luz. No programa de luz intermitente, o fornecimento de iluminação artificial acontecerá das 18h00 ás 23h00, onde a lâmpada permanecerá ligada por 15 minutos e desligada por 45, totalizando 5 ciclos. Nesse tratamento, as aves terão acesso a 12 horas de luz natural e 1h15 minutos de luz artificial, totalizando 13 horas e 15 minutos de iluminação. Os ovos produzidos serão coletados uma vez ao dia e a produção será expressa em porcentagem. Os ovos, gemas e cascas serão pesados, identificados e transformados em porcentagem no valor do ovo. Serão ainda calculadas a massa de ovos, conversão alimentar e a gravidade específica através da metodologia da flutuação salina. Os dados paramétricos serão comparados por meio do teste de t de Student e os não paramétricos por meio do teste de Mann-Whitney. As análises estatísticas serão realizadas no programa BioEstat 5.0 utilizando nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 5762 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2019 - 9/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DOMINGOS ENRIQUE MELO PIVA
LEONARDO FELIPE DA SILVA TEIXEIRA
WILLIAM LIMA DOS SANTOS
MARIA PAULA SANTANA DA SILVA
GIOVANNA CUSSATI
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA
LEONARDO HENRIQUE ZANETTI

Resumo:
Envenenamentos por Lachesis são caracterizados por manifestações clínicas como mionecrose local e sistêmica, insuficiência renal, hemorragia, coagulopatia e hipotensão. O tratamento do envenenamento laquético está condicionado à soroterapia e existem poucos registros acerca do uso de outras estratégias terapêuticas. Estudo recentes revelaram que n-acetilcisteína (NAC) pode ser empregada como um potencial agente coadjuvante à soroterapia em envenenamentos por viperídeos (Bothrops e Crotalus). No presente projeto, visamos avaliar a eficiência do uso de NAC, associada ou não ao soro anti-Bothrops/Lachesis, na redução dos efeitos sistêmicos induzidos pelo envenenamento experimental por Lachesis m. muta (Surucucu Sul-Americana) em ratos. Os animais serão divididos em seis grupos experimentais: (1) controle, (2) veneno, (3) NAC, (4) veneno + NAC, (5) veneno + antiveneno e (6) veneno + NAC + antiveneno [vias de administração: veneno 1,5 mg/kg (intramuscular), NAC 150 mg/kg e antiveneno razão 1:1,5 (v/w) (intraperitoneal)]. Os animais serão clinicamente monitorados (temperatura retal, ambulação por teste open field e formação de edema) nos tempos T0, T30, T60, T90 e T120, e em seguida eutanasiados para colheita de amostras de sangue destinadas às avaliações hematológicas (hemograma e tempo de coagulação) e bioquímicas (CK, CK-MB, creatinina ALT), incluindo a colheita de amostras de tecido muscular esquelético e cardíaco, renal e hepático para análise histopatológica. Os resultados deste estudo contribuirão para o entendimento da ação terapêutica de compostos antioxidantes sobre os efeitos induzidos pelo envenenamento laquético.

Protocolo: 5808 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2020 - 1/2021 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA CASAROTI RIBELATO
CARINA VIVIAN PIRES
MARIA CLARA ZERBINATTI
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
RAFAEL STUANI FLORIANO

Resumo:
A obesidade afeta grande parte dos animais de estimação e passou a ser um problema metabólico que está associado a várias doenças nos animais. O objetivo desse trabalho será avaliar a taxa de obesidade em cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade do Oeste Paulista, bem como compreender a relação com o manejo alimentar oferecido aos animais, além de orientar os tutores sobre a importância do controle da obesidade em seus animais. O trabalho será realizado no Hospital Veterinário da UNOESTE no período de outubro a novembro de 2019 e fevereiro a junho de 2020. Todos os animais atendidos serão avaliados em relação ao escore corporal para determinar a taxa de obesidade. Será aplicado um questionário aos tutores buscando os fatores associados e a forma de alimentação dos animais e será distribuído um folheto explicativo sobre a obesidade para os tutores. Os dados serão submetidos ao teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05) para verificar a associação entre fatores predisponentes e manejo alimentar.

Protocolo: 5789 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2019 - 8/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LORENNA TOLEDO ORLANDELLI
AMANDA NOGUEIRA
LIVIA MARIA DE OLIVEIRA JOSINO
MONISE SANTANA HORTA
MURILO MAGRO FERREIRA
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA
LUÍS FELIPE DA COSTA ZULIM

Resumo:
As glândulas de meibômio são um tipo holócrino modificado das glândulas sebáceas no interior das pálpebras superior e inferior que contribuem substancialmente para a integridade e a saúde da superfície ocular produzindo uma secreção oleosa importante para estabilizar o filme lacrimal pré corneano (FLPC) e evitar a sua evaporação. Disfunções nas glândulas de meibômio podem levar a um aumento na taxa de evaporação e osmolaridade lacrimal e a diminuição da densidade das células caliciformes conjuntivais, resultando em anormalidades da superfície ocular. As células caliciformes da conjuntiva são células especializadas intercaladas no epitélio conjuntival responsáveis pela sintetização e secreção de mucinas na superfície ocular, cujas principais funções são estabilizar o filme lacrimal, fornecer lubrificação e proteger contra invasão microbiana e dessecação do epitélio subjacente. Não há na literatura estudos ultraestruturais para avaliação e caracterização das glândulas meibomianas, das células caliciformes e do epitélio da conjuntiva palpebral normais de gatos, e até o momento, pesquisas similares não foram conduzidas nesta espécie. Estes estudos são necessários e irão melhorar a compreensão da fisiopatologia de doenças da superfície ocular nesta espécie, tais como ulcerações corneanas, sequestro corneano, olho seco, entre outras. Este estudo tem como objetivo descrever a morfologia da conjuntiva palpebral, incluindo o epitélio, as glândulas de meibômio e as células caliciformes da conjuntiva palpebral de 5 gatos saudáveis sem alterações oculares. Serão estudados cinco animais (dez olhos), machos e fêmeas, de diferentes idades e raças, sem alterações oculares provenientes do ambulatório e internação da Clínica Médica de Pequenos Animais (CMPA) do Hospital Veterinário (HV) da universidade que forem encaminhados para eutanásia por causas não infecciosas. Antes do procedimento, será realizada avaliação oftálmica e realizados os testes oftálmicos básicos e de triagem (Teste Lacrimal de Schirmer, Teste de Fluoresceína, Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal, Teste de Lissamina Verde, tonometria de rebote e biomicroscopia com lâmpada de fenda), afim de descartar doenças oculares e lacrimais. Imediatamente após a eutanásia serão coletadas amostras das conjuntivas palpebrais superior e inferior e da conjuntiva palpebral das regiões de fórnice palpebral. Metade das amostras será processada para microscopia eletrônica de varredura (MEV) e de transmissão (MET), e as outras amostras serão processadas para estudo histopatológico, coradas com PAS e Alcian blue, pH 2,5 e analisadas por microscopia ótica.

Protocolo: 5725 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 10/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DEBORA DA SILVA ALVES
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
CLAUDIA LIZANDRA RICCI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS) é uma é uma doença inflamatória crônica preferencialmente imunomediada, que acomete as glândulas lacrimais e a superfície ocular, que provoca a diminuição da porção aquosa da lágrima (quantitativa) e/ou excessiva evaporação do filme lacrimal, pela deficiência da porção lacrimal lipídica (qualitativa). O objetivo desse projeto é comparar a eficácia do uso do plasma rico em plaqueta (PRP) homólogo, com o tratamento convencional tópico com lágrima artificial e de imunossupressor (tacrolimus 0,03) em cães acometidos por CCS. Serão avaliados e acompanhados 30 cães, durante seis meses, sem predileção racial, etária ou sexual, atendidos pelo setor de oftalmologia do HV da UNOESTE portadores da CCS. Os animais serão divididos aleatoriamente em dois grupos (n=15): grupo T receberá tratamento com colírio tacrolimus 0,03, 1 gota em ambos os olhos, 2x/dia; o grupo PRP receberá tratamento com aplicação injetável de plasma rico em plaqueta (PRP) homólogo na conjuntiva inferior e superior e na glândula da terceira pálpebra em ambos os olhos, 1 vez a cada 30 dias. Os animais serão avaliados mensalmente através do Teste Lacrimal de Schirmer (TLS), Teste de Fluoresceína (TF), Teste de Lissamina Verde (TLV), Teste de Osmolaridade Lacrimal (TOL), Teste de Meniscometria de Tira (TMT), Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL), citologia aspirativa da glândula da terceira pálpebra (início, meio e final do tratamento), e biopsia da conjuntiva palpebral (início e final do tratamento). Serão considerados animais positivos para CCS quando o resultado do TLS for &#8804; 15 mm/min ou o TRFL for &#8804; 20 segundos, somado à presença de sinais oculares compatíveis com a CCS (pigmentação, neovascularização e úlcera de córnea, secreção ocular, conjuntivite e blefarite). Os dados obtidos serão comparados e analisados estatisticamente pelo teste T de Student. Será adotado o nível de significância de 5.

Protocolo: 5726 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 12/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA DA SILVA PANDO
DANIEL ESPINHOSA VIEIRA
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
CLAUDIA LIZANDRA RICCI
ISABELA VASCONCELOS DONADAO
ALINE FERREIRA REPIK
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Toxoplasma gondii (T. gondii) é um protozoário parasita intracelular obrigatório, de ampla distribuição e impacto para a saúde animal e humana. Possui um ciclo heteroxeno, incluindo os gatos primoinfectados como hospedeiros definitivos, e todos os demais mamíferos, incluindo gatos não primoinfectados, como hospedeiros intermediários. Assim, cães e gatos apresentam grande importância por se comportarem também como importantes sentinelas para a infecção nos seres humanos. Devido a escassez de estudos focados na prevalência do parasita na região de Presidente Prudente, SP, e cães e gatos apresentarem importantes papeis na epidemiologia da infecção, o presente estudo tem o objetivo determinar a prevalência de anticorpos para T. gondii em cães e gatos domésticos atendidos no Hospital Veterinário Universitário, da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), e sua associação com os fatores de risco pesquisados. O cálculo amostral foi determinado com base na média aritmética do total de cães e gatos atendido na instituição nos anos de 2017 e 2018, resultando em 144 amostras de cães e 108 de gatos. Os animais serão pesquisados para anticorpos IgG específicos para T. gondii pelo método de aglutinação direta modificada (MAT) utilizando-se antígeno inativado pela formalina (HS). Em adição, questionário epidemiológico referente aos fatores de risco relacionados a toxoplasmose para os animais será aplicado aos tutores dos animais. Os resultados sorológicos serão analisados em modelo estatístico univariado e multivariado pela associação com as respostas obtidas nos questionários epidemiológicos.

Protocolo: 5641 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 7/2020 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): VITORIA APARECIDA DA SILVA
Professor(es): RODRIGO COSTA DA SILVA

Resumo:
Os acidentes por serpentes peçonhentas são de grande ocorrência no Brasil e dentre estes, o acidente laquético causado pelo gênero popularmente conhecido por surucucu são de ocorrência principalmente nas regiões de floresta da Amazônia e Mata Atlântica. Encontramos na literatura relatos de acidentes e sinais clínicos relevantes no local da picada, no entanto, poucos estudos relatam sobre os efeitos de seu veneno e suas complicações, desta forma, este estudo tem como objetivo avaliar o efeito cicatricial da ozonioterapia em lesão dérmica causada por veneno de serpente do gênero Lachesis muta. Serão utilizados 40 ratos Wistar, inoculados com 1,0mg/Kg de veneno da serpente Lachesis muta, por via intramuscular no membro posterior e após 6 horas será tratado com antiveneno na dose preconizada pelo fabricante para neutralizar a quantidade de veneno inoculado. Os animais serão distribuídos em grupo controle (GC n=20): tratamento tópico com solução fisiológica; grupo óleo ozonizado (GO n=20): tratamento tópico com óleo de girassol ozonizado. Será realizada avaliação morfológica, morfométrica, termográfica e histológica do local de inoculação do veneno. Os resultados serão submetidos a análise estatística.

Protocolo: 5612 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 8/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRENDA STELYS DE OLIVEIRA
AMANDA MOREIRA DE SOUZA
JESSICA NARUMI WADA YADA
GIORGIA CADDEO
LILIANE GIROTTO PEREIRA
GABRIELA HARO DE MELO
LUARA EVANGELISTA SILVA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
RAFAEL STUANI FLORIANO

Resumo:
O mercado de carne de aves nacional e internacionalmente possui destaque entre as carnes de animais domésticos consumidas no mundo. Com isso, a importância do bem-estar animal e abate humanitário se faz presente em todas as etapas de abate, desde o transporte, a chegada no frigorífico, o tempo de espera, a temperatura nas caixas no caminhão, a manipulação das aves, a insensibilização e sangria realizados corretamente. Este trabalho tem o objetivo de avaliar o abate bem-estar animal e o abate humanitário de aves em um frigorífico na cidade de Rancharia, Oeste do Estado de São Paulo e atuar nas principais falhas encontradas, treinando e incentivando os funcionários e realizando nova avaliação para verificação da melhoria do processo. Para a pesquisa, primeiramente, serão fotografadas as etapas do abate das aves, desde a recepção até a sangria. Em seguida, será realizado uma verificação por meio de Check List sobre bem-estar animal e abate humanitário. De acordo com as não conformidades encontradas, será realizado um treinamento para instrução e orientação dos funcionários onde houver não conformidades, com o objetivo de estas diminuírem ou cessarem. Após uma semana da verificação pelo Check List, será realizada nova verificação. O mesmo processo será repetido aos 20 dias após a primeira verificação. Após a última verificação pelo Check List, caso seja necessário, ou seja, se apresentarem, pelo menos, 3 não conformidades repetidas, será realizado novo treinamento. Cartazes com frases motivacionais para incentivar todos os envolvidos serão colocados nas áreas de recepção até a área de sangria.

Protocolo: 5678 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 2/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): IZABELA CRISTINA DE LIMA SILVA
CHRISTIELLEN MORAIS FERREIRA DA SILVA
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA
LEONARDO HENRIQUE ZANETTI

Resumo:
Desde os primórdios o cão tem sido utilizado para as atividades do campo, e ao longo do tempo, como uma opção para animal de companhia, o que deu início a processos de cruzamentos e seleção artificial que originou uma grande variedade de raças e conseqüentemente, o surgimento de problemas resultantes desses cruzamentos conduzidos de maneira inadequada. O objetivo deste trabalho consiste em delinear o perfil socioeconômico através dos dados do questionário, relacionando com as características que levaram em consideração para aquisição do cão, comparar com os dados coletados dos prontuários de algumas clínicas do Oeste Paulista e utilizar a literatura para discutir sobre os problemas associados a essas raças correlacionando com os problemas mencionados através do questionário. A pesquisa será realizada através do questionário elaborado com questões associadas ao perfil do proprietário, identificação da raça dos animais que o proprietário possui, identificar quais são os critérios que as pessoas utilizaram para escolha do cão e as condições que o animal tem em sua criação. O questionário será aplicado por meio da internet, através da plataforma Survio e atingir a amostragem de 500 pessoas do estado de São Paulo. As informações serão submetidas à análise estatística descritiva. As associações entre variáveis serão realizadas por meio dos testes G, qui-quadrado e exato de Fisher utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As análises serão realizadas no programa Bioestat 5.3.

Protocolo: 5621 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 6/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HELOISA ALVES PIRES PEREIRA
WELLINGTON RIBEIRO MARTINS
ANDRESA APARECIDA DE OLIVEIRA CARDOSO
Professor(es): ADRIANA FALCO DE BRITO
LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA

Resumo:
O fator de crescimento semelhante à insulina (do inglês insulin-like growth factor, IGF), juntamente com sua proteína ligadora (IGFBP) participam do metabolismo lipídico e da regulação da adiposidade. Um bom regulador para este conjunto é a proteína sérica A associada à prenhez (do inglês Pregnancy-Associated Plasma Protein - A, PAPP-A) capaz de romper as ligações entre IGF e suas proteínas ligadoras, aumentando a biodisponibilidade de IGF livre, o que leva a redução da quantidade de lipídeos devido à elevação da taxa de &#946;-oxidação. Muitos estudos já investigaram a ação de IGF-I exógeno na maturação in vitro (MIV), porém pouco se sabia sobre os efeitos da adição de PAPP-A durante esta etapa. Dados recentes, obtidos pelo nosso grupo, relatam que a adição de 100 ng/mL de PAPP-A durante a MIV apresentam efeitos positivos para a qualidade embrionária. Assim, avaliar a adição ou modulação da composição do IGF e sua disponibilidade são pesquisas de suma importância. Neste contexto, o objetivo deste projeto de pesquisa é investigar os efeitos da adição de 100 ng/mL de PAPP-A durante a MIV de complexos cumulus-oócito (COCs) provenientes de folículos antrais de ovários obtidos em abatedouro, em relação à: 1) o conteúdo lipídico dos oócitos, por meio da coloração Sudan-Black B; 2) o perfil de fosfolipídios de membrana dos COCs, por meio da análise de espectrometria de massas (MALDI-MS); 3) o padrão de expressão de genes relacionados ao perfil lipídico.

Protocolo: 5548 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 6/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAINA SALLUM BACCO MANSSUR
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
O fator de crescimento semelhante à insulina (do inglês insulin-like growth factor, IGF), juntamente com sua proteína ligadora (IGFBP) participa do metabolismo lipídico e da regulação da adiposidade. Um bom regulador para este conjunto é a proteína sérica A associada à prenhez (do inglês Pregnancy-Associated Plasma Protein- A, PAPP-A) capaz de romper as ligações entre IGF e suas proteínas ligadoras, aumentado a biodisponibilidade de IGF livre, o que leva a redução da quantidade de lipídeos devido à elevação da taxa de &#946;-oxidação. Muitos estudos já investigaram a ação de IGF-I exógeno na maturação in vitro (MIV), porém pouco se sabia sobre os efeitos da adição de PAPP-A durante esta etapa; e seu impacto na qualidade e metabolismo embrionário futuro. Dados recentes, obtidos pelo nosso grupo, relatam que a adição de 100 ng/mL de PAPP-A durante a MIV apresentam efeitos positivos para a qualidade embrionária. Assim, avaliar a adição ou modulação da composição do IGF e sua disponibilidade são pesquisas de suma importância. Neste contexto, o objetivo deste projeto de pesquisa é investigar os efeitos da adição de 100 ng/mL de PAPP-A durante a MIV de complexos cumulus-oócitos (COCs) provenientes de ovários de abatedouro sobre: 1) o conteúdo lipídico de blastocistos, por meio da coloração Sudan-Black B; 2) o perfil de fosfolipídios de blastocistos, através da análise de espectrometria de massas (MALDI-MS); e 3) o padrão de expressão de genes relacionados ao perfil lipídico em embriões.

Protocolo: 5549 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 6/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VICTOR AUGUSTO VIEIRA DE LIMA
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
No Brasil, a diversidade de mamíferos apresenta um número expressivo, portanto, algumas espécies estão oficialmente ameaçadas no país. Considerando a intima relação dos mamíferos com o ecossistema, este número certamente está relacionado às reduzidas áreas com mata nativa, tendo como consequência ocupação humana e fragmentação de habitat, bem como fatores climáticos que interferem sobre o comportamento dos espécimes. O objetivo do estudo será o levantamento de mamíferos de médio e grande porte no fragmento florestal maximizando esforços amostrais através da busca ativa direta, parcelas de areia e captura de imagens por armadilhas fotográficas para mostrar a importância ecológica de conservação, potencial de estudo e pesquisa local. O estudo será realizado em um fragmento florestal distinto do estudo anterior, no "Santuário Morada de Deus", pertencente ao município de Alvares Machado/SP, acompanhando a estação seca e chuvosa. O levantamento de mamíferos será realizado em um período de 05 meses entre Agosto/2019 a Dezembro/2019 com uma visita técnica por mês para manutenção dos equipamentos, totalizando 05 visitas técnicas com duração de 02 dias cada e realização de busca ativa, totalizando 10 dias. As amostragens por meio da busca ativa serão realizadas através da observação visual, delimitação de duas transecções lineares no fragmento posicionados entre si como trilha A com 600 m e a trilha B com 700 m e ambas a jusante do córrego S/denominação. A busca ativa indireta será realizada no período matutino, vespertino e crepuscular. Serão instaladas 03 parcelas de areia paralelas à trilha A e trilha B, totalizando 06 parcelas (0,50 x 0,50m preenchidas com areia média e fina com 03 cm de altura), que serão limpas e molhadas no primeiro dia em cada visita e serão inseridas iscadas de banana com bacon. Cada parcela de areia será analisada quanto à presença de pegadas, utilizando do auxílio de um paquímetro ou fita métrica graduada e máquina fotográfica para registro das imagens, tendo em vista a possibilidade, será realizada a confecção de moldes de pegadas utilizando gesso para a identificação em laboratório através do guia de identificação dos rastros e pegadas. As câmeras trap, modelo HC200 (n=04) serão fixadas em troncos de árvores e atrativos de cheiro, isca de banana e sardinha, serão utilizados para aumentar o número de registros de diferentes indivíduos e maximizar o tempo em que os animais ficarão parados em frente ao dispositivo. Todas as câmeras instaladas funcionarão ininterruptamente por 3600 h/campanha e as analises serão descritivas. O levantamento de médios e grandes mamíferos será baseado em estimativas de abundância calculadas para cada espécie após os 05 meses de estudo, separadamente para cada técnica quantitativa (busca ativa, parcelas de areia e armadilhas fotográficas) e, a riqueza de espécies de mamíferos estimados na área de estudo através do estimador Jackknife de primeira ordem e ao final do estudo de levantamento, oriundas da soma das diferentes técnicas de amostragem serão feitas classificações de cada espécie considerando diferentes parâmetros ecológicos. Após os 05 meses, supracitados, de levantamento de dados a campo, os resultados obtidos serão interpretados, descritos e apresentados no período de Janeiro/2020 a Junho/2020, bem como apresentação de palestra para mostrar a importância ecológica de conservação, potencial de estudo e pesquisa na localidade.

Protocolo: 5532 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 5/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA TEIXEIRA DA SILVA
MARCOS DE JESUS PINHEIRO JUNIOR
Professor(es): ELLYN AMANDA FONSECA MARTINS

Resumo:
Malassezia pachydermatis é uma levedura lipofílica comensal da pele de cães e de outras espécies de mamíferos. Algumas condições fisiológicas associadas a mudanças nos mecanismos homeostáticos da pele podem propiciar a proliferação da levedura que, mediante a produção de fosfolipases, desencadeia a geração de metabólitos com ação pró-inflamatória. O presente trabalho tem como objetivo, estudar a produção de fosfolipases em linhagens de M. pachydermatis isoladas da pele de cães com diferentes percentuais de umidade e oleosidade estimados por bioimpedância. As cepas utilizadas, bem como os dados acerca de percentuais de oleosidade e umidade da pele dos cães, serão originários do projeto, já finalizado, intitulado "Influência da oleosidade, umidade e temperatura da pele de cães sobre a densidade populacional de Malassezia pachydermatis", cadastrado no sistema gestor de Pesquisa Institucional e Comitê de ética no Uso de Animais sob o protocolo n. 3716. Para estudar a produção de fosfolipases, 10 &#956;L de suspensão das cepas estocadas de M. pachydermatis, previamente cultivadas em caldo YEPD (Peptona, estrato de levedura e dextrose), e ajustadas para escala 0,5 de McFarland, serão depositados em discos de papel filtro estéreis que serão transferidos para placas contendo meio com gema de ovo. Após incubação a 35 °C por 15 dias, a atividade de fosfolipase será determinada calculando-se o índice entre o diâmetro da colônia e o diâmetro do halo de proteólise em torno da colônia (Pz). Os índices Pz e os percentuais de umidade e oleosidade estimados por bioimpedância obtidos do projeto anterior, serão submetidos a análise de correlação não paramétrica de Spearman. De posse dos resultados, serão discutidos aspectos relativos à fisiopatologia das malassezioses cutâneas em cães.

Protocolo: 5652 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA MACEDO MULLER
TANIA MARA MARIANO PEREIRA
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
Com o mercado produtivo de carnes cada vez mais exigente, a ovinocultura se torna uma excelente opção de proteína animal na mesa dos consumidores atuais, preocupados com a qualidade e o valor nutricional dos alimentos consumidos. A busca pela melhoria da qualidade dos produtos oferecidos se norteia através da nutrição fornecida aos animais, a qual é capaz de mudar as características finais da carne. A bixina adicionada a ração dos animais proporciona ação antioxidante favorecendo as caracteristicas qualitativas da carne.Sendo assim, este projeto objetiva avaliar as características qualitativas e centesimais da carne de cordeiros, alimentados com diferentes porcentagens de bixina (Bixa orellana L.). Serão utlizados 16 cordeiros mestiços Dorper, divididos em blocos casualizados em dois grupos experimentais (n=8), denominados T1 e T2 alimentados com ração comercial (Fort Sal Ovinos ®) acrescidos respectivamente com 0,003 e 0,006 g/kg de bixina em pó. Ao atingirem o peso pré estabelecido de 32-35 kg, serão abatidos e o músculo Longissimus lumborum será congelado para posterior analise das características qualitativas, centesimais e o grau de oxidação lipídica. Os dados serão submetidos à análise de variância e teste de Tukey com 5 de significância

Protocolo: 5511 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 5/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA BERTHLING XAVIER
JANE APARECIDA DA SILVA AGUIAR
Professor(es): MARILICE ZUNDT ASTOLPHI
SABRINA ALVES LENQUISTE

Resumo:
A sífilis é uma doença sexualmente transmissível. A Sífilis Gestacional (SG) e a Sífilis Congênita (SC) estão relacionadas com tratamento inadequado, idade gestacional, fase da doença, resposta imunológica do feto, condições socioeconômicas e culturais, sendo sua prevalência crescente, apontada pelo Ministério da Saúde em seu último boletim Epidemiológico da Sífilis em 2018, na região Sul do Brasil. O objetivo deste projeto é avaliar se existe um padrão na distribuição espaço-temporal da SG e SC, sob os aspectos epidemiológicos, em diferentes Redes Regionais de Atenção à Saúde (RRAS) na rergião limítrofe dos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, no período de 2008 a 2018. Estas regionais que compõem a delimitação amostral deste projeto possui um total de 139 municípios, em torno da região do Pontal do Paranapanema. Para a análise dos dados a fonte será o Sistema de Informações de Agravos de Notificação (SINAN), separados por municípios de residência, que são disponibilizados pelo Ministério da Saúde, e outras fontes, tal como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os objetivos específicos são: caracterizar o padrão multitemporal e espacial; identificar a vulnerabilidade quanto a prevalência da SG e SC com relação aos fatores ambientais e socioeconômicos e, se há vulnerabilidade quanto a SC e SG de maneira similar nas diferentes RRAS; verificar aonde há maior incidência de SC e SG em relação às diferentes RRAS; analisar a associação de notificação dos casos de SG em relação ao número de casos de notificação de SC e as tendências e a sazonalidade da SC e SG. Para a análise dos dados serão utilizadas ferramentas estatísticas descritivas e inferenciais, com estudos de séries temporais e cartográficas por meio do mapa Coroplético e do mapa de Kernel.

Protocolo: 5471 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2019 - 6/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): SUZANA COLADELLO TROMBETTA NEVES
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
ROGERIO GIUFFRIDA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANILLO ROBERTO PEREIRA
ANA PAULA MARQUES RAMOS

Resumo:
Acidentes ofídicos são de grande ocorrência no Brasil com relato de ocorrência em 2015, 2016 e 2017 de 826, 812, 797 casos na região Sudeste e 3.476, 3.340 e 1.581 casos no Brasil respectivamente. O acidente laquético causado pelo gênero popularmente conhecido por surucucu são de ocorrência principalmente nas regiões de floresta da Amazônia e Mata Atlântica. Relatos de acidentes e sinais clínicos são encontrados de casos atendidos em hospitais ou levantamentos retrospectivos, no entanto estudos experimentais mostrando os efeitos do veneno a nível local, sistêmico e suas complicações são poucos. Este estudo tem como objetivo avaliar o efeito da ozonioterapia em lesão dérmica causada por veneno de serpente do gênero Lachesis muta. Serão utilizados 140 ratos Wistar, inoculados com 1,0mg/Kg de veneno da serpente Lachesis muta, por via intramuscular no membro posterior e após 6 horas tratado com antiveneno na dose preconizada pelo fabricante para neutralizar a quantidade de veneno inoculado. Os animais serão distribuídos em grupo controle (GC n=20): tratamento tópico com solução fisiológica; grupo óleo ozonizado (GO n=20): tratamento tópico com óleo de girassol ozonizado; grupo insuflação subcutânea de ozônio (GSCO3 n=20): insuflação de ozônio por via subcutânea (SC) no entorno da lesão; grupo retal (GRO3 n=20): administração de ozônio por via retal; grupo óleo ozonizado + insuflação subcutânea (GOI-O3 n=20): aplicação tópica de óleo ozonizado e insuflação de ozônio por via subcutânea; grupo óleo ozonizado + administração retal (GOR-O3 n=20): aplicação tópica de óleo ozonizado e administração retal de ozônio; grupo óleo ozonizado + insuflação subcutânea + administração retal (GOIR-O3 n=20): aplicação tópica de óleo ozonizado, insuflação de ozônio por via subcutânea e administração retal de ozônio. Será realizada avaliação morfológica, morfométrica, termográfica e histológica do local de inoculação do veneno. Os resultados serão submetidos a análise estatística.

Protocolo: 5487 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2019 - 6/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS MAYUMI OSHIRO
CARINA VIVIAN PIRES
GABRIELA HARO DE MELO
LUARA EVANGELISTA SILVA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
RAFAEL STUANI FLORIANO

Resumo:
O processo cicatricial compreende uma sequência de eventos moleculares e celulares que interagem para restaurar o tecido lesado. A análise da arquitetura do colágeno é fundamental quando se trata de cicatrização. Avanços científicos significativos nos estudos do Plasma rico em plaquetas (PRP) e da Fibrina rica em plaquetas (FRP) não só para o processo hemostático, mas também para cicatrização de feridas por meio de liberação de fatores de crescimento. Cortes histológicos de morfometria computacional representam uma ferramenta importante na biomedicina, integrando a objetividade das medidas, com alto nível de reprodutibilidade, baixo custo, independência da subjetividade e parcialidade humana, além da possibilidade de análise quantitativa das variáveis como alterações do colágeno. Sendo assim, o trabalho tem como objetivo avaliar a presença de colágeno em feridas cirúrgicas de coelhos, tratadas com biomateriais e rosuvastatina utilizando analisadores de imagens e comparando-os com resultados obtidos pelo patologista após a realização de ferida dérmica em coelhos tratados com FRP autólogo comparando as análises histológicas padrão com a dimensão fractal. Serão avaliadas biópsias de pele de 08 coelhos clinicamente saudáveis, da raça Nova Zelândia (n= 4 machos, n= 4 fêmeas), tratados e não tratados com FRP e PRP autólogos e associações com rosuvastatina. Após o 170 dia da realização da ferida, foi realizada biópsia para avaliação do colágeno. Todas as amostras de pele serão analisadas por um patologista e comparadas com analisador de imagens IMAGE J. A análise estatística seguirá o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS), sendo consideradas diferenças significativas quando P<0,05.

Protocolo: 5398 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 8/2020 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIZA SONVENSO AMBROSIO
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
A produção in vitro de embriões (PIVE) tornou-se uma estratégia importante para aumentar a reprodução e intensificar o desenvolvimento de animais geneticamente superiores, contudo o processo in vitro de produção embrionária ainda apresenta limitações de eficácia qualitativa e quantitativa. No presente trabalho o objetivo é testar o efeito da adição de uma glicoproteína naturalmente encontrada no oviduto bovino ao processo de fertilização in vitro (FIV) da PIVE para aumentar a quantidade e qualidade embrionária produzida. A glicoproteína testada será a &#945;-L-fucosidase, uma glicosidase encontrada no fluído oviductal de diversos organismos, tendo envolvimento na degradação hidrolítica da fucose e participa da ligação espermaozóide-oócito pelas interações com glicanos complementares na superfície da zona pelúcida (ZP), além de atuar no controle da polispermia pela alteração das proteínas formadoras da ZP. Para isso, complexos cumulus-oócitos (CCOs) bovinos serão obtidos de ovários de abatedouros, e submetidos ao processo de PIVE. Os CCOs maturados in vitro serão incubados por uma hora com quatro diferentes concentrações de &#945;-L-fucosidase (zero, 0,0625, 0,125 e 0,25 UI/mL) previamente à etapa de fertilização in vitro. Após a fertilização in vitro, os prováveis zigotos seguirão para o cultivo in vitro por oito dias até a formação de blastocisto. A qualidade embrionária será avaliada por análise de genes marcadores de pluripotência, diferenciação, implantação e desenvolvimento embrionário. Espera-se que a adição de &#945;-L-fucosidase durante a PIVE module e altere a ZP oocitária e a interação gamética in vitro aumentando a eficiência da produção e qualidade embrionária.

Protocolo: 5377 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 8/2020 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LAURA CHUBA MACHADO ROLNICHE
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
O objetivo deste estudo é demonstrar a importância da avaliação da levobupivacaína de acordo com a analgesia trans e pós-operatória em cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia (OSH). Serão avaliadas 24 cadelas sem raça definida, divididas de forma aleatória em dois tratamentos: G1solução salina administrada intraperitoneal (1,0 ml /kg)), G2levobupivacaína 0,5(1,0 mg/kg). A técnica intraperitoneal será realizada instilando solução salina ou levobupivacaína nos pedículos ovarianos direito e esquerdo e no colo do útero, esperando-se 5 minutos antes de manipula-los" . Todos os animais serão tranquilizados com acepromazina 0,2 (0,05 mg /kg ) associado a morfina (0,5 mg/kg) pela via intramuscular (IM), ambos na mesma seringa, dez minutos após serão induzidos com propofol e mantidos na anestesia geral inalatório com isoflurano. A monitoração do animal será feita através da avaliação da frequência cardíaca, respiratória, pressão arterial sistólica, oximetria de pulso e temperatura e serão anotados nos momentos pré-anestésico, 10 minutos após a MPA, no momento da incisão cirúrgica, no pinçamento do ovário direito, esquerdo, no pinçamento do útero e na realização do último ponto de pele.Para avaliação da analgesia pós-operatória das cadelas serão utilizadas a Escala Analógica Visual (EAV) e a Escala Composta de Glasgow (ECG).

Protocolo: 5480 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2019 - 5/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANA DOMINGUES RENOLFI
LETICIA MARIA DE LIMA CERAZO
MURILO VIEIRA LANDIM
Professor(es): GLAUCIA PRADA KANASHIRO

Resumo:
Os murinos têm sido utilizados amplamente como modelos para estudos experimentais. No intuito de atender aos preceitos de ética em pesquisa, vários métodos alternativos para condução dos procedimentos experimentais têm sido desenvolvidos. Um dos exemplos é a criação de alternativas para a administração forçada de substâncias por via oral com uso de gavagem. Com base nessas premissas, o presente estudo visa à elaboração de uma película comestível ("plástico comestível") para ser testada em ratos. A pesquisa consistirá de três etapas. A primeira delas a confecção da película, a partir de uma base de sacarose. A segunda será o teste de aceitabilidade da película pelos ratos. A última etapa consistirá na infecção espontânea dos ratos por ovos não embrionados de Toxocara canis, para avaliação da viabilidade da película, considerando-se a passagem dos ovos pelo trato gastrintestinal. Para esta finalidade, serão utilizados oito ratos Wistar, distribuídos em dois grupos, e alocados individualmente. Os ovos utilizados para infecção (100 ovos/0,5 mL de água destilada) serão recuperados das fezes dos animais após 12, 24, 48 e 72 horas da infecção espontânea, com emprego da técnica de Hoffmann. A intensidade de dispersão de ovos será estimada pela contagem de estruturas parasitárias na caixa dos ratos. As contagens serão avaliadas por uma distribuição de Poisson ou binomial negativa, para geração de um modelo de dispersão.

Protocolo: 5342 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 7/2020 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): CAMILA ZANETTI SEGATTO
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
Objetiva-se avaliar a eficácia analgésica e anti-inflamatória da lidocaína administrada em pontos de acupuntura e por via intravenosa (IV) em cães. Serão avaliadas 30 cadelas, encaminhadas para ovariosalpingohisterectomia diagnosticadas com piometra. Para o procedimento cirúrgico, todos animais serão tratados com metadona (0,3 mg/ kg), por via intramuscular (IM). A indução anestésica será realizada com propofol, seguindo-se a manutenção com isofluorano/O2. Cinco minutos após a indução anestésica, os animais serão distribuídos em três tratamentos: LIV (n=10): administração IV de lidocaína 1 (bolus inicial: 2 mg/kg, seguindo-se a infusão contínua de 50µg/kg/min); LAP (n=10): administração subcutânea bilateral de lidocaína (1mg/kg) nos pontos de acupuntura E36 e BP6; SAL (n=10): administração IV de solução salina (bolus inicial: 0,2 ml/kg, seguindo-se a infusão contínua de 2ml/kg/h). O grau de analgesia e de sedação serão mensurados antes do procedimento cirúrgico (basal), 1, 2, 4, 8, 12, 18 e 24 horas após extubação traqueal. Em caso de analgesia insuficiente, metadona (0,3 mg/kg, IM) será administrada como analgesia de resgate. Será mensurada a concentração sérica de interleucinas (IL-6 e IL-10), fator de necrose tumoral alfa (FNT&#945;) e proteína C-reativa no momento basal, 6, 12 e 24 horas após o término da cirurgia. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 5310 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2019 - 7/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MATHEUS GONSALVES
CAMILA MENOSSI SUEZA LIMA
ISABELA PICOLO GUIMARAES ALVES NICACIO
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
A toxocaríase é uma importante geozoonose transmitida ao homem pela ingestão de ovos larvados de Toxocara spp. presentes no solo. Os principais gaps na epidemiologia da doença incluem a falta de conhecimento sobre os agentes etiológicos, o papel da toxocaríase em saúde pública e, em especial, sobre a falta de estudos sobre a caracterização molecular das espécies de Toxocara spp. envolvidas na contaminação do solo. O presente estudo tem como objetivo a caracterização molecular dos ovos de Toxocara spp. recuperados do solo de praias de balneários do interior e do litoral do Estado de São Paulo. Serão coletadas amostras de solo (500g) de 10 balneários (10 cidades) e 10 praias de cinco diferentes cidades do litoral do Estado, em intervalos de dois a quatro meses, em um total de três coletas por praia. As amostras serão avaliadas pelas técnicas de centrífugo-sedimentação e de centrífugo-flutuação (sulfato de zinco d=1.35 g/cm3), para recuperação de ovos do solo, após filtragem seriada em peneiras metálicas (300 µm, 212 µm e 63µm). O DNA das amostras que forem positivas para ovos de Toxocara spp. será extraído e submetido à análise molecular. A técnica de PCR seguido do polimorfismo de comprimento de fragmento de limitação (PCR-RFLP) da região ITS do DNA ribossomal de Toxocara será adotada para diferenciação das espécies (Toxocara canis e Toxocara cati). O estudo prevê o sequenciamento de DNA e análise filogenética para a caracterização molecular das espécies de Toxocara spp. Com base no painel filogenético e nos dados de georreferenciamento dos pontos de coleta, serão construídos mapas para apresentação da distribuição geográfica dos possíveis isolados obtidos.

Protocolo: 5291 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2019 - 4/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELE SANTOS GARCIA
ISABELLA BRAGHIN FERREIRA
FLAVIA ELOISE DA SILVA FRANCA
YSLLA FERNANDA FITZ BALO MERIGUETI
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM
ROGERIO GIUFFRIDA
EDSON ASSUNÇÃO MARECO
RODRIGO COSTA DA SILVA

Resumo:
O objetivo deste trabalho será avaliar o efeito de duas temperaturas de armazenamento sobre o desempenho da incubação de ovos de galinhas caipira. Serão utilizadas duas temperaturas de armazenamento (Geladeira e temperatura ambiente) durante 5 dias (período de armazenamento). Serão utilizados 60 ovos provenientes de aves caipiras, coletados durante 4 dias consecutivos. Os ovos serão distribuídos em delineamento casualizado nos dois tratamentos, totalizando 30 ovos em cada. Durante o período de armazenamento e incubação, temperatura e umidade serão monitorados diariamente. Serão avaliados a fertilidade, eclosão, eclodibilidade, embriodiagnóstico, qualidade do pinto, peso dos ovos, peso dos pintos, perda de peso dos ovos durante o armazenamento e incubação e rendimento de peso do pinto. Os dados qualitativos serão submetidos ao teste do qui-quadrado e os quantitativos ao teste t de Student, utilizando nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 5240 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2019 - 7/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GLAUCIA FERNANDES DE MELO
KAREN CRISTINA ARAUJO SANTOS
VERONICA LETICIA DA SILVA
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA

Resumo:
A engenharia de tecidos tem a finalidade de desenvolver tecidos e órgãos substitutos para manter, restaurar ou aumentar funções dos seus homólogos feridos ou doentes in vivo. Muitas alternativas foram propostas para restaurar o tecido lesado do hospedeiro, porém, ainda não existem opções economicamente viáveis. Enquanto isso, os pacientes afetados permanecem propensos a vários fatores complicantes, como doenças funcionais, preocupações sociais e encargos econômicos e financeiros. É sabido que a cicatrização de feridas pós-cirurgia envolve múltiplos eventos, como inflamação, proliferação de fibroblastos, síntese de matriz extracelular, vascularização e epitelização. Além disso, está amplamente estabelecido que o tratamento ideal deva incluir produtos anti-fibróticos, anti-inflamatórios, e promotores de vascularização. O estudo proposto tem como objetivo avaliar a expressão imuno-histoquímica de fibras colágenas tipo I e tipo III produzidas quando da utilização da FRP, da RSV e da associação de ambas em feridas cirúrgicas que serão experimentalmente induzidas no dorso de coelhos, denominadas controle (ferida A), tratada com FRP (ferida B), tratada com RSV (ferida C) e tratada com associação de FRP e RSV (ferida D). Serão utilizados 8 coelhos machos, clinicamente hígidos da raça Nova Zelândia. O tratamento com a FRP e RSV será realizado nos dias 3, 7, 10 e 14 dias. As feridas controle receberão cloreto de sódio 0,9. No 17º dia, será feita coleta de amostras de pele para realização de análise histológica e imuno-histoquímica. A avaliação do efeito dos tratamentos a partir da quantificação da reação antígeno-anticorpo alvo será realizada com o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS) a partir do teste de normalidade dos dados e de homogeneidade de variâncias entre grupos. Caso a distribuição dos dados seja normal ou não-normal, os efeitos serão testados por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os testes de Tukey ou de Dunn serão utilizados para a comparação caso sejam indicadas diferenças por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os dados serão demonstrados por média ± EPM. Diferenças serão consideradas significativas quando P<0,05.

Protocolo: 5170 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2019 - 3/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): YURI FERREIRA VICENTINI
CRISTOFFER DA SILVA SANTANA
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
Ainda são escassos os protocolos de quimioterapia para ratos que simulam o protocolo de aplicação de vários ciclos de quimioterapia com 5-fluorouracil (5-FU) que tem sido utilizado na rotina hospitalar para o tratamento de câncer em seres humanos. Desta forma, desenvolver e padronizar um protocolo para ratos Wistar que simule esse protocolo de quimioterapia para realização de novas pesquisas que possam estudar formas para amenizar os efeitos colaterais do tratamento em questão. O objetivo do experimento é padronizar um protocolo que simule os efeitos colaterais da quimioterapia com aplicação de 6 ciclos consecutivos de 5-FU em ratos Wistar, tais como a mucosite, a imunossupressão e plaquetopenia. Para isto, serão utilizados 50 ratos Wistar, machos, com aproximadamente 8 semanas de vida, alimentados com água e ração ad libitum que serão mantidos em condições controladas de temperatura (22 ± 2°C), umidade relativa do ar (55 ± 10), ciclo de luz de 12 horas claro/12 horas escuro e exaustão contínua do ar. Estes ratos serão separados randomicamente em 5 grupos experimentais (n=10 ratos/grupo): Grupo controle (GC): os ratos receberão somente água e ração comercial balanceada ad libitum; e sem qualquer tratamento. Grupo protocolo padrão de indução da mucosite: os ratos receberão somente água e ração comercial balanceada ad libitum; e sem qualquer tratamento e será aplicado uma dose de 200mg de 5-FU/kg de peso vivo por via intraperitoneal; Grupo experimentais G50, G100 e G150 os ratos receberão somente água e ração comercial balanceada ad libitum; e sem qualquer tratamento e serão aplicados uma dose de 50, 100 e 150 mg de 5-FU/kg de peso vivo por via intraperitoneal; uma vez por semana, durante 6 semanas consecutivas. Na sétima semana após as quimioterapias, os ratos serão anestesiados com xilazina/ketamina para colheita de sangue por meio da punção cardíaca e logo após serão mortos por intoxicação de barbitúricos para a colheita do estômago e intestino. Serão realizados hemograma, teste de protrombina ativada, teste de tromboplastina ativada e as concentrações de fibrinogênio, plaquetas, imunoglobulina a e a determinação do índice de massa corporal. Também será realizada avaliação do infiltrado inflamatório e análise histopatológica do intestino delgado para avaliação da mucosite. Os dados serão submetidas a Análise de Variância (ANOVA) com contrastes pelo método de Tukey com significância 5. Outras análises poderão ser conduzidas, na dependência do comportamento dos dados.

Protocolo: 5169 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 9/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA KLEBIS GARDIN
ANA BEATRIZ LOURENCONI DE MACEDO
BARBARA VINHA PADOVAN
JULIA SANFELICE CARDIN
RIANE CAMILA SOUZA BRECHER
CAMILA RONCADA RAMOS
LILIANE VOLTARELLI FURINI
MARINA GONCALVES AVANTE
ADRIANO MESSIAS DE SOUZA
ERICKA STEPHANNY BRANDAO BUENO
Professor(es): ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS

Resumo:
As modernas estratégias de engenharia de tecidos visam restaurar previsivelmente tecidos perdidos ou defeituosos após lesões, idade, deformidade congênita ou infecções Enquanto muitas tentativas foram propostas para restaurar o tecido do hospedeiro, os pacientes afetados permanecem propensos a vários reveses como doenças funcionais, preocupações sociais e encargos econômicos e financeiros. Pensando nisso, pacientes e médicos buscam modalidades regenerativas com uma boa relação custo-benefício para atender as necessidades estéticas e funcionais com requisitos para restaurar os tecidos defeituosos e ausentes. Os concentrados de plaquetas vêm sendo usados na medicina regenerativa há décadas e foram inicialmente desenvolvidos com anticoagulantes para prevenir a rápida coagulação do sangue antes da centrifugação, e foi denominado plasma rico em plaquetas (PRP), porem mais tarde, preocupações foram levantadas quanto ao uso de anticoagulantes, que demonstrou ter impactos negativos na cicatrização e prevenção de coágulos. Por essas razões pesquisadores começaram a utilizar o concentrado de plaquetas sem a incorporação de anticoagulantes na sua preparação, sendo denominada fibrina rica em plaquetas(FRP). Sendo assim, este trabalho objetiva avaliar a qualidade morfológica e morfometrica de fibras colágenas por meio de análises histológicas e dimensão fractal de feridas dérmicas de coelhos tratadas com FRP associada ou não ao uso da rosuvastatina. Serão utilizadas 90 biópsias de pele de coelhos machos adultos tratados com FRP, rosuvastatina e associação. A cicatrização será acompanhada macroscópica, morfométrica e morfologicamente durante 17 dias, quando será realizada a biópsia da cicatriz para verificação histológica do processo cicatricial e a análise fractal pelo método Box-counting, por meio do software Image J. A análise estatística será realizada com o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS). Diferenças serão consideradas significativas quando P<0,05.

Protocolo: 5168 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 12/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): YURI FERREIRA VICENTINI
MICHEL FERNANDO BENTO DA SILVA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
O hormônio do crescimento (GH) é frequentemente utilizado de forma indiscriminada por indivíduos que buscam um melhor desempenho físico, com finalidade de aumentar a massa muscular, o que pode levar a efeitos não desejados ao organismo. Até o momento, não foi investigado o uso frequente de GH combinado ao exercício físico na expressão de genes na gônada masculina. O objetivo do presente projeto é investigar a expressão gênica relativa (GHR) em testículos de ratos Wistar que foram submetidos ao uso do GH associado ou não ao exercício físico, como modelo experimental de humano. Para tanto, serão analisados o material já preservado de 40 ratos que foram divididos em um projeto anterior (1013) em 4 grupos: CT (grupo sem exercício físico e sem administrar GH), GH (grupo sem exercício físico e com administração de GH), Ex (grupo com exercício físico e sem administração de GH) e ExGH (grupo com exercício físico e com administração de GH). Os testículos armazenados em TRIzol® serão utilizados para a expressão gênica relativa do GHR por RT-qPCR. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 5167 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2019 - 6/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS MAYUMI OSHIRO
LAUREN CHRYS SOATO MARIN SCHAFFER
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
A toxoplasmose é uma das mais importantes zoonoses parasitárias, com ampla distribuição mundial. A transmissão da forma congênita da toxoplasmose é um dos principais focos de profilaxia da zoonose pelo Sistema de Saúde Pública. Alguns fatores de risco como idade, baixa vulnerabilidade social são fatores associados à infecção das gestantes. O objetivo da presente pesquisa é realizar um estudo ecológico retrospectivo para avaliar a frequência de anticorpos (IgG e IgM) anti-Toxoplasma gondii em gestantes da região de Presidente Prudente, São Paulo, a influência da idade e a distribuição temporal-espacial. Os dados das gestantes (idade, resultado da sorologia anti-T. gondii, rua da residência) serão obtidos por meio de pesquisa no banco de prontuários eletrônicos do Laboratório "João Grigoli" da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Serão incluídas as gestantes atendidas no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2018. Para avaliação dos fatores associados à infecção (influência etária), será realizada a análise bivariada pelo teste do qui-quadrado. Para elaboração de mapas de distribuição temporal-espacial, serão utilizados os dados da rua de moradia das gestantes, com a análise de padrões pontuais e formação de centroides. Com base nos dados obtidos, será proposta a elaboração de ações educativas que promovam a prevenção da infecção por toxoplasmose em gestantes

Protocolo: 5112 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2019 - 12/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): MARIA FERNANDA SILVEIRA WEHBE
SUELEM RODRIGUES GIMENES
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM
ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
A mensuração da pressão intraocular (PIO) é importante no diagnóstico de oftalmopatias que podem levar à cegueira irreversível, como aquelas que podem levar ao seu aumento como o glaucoma, ou à sua diminuição como as uveítes. O diagnóstico é realizado principalmente com o uso de tonômetros que aferem a PIO. Na Medicina Veterinária os tonômetros portáteis mais usados são o Tono-Pen Avia Vet (aplanação) e o TonoVet (rebote), na Medicina Humana são o Perkins e o Kowa HA-2 (aplanação pela metodologia de Goldmann). Recentemente, foi lançado outro modelo do TonoVet, o TonoVet Plus. Desta maneira, o objetivo deste projeto será comparar e avaliar a acurácia destes tonômetros com diferentes metodologias de mensuração da PIO em gatos. Para avaliar a acurácia dos tonômetros TonoVet, TonoVet Plus, Tono-Pen Avia Vet e Kowa HA-2 será realizado o estudo post-mortem comparando os valores da PIO real por meio de manometria ocular elevando-se artificialmente a PIO de 5 em 5 mmHg até alcançar 90 mmHg (590 mmHg) com os valores da leitura da PIO aferida com os tonômetros TonoVet, TonoVet Plus, Tono-Pen Avia Vet e Kowa HA-2 em 10 olhos sadios de 5 gatos logo após o óbito. Linhas de regressão serão construídas para os valores medidos de manometria versus tonometria e será calculado o coeficiente de determinação (r2). Para avaliação de sua acurácia será realizado um estudo in vivo em 10 olhos sadios de 5 gatos anestesiados comparando-se a PIO real com a PIO obtida com os tonômetros. Para avaliação do seu uso clínico ambulatorial será realizado um estudo ambulatorial em 80 olhos sadios de 40 gatos hígidos do gatil e do atendimento do Hospital Veterinário (HV), além de gatos atendidos com sinais clínicos de glaucoma e uveíte no HV, avaliando-se as leituras dos tonômetros TonoVet, TonoVet Plus, Tono-Pen Avia Vet e Kowa HA-2.

Protocolo: 4979 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2018 - 10/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS ANGELONI DE OLIVEIRA BARBOZA
TAINA MARIA PAULINO LEOPOLDO
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
LUIS FELIPE DA COSTA ZULIM
CLAUDIA LIZANDRA RICCI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GLAUCIA PRADA KANASHIRO

Resumo:
A utilização de bloqueios locais como adjuvantes do controle da dor pós-operatória tem sido utilizada com sucesso tanto na medicina humana como na veterinária. Ademais, estudos recentes têm proposto a adição do sulfato de magnésio (MgSO4) aos anestésicos locais, visando potencializar o efeito analgésico pós-operatório imediato. Objetiva-se avaliar a segurança e a eficácia analgésica da adição do MgSO4 à ropivacaína no bloqueio intraperitoneal de cadelas. Serão avaliadas 45 cadelas, encaminhadas para ovariosalpingohisterectomia (OSH) eletiva. Para o procedimento cirúrgico, todos os animais serão sedados com a associação de maleato de acepromazina (0,03 mg/ kg) à meperidina (5 mg/kg), por via intramuscular (IM). Quinze minutos após, será realizada a indução anestésica com propofol em dose suficiente para a intubação endotraqueal, seguindo-se a manutenção anestésica com isofluorano/O2. Após a estabilização da anestesia geral, será feita a incisão ventral da linha média, seguindo-se a distribuição dos animais em três tratamentos: Salina (n=15): solução salina 0,9 (1 mL/kg); Ropi (n=15): ropivacaína 1 (3 mg/kg); Ropi/MgSO4 (n=15): associação de ropivacaína 1 (3 mg/kg) e MgSO4 (20 mg/kg). Nos grupos Ropi e Ropi/MgSO4, os fármacos serão diluídos em solução salina 0,9, visando a obtenção de volume final de 1 mL/kg. O volume total será instilado no espaço peritoneal, especificamente nos pedículos ovarianos direito e esquerdo, e caudalmente ao útero, na região da cérvix uterina. A concentração plasmática de MgSO4 será mensurada no grupo Ropi/MgSO4 aos 15, 60, 120 e 240 minutos após a administração intraperitoneal. No período pós-operatório o grau de analgesia e sedação serão mensurados 0,5, 1, 2, 4, 8, 12, 18 e 24 horas após extubação traqueal. Em caso de analgesia insuficiente, morfina (0,5 mg/kg, IM) será administrada como analgesia de resgate. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 4941 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 7/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA DOURADO
ISABELA PICOLO GUIMARAES ALVES NICACIO
DENIS ROBISON GOMES
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU

Resumo:
Com o segundo maior rebanho bovino do mundo e sendo o maior exportador mundial de carne bovina, o Brasil ainda enfrenta o prejuízo econômico referente à perda de peso das meias-carcaças durante o período de armazenamento destas, após o processo de abate (quebra pelo frio). O objetivo deste estudo é medir a perda de peso em meias-carcaças submetidas ao resfriamento em um frigorífico sob Inspeção Federal, avaliando a influência do tempo de armazenamento e o peso dos animais abatidos. Para isto, o projeto será realizado em um frigorífico, registrado sob o Serviço de Inspeção Federal (S.I.F.), verificando o peso de 900 meias-carcaças de bovinos, machos e fêmeas, realizando a pesagem ao final do período de armazenamento das meias-carcaças e subtraindo do peso inicial, resultando na "quebra de peso" (QP) das meias-carcaças, em porcentagem. O experimento será desenvolvido baseado em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial, onde se avaliará o comportamento de perda de peso de machos e fêmeas, em função do peso e do tempo de resfriamento das carcaças. Os fatores serão: 3 períodos de armazenamento das meias-carcaças (24 horas; de 24 a 48 horas; acima de 48 horas) e 3 faixas de peso (até 200 kg; de 201 a 300 kg; acima de 300 kg) (fatorial 3 x 3), com 100 repetições. Será verificada a correlação entre a ventilação e a temperatura média das câmaras com a quebra de peso das carcaças. Para analisar os resultados, será utilizado o Teste de Tukey, com nível de significância de 5.

Protocolo: 4914 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 9/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOSE FIGUEIREDO FRANCO
GABRIELA LUZIA RAMOS FARIA
Professor(es): JULIANA PAMPANA NICOLAU

Resumo:
A febre maculosa é caracterizada como uma doença infecciosa febril aguda, causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, cocobacilo Gram-negativo que possui tropismo pelas células endoteliais. A doença é adquirida pela picada do carrapato infectado com a bactéria Rickettsia. Os principais reservatórios da bactéria R.rickettsii no Brasil, são carrapatos do gênero Amblyomma, que está distribuído todo o território nacional e são conhecidos popularmente como "carrapato estrela. Todos os casos de febre maculosa são de notificação obrigatória às autoridades locais de saúde. É considerado caso suspeito todo paciente com história de febre súbita associada à mialgia e cefaleia, picada de carrapato ou exposição à área infestada por carrapatos; ou paciente com relato de febre súbita, mialgia e cefaleia, associadas à exantema ou manifestações hemorrágicas entre o segundo e o quinto dias de evolução da doença. Este estudo tem como objetivo geral realizar um levantamento sobre a situação epidemiológica da Febre Maculosa Brasileira no período entre de 2001 a 2017, buscando dados sobre a enfermidade em seres humanos disponíveis no DATASUS e outras fontes públicas de informação pública no Brasil, na Região Sudeste e no Estado de São Paulo com enfoque na região de Presidente Prudente. O objetivo específico é comparar incidência e letalidade e procurar indícios de sazonalidade e a tendência.

Protocolo: 4865 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA PASCHOALOTTO
BRUNA SUELLEN BARRETO
Professor(es): ADRIANA FALCO DE BRITO

Resumo:
Com o aumento da busca por carne de qualidade pelos consumidores e a importância da raça Nelore no cenário pecuário brasileiro, este estudo objetiva avaliar se há influência de peso, idade, espessura de gordura subcutânea, área de olho de lombo e marmoreio na força de cisalhamento da carne e se essas possíveis influências afetam aumentando ou diminuindo a força de cisalhamento. Para isso, será analisada a força de cisalhamento (FC) de amostras de carne de 50 bovinos machos, de uma linhagem de base da raça Nelore. Após a análise da força de cisalhamento, os resultados serão relacionados com os dados de peso, idade e ultrassonografia das carcaças, disponibilizados pelo proprietário para a realização do estudo. Os dados relacionados com a força de cisalhamento serão: peso (P), idade (I), espessura de gordura subcutânea (EGS), espessura de gordura subcutânea na picanha (EGS P8), espessura de gordura subcutânea ajustada para 100 kg de peso vivo (EGS/100), área de olho de lombo (AOL), área de olho de lombo ajustada para 100 kg de peso vivo (AOL/100) e marmoreio (MAR). Os dados serão analisados por Teste de Tukey, com nível de significância de 5.

Protocolo: 4845 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 7/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TAMIRES FERREIRA DE FARES
BIANCA LAURA LOPES
Professor(es): JULIANA PAMPANA NICOLAU

Resumo:
A doença do trato urinário inferior felino (DTUIF) obstrutiva é multifatorial, consiste em alterações na estrutura ou função da bexiga urinária e uretra que impedem o fluxo de urina, leva à perda aguda da função renal, ocasionando acúmulo de eletrólitos e desequilíbrio ácido-básico, é uma emergência clínica. As proteínas de fase aguda são biomarcadores de lesões teciduais, utilizados em processos inflamatórios, auxiliando no prognóstico e avaliação do tratamento. A Amilóide A Sérica (SAA) e a Alfa 1 Glicoproteína Ácida (AGP), são PFAs principais em gatos. Assim, o objetivo desta pesquisa é comparar as concentrações de amilóide A sérica e Alfa Glicoproteína Ácida no processo inflamatório da DTUIF obstrutiva e correlacionar com as alterações hematológicas e de urinálise. Serão avaliados 30 gatos, 10 gatos hígidos (grupo controle) e 20 gatos diagnosticados com infecção do tato urinário inferior obstrutivo. Os animais serão submetidos à hemograma, urinálise e relação proteína/creatinina urinária. A mensuração das proteínas de fase aguda será feita utilizando os kits de Elisa para Amiloide A sérica e Alfa Glicoproteína Ácida. A análise estatística da relação das Proteínas de fase aguda SAA E AGP será avaliada com o teste de correlação de Pearson. Todas as análises serão realizadas no Programa R, considerando-se 5 de nível de significância (R DEVELOPMENT CORE TEAM, 2017).

Protocolo: 4974 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2018 - 10/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA TEIXEIRA DA SILVA
CAMILA ZANETTI SEGATTO
MARINA PAULA SAPUCAIA FRAGA
TAUANE DE OLIVEIRA FELIX
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
A doença do trato urinário inferior de felinos (DTUIF) tem diversos fatores etiológicos, ressaltando ingestão de dietas secas, reduzido consumo hídrico e micção como principais. A DTUIF pode se apresentar de forma obstrutiva ou não obstrutiva, sendo a obstrução uretral a manifestação mais grave. As proteínas de fase aguda são biomarcadores de processos inflamatórios, tem sua concentração aumentada durante a inflamação aguda, auxiliando no prognóstico e avaliação protocolo de tratamento. A Alfa 1 Glicoproteína Ácida (APG) e a Amilóide A sérica (SAA) são PFAs principais em gatos e positivas, fibrinogênio e albumina são PFAs minoritárias em gatos. Sendo assim, o objetivo deste estudo será analisar as proteínas amilóide A Sérica, alfa glicoproteína ácida correlacionando-as com as concentrações de uréia e creatinina e alterações hemogasométricas em gatos com DTUIF obstrutiva. Serão avaliados 30 gatos, 10 gatos hígidos (grupo controle) e 20 diagnosticados com infecção do tato urinário inferior obstrutivo. Os animais serão avaliados por meio de hemogasometria, uréia, creatinina, albumina e fibrinogenio. A mensuração das proteínas de fase aguda será feita utilizando os kits de Elisa para Amiloide A sérica e Alfa Glicoproteína Ácida. As análises estatísticas serão avaliadas pelo teste de Shapiro-Wilk. Confirmando-se a distribuição paramétrica dos dados, para correlacionar as proteínas de fase aguda com parâmetros laboratoriais será utilizada análise de correlação linear de Pearson. A análise de correlação poderá ser complementada com modelos de regressão linear simples generalizados. Os parâmetros aferidos serão comparados entre grupos doente e controle pelo teste t não pareado. As análises serão conduzidas no software R, considerando-se 5 de nível de significância.

Protocolo: 4844 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 12/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA TEIXEIRA DA SILVA
CAMILA ZANETTI SEGATTO
MARINA PAULA SAPUCAIA FRAGA
TAUANE DE OLIVEIRA FELIX
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
A doença do trato urinário inferior felino (DTUIF) é uma das patologias mais comuns na clínica de felinos e diversos fatores etiológicos estão relacionados. A DTUIF pode ser obstrutiva ou não obstrutiva, sendo a obstrução uretral a manifestação mais grave. A ultrassonografia possui boa acurácia na análise da integridade de todo trato urinário sendo útil para certificar a presença de cálculos e tampões que estão na bexiga e possam deslocar-se e obstruir a uretra, sendo a radiografia útil na detecção e localização de cálculos radiopacos. As proteínas de fase aguda (PFAs) Amilóide A Sérica (SAA), Alfa 1 Glicoproteína Ácida (AGP), são biomarcadores de processos inflamatórios em gatos auxiliando no prognóstico e tratamento. O objetivo deste estudo é a análise das proteínas SAA e AGP correlacionando-as com as alterações visualizadas nos exames de ultrassonografia e radiografia. Serão avaliados 30 gatos machos, 10 gatos hígidos e 20 gatos diagnosticados com doença do trato urinário inferior obstrutiva. Os animais serão submetidos à ultrassonografia e radiografia abdominal. As mensurações das proteínas de fase aguda serão realizadas utilizando os kits de Elisa para SAA e AGP. Após obtenção das concentrações de PFAs e avaliações dos exames de imagem os dados serão tabulados, analisados pelo teste t do software BioEstat 5.3.

Protocolo: 4848 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 12/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA TEIXEIRA DA SILVA
CAMILA ZANETTI SEGATTO
SHEILA CRISTINA BORGES PEREIRA
TAUANE DE OLIVEIRA FELIX
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA

Resumo:
A indústria do leite é uma das mais importantes dentro do agronegócio brasileiro. Além da importância econômica, o leite também tem um enorme valor nutritivo pois nele encontramos altas concentrações de cálcio, vitaminas e proteínas. Uma das preocupações dos consumidores em relação ao consumo de leite advém das substâncias químicas que podem ser encontradas no leite, dentre elas os antimicrobianos. Portanto, o objetivo deste trabalho é verificar se há ou não a presença de antimicrobianos nos leites pasteurizados que são comercializados em cidades do Estado de São Paulo. Para isso, será utilizado o CowSide II (CHARM), um teste de inibição de amplo espectro que detecta as principais classes de antimicrobianos: beta-lactâmicos, sulfonamidas, tetraciclinas, macrolídeos e aminoglicosídeos. O teste será utilizado em amostras de leites pasteurizados, comercializados no Estado de São Paulo.

Protocolo: 4810 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 6/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELLE MARIA SOARES COSTA
ISABELA OLIVEIRA DE LIMA
Professor(es): JULIANA PAMPANA NICOLAU

Resumo:
Os consumidores de carne estão cada vez mais exigentes em relação ao modo de produção e abate dos animais que se tornarão produtos comestíveis. O objetivo desta pesquisa será analisar o conhecimento do consumidor de produtos de origem animal sobre o bem-estar dos animais antes e durante o abate e se estão dispostos em adquirir esses produtos com preços diferenciados. Para tanto, serão aplicados 216 questionários online para investigar a percepção do consumidor de produtos de origem animal (POA) sobre o bem-estar dos animais (BEA) de produção, bem como sobre a disposição de pagar a mais por um produto que respeite o BEA. Os entrevistados serão avaliados considerando seu conhecimento sobre abate de animais de produção e se o modo como são abatidos influenciam na compra da carne. Os resultados obtidos serão analisados pelo teste F e teste de Tukey com significância de 5.

Protocolo: 4871 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELIZA GONCALVES GRIZANY
GABRIELA DA SILVA PINHO
Professor(es): JULIANA PAMPANA NICOLAU

Resumo:
Cães braquicefálicos apresentam um maxilar inferior normal, ou seja, proporcional ao seu tamanho corporal, e um maxilar superior recuado. Além disso, são predispostos à estenose de narina, palato alongado, hipoplasia traqueal e hipertermia por estresse por calor. Devido à essas características anatômicas e fisiológicas, cães de raças braquicefálicas como Buldogue Francês, Pug, Boston Terrier, Pequinês, Boxer, Buldogue Inglês, Shih Tzu e Dogue de Bordeaux apresentam uma tendência à diversos distúrbios respiratórios e cardiovasculares. No ranking das raças mais populares, o Buldogue Francês está na 9a posição no Brasil e a 6a posição mundial. Devido à popularidade dessa raça e os problemas respiratórios e cardiovasculares que ela pode apresentar o presente trabalho tem o objetivo de avaliar os parâmetros cardiorrespiratórios e hematológicos de cães sadios dessa raça para padronização dos valores normais para servir de subsídios para a rotina clínica, cirúrgica, laboratorial e de futuros estudos na raça Buldogue Francês. Serão utilizados 36 cães da raça Buldogue Francês, sem predileção de idade, raça ou sexo e avaliados os seguintes parâmetros: temperatura (T), frequência cardíaca (FC), frequência respiratória (FR), eritrograma, leucograma, ureia, creatinina, fosfatase alcalina (FA) e alanino amino transferase (ALT). Após a obtenção dos valores cardiorrespiratórios e hematológicos, os mesmos serão tabulados, analisados e estimados pontualmente por meio de cálculo e desvio padrão e intervalo com 95 de confiança.

Protocolo: 4818 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 12/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS CAROLINE DA SILVA SANTOS
VINICIUS DOS SANTOS ROSA
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
CLAUDIA LIZANDRA RICCI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
CECILIA LAPOSY SANTAREM
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA

Resumo:
A vacinação é o método mais indicado e seguro para proteção dos cães e gatos contra doenças infecciosas transmissíveis, que por muitas vezes podem ser fatais. As vacinas devem induzir resposta imunológica causando o mínimo de reações adversas. Os protocolos unificados de vacinação estão sendo substituídos na prática clínica por protocolos individualizados, baseados no risco real a que o animal está exposto. A compreensão desse risco por parte dos proprietários é fundamental para que o esquema proposto pelo veterinário seja seguido. Baseado nesse pressuposto, o objetivo deste trabalho é realizar um levantamento sobre o conhecimento de proprietários sobre a importância da vacinação no controle de doenças infecto contagiosas de cães e gatos correlacionado com o nível e a área de instrução. O levantamento será realizado por meio de questionário online que será distribuído via redes sociais. Serão tabuladas as respostas de, pelo menos, 100 questionários. Haverá análise estatística descritiva. Para as correlações entre as questões, será utilizado o coeficiente de correlação de Spearman. Os testes serão realizados com nível de significância de 0,05.

Protocolo: 4847 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 1/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MICAELA DE PAULA COSTA DELFINO
MARIANA BATISTA DA SILVA
Professor(es): ADRIANA FALCO DE BRITO

Resumo:
A diversidade de espécimes no Brasil é muito diversificada e o levantamento de fauna é um exercício em que se baseia uma série de observações, que tem por objetivo catalogar as espécies que existe em determinada região. Objetiva-se avaliar a diversidade de fauna existente de maior ocorrência sob influência das estações do ano, no "Santuário Morada de Deus", pertencente ao município de Alvares Machado/SP através do monitoramento por armadilha fotográfica e observação direta (visual). Para avaliação de fauna serão utilizadas 03 armadilhas fotográficas fixadas em árvores. Os dados da abundância de espécies presentes nos fragmentos serão capturados através da busca ativa direta de caminhada e uso de "câmera trapping" e busca ativa indireta (vestígios). Serão realizadas campanhas trimestrais ao longo de 11 meses, totalizando 4 campanhas acompanhando os períodos das estações chuvosa e estação seca. Os fragmentos do estudo serão amostrados por um período de 200 horas/campanha para observação direta com câmera fotográfica, totalizando um esforço amostral de 800 horas e 03 dias consecutivo/campanha, divididas em 02 períodos (manhã e tarde), para observação indireta (vestígios), totalizando 12 dias. As analises dos dados obtidos serão descritivas através do processo de monitoramento, capturas das imagens fotográficas pela câmera "trap" e vestígios, a fim de identificar as espécies da fauna existentes. Após quantificação dos espécimes identificados e elaboração de placas informativas (taxonômicas) para o estabelecimento local, onde o estudo será realizado com a finalidade de maximizar os esforços de conservação e estimular a educação ambiental do ponto turístico "Santuário Morada de Deus".

Protocolo: 4634 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA DUARTE FRANCA E SILVA
Professor(es): ELLYN AMANDA FONSECA MARTINS

Resumo:
É considerado que a espécie equina tem menor fertilidade entre os animais domésticos, condição atribuída as suas características evolutivas, bem como a sazonalidade reprodutiva e nos dias de hoje ao tipo de manejo reprodutivo que estes animais estão submetidos. Para atenuar tal problemática a utilização da biotécnica de transferência de embriões não cirúrgica vem sendo adotada ao longo dos anos. Porém, tal metodologia apresenta certos obstáculos para que se possa obter elevado número de éguas aptas para receber o embrião nos períodos de anestro sazonal ou transicionais (início e final da estação reprodutiva). Portanto, o objetivo do presente projeto será avaliar a concentração de progesterona e a taxa de gestação em receptoras acíclicas preparadas com implante intravaginal de progesterona de bovinos. Para tanto serão utilizados dois grupos sendo, grupo (GIP4) com implante intravaginal de progesterona em receptoras acíclicas (n=15) e grupo controle com éguas cíclicas (n=15). Será realizada coleta de sangue em 3 momentos: 1ª coleta no dia da colocação do implante (D0), a 2ª coleta no dia da inovulação (D3) e a última coleta será no dia do diagnóstico gestacional (D9), nas éguas que responderam ao protocolo. O grupo controle (GC) será composto por receptoras cíclicas (n=15), cujas coletas de sangue serão realizadas nos mesmos momentos acima citados. A análise estatística dos dados será realizada pelo teste de Qui-Quadrado para comparar a taxa de prenhez entre os grupos, já para a concentração plasmática de progesterona entre os grupos e os momentos será utilizado o teste de análise de variância (ANOVA) seguido de Tukey, em um nível de 5 de significância (p<0,05).

Protocolo: 4766 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2018 - 2/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ADRIELLY MARIA FLORES
WILSON LUIS RIGOLETO JUNIOR
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE

Resumo:
A leptospirose é uma importante zoonose que tem como hospedeiros primários os animais silvestres, sinantrópicos e domésticos. Os seres humanos são hospedeiros terminais e acidentais. A Leptospirose possui distribuição mundial e a incidência da em países da América Latina tem crescido associada ao crescimento desordenado das cidades e a desastres naturais. Grande parte dos casos de leptospirose acontece devido a fatores socioambientais como falta de saneamento básico, ausência de coleta de lixo, presença de roedores e desinformação da população. A leptospirose possui diversas formas clínicas, que vão desde a infecção subclínica até a forma grave com elevada letalidade. Para minimizar a transmissão de leptospirose é necessário adotar medidas importantes e eficientes tais como: melhorias nas condições de moradia, com instalação de redes de esgoto, drenagem de áreas alagadas e um sistema de coleta de lixo. Este estudo tem como objetivo realizar levantamento sobre a série histórica da leptospirose humana no período entre de 2001 a 2017, buscando dados sobre a enfermidade em humanos disponíveis no DATASUS e outras fontes públicas de informação no Brasil, na Região Sudeste e no Estado de São Paulo, com enfoque no município de Presidente Prudente. Os dados serão comparados e analisados por estatísticas descritivas. Serão comparados os dados de ocorrência, morbidade e letalidade e sazonalidade.

Protocolo: 4621 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA APARECIDA CARLINI DE ASSIS CHAVES
CAMILA CAVALCANTI
Professor(es): ADRIANA FALCO DE BRITO

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS), ou olho seco, é uma doença crônica e inflamatória ocular geralmente imunomediada afetando principalmente as glândulas lacrimais, que resulta na alteração quantitativa e/ou qualitativa do filme lacrimal pré-corneano, assim diminuindo ou cessando a função protetora da lágrima. O diagnóstico é baseado na presença dos sinais clínicos e exames oftálmicos específicos. O uso de células-tronco mesenquimais (CTM) pode ser uma nova ferramenta no tratamento da CCS devido sua capacidade regenerativa de restaurar tecidos que foram destruídos pela ação dos auto anticorpos. A análise fractal vem sendo utilizada em diversas áreas da medicina, como forma quantitativa e específica de mensurar alterações em imagens (histológicas, fotografias, raio x). Fractal quer dizer quebrar, produzir pedaços irregulares. Uma importante ferramenta para avaliar a estrutura irregular histológica e assim quantificar a mudança após alguma intervenção específica. A análise fractal pode ser um importante meio, que não é considerado subjetivo, o método de análise fractal é mais objetivo e quantitativo que outras técnicas, e pode ser facilmente aplicado em outros planos. O objetivo deste projeto é avaliar por meio da análise de dimensão fractal alterações estruturais do tecido conjuntival de cães tratados topicamente com tratamento convencional com tacrolimus 0,03 colírio e com 50µl (50x106 CTM), em ambos os olhos, em 4 aplicações com intervalo de 7 dias por 30 dias e que foram acompanhados por um período de 180 dias. Serão avaliadas 120 lâminas de corte histológico da conjuntiva palpebral, sendo 40 lâminas da conjuntiva de olhos saudáveis, 40 lâminas de olhos com CCS no momento do diagnóstico e 40 lâminas após o tratamento tópico com CTM.

Protocolo: 4624 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 3/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA TEIXEIRA DA SILVA
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
MARCOS ROGERIO SGRIGNOLI
LUIS FELIPE DA COSTA ZULIM
CLAUDIA LIZANDRA RICCI
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI
FRANCIS LOPES PACAGNELLI

Resumo:
A toxocaríase é uma das helmintoses de maior prevalência no mundo, especialmente em países emergentes e em desenvolvimento, onde o saneamento básico e as condições de higiene são, muitas vezes, deficientes. Além de afetar os animais de companhia, a doença pode ser transmitida para os seres humanos, principalmente crianças que acidentalmente ingerem solo contendo ovos embrionados de Toxocara canis ou Toxocara cati, parasitos responsáveis pela doença. Em um estudo (PIBIC-CNPq-Unoeste) em escolas públicas de Presidente Prudente, no período agosto de 2011 a maio de 2012, foi verificado que 46,2 (6/13) estavam contaminadas por ovos de Toxocara spp. Entretanto, não foi possível verificar quais espécies envolvidas na contaminação das escolas. O presente estudo tem o objetivo de recuperar os ovos de Toxocara spp. em parques infantis de escolas públicas de Narandiba. Amostras de 250 g de solo serão coletadas, mensalmente, em um período de seis meses, em parques infantis de escolas de Narandiba. As amostras serão submetidas ao processo de centrífugo-sedimentação após tamisação (peneiras com malhas de 90 e 63 µm) e lavagem em detergente aniônico Tween® 80. Os dados serão apresentados de forma descritiva. O universitário e o aluno do Ensino Médio serão responsáveis pela elaboração de material educativo para apresentação nas escolas do município.

Protocolo: 4577 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 7/2019 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): VINICIUS DOS SANTOS ROSA
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
O uso de anabolizantes têm gerado conflitos e preocupação por entidades promotoras de eventos desportivos e agências antidoping. Dentre diversas substâncias, o hormônio do crescimento (GH) é normalmente utilizado por atletas com a finalidade em se obter ganho no desempenho físico. Somado a isso, existe ainda o público amador que frequenta academias de musculação e o utiliza para fins estéticos. Apesar de evidências confirmarem o efeito anabólico do GH, poucos estudos foram realizados com a intenção de identificar seus efeitos somados à prática do treinamento resistido, especialmente nos tecidos ósseo e muscular. Dessa forma, o objetivo do presente estudo será analisar os efeitos do uso de uma substância anabólica (hormônio do crescimento) e realização de um protocolo de treinamento resistido na plasticidade muscular esquelética e mineralização óssea de ratos. Foram utilizados 40 animais machos, com 60 dias de idade, da linhagem Wistar. Os animais foram divididos em quatro grupos: controle (C), controle com aplicação de GH (GHC), treinamento resistido (T) e treinamento resistido com aplicação de GH (GHT). O protocolo de treinamento físico (TF) foi composto por 4 séries de 10 saltos aquáticos, 3x/semana e sobrecarga de 50 da massa corporal, durante quatro semanas. Foi aplicado GH via intraperitoneal na dosagem de 0,2 UI/Kg para os grupos GHC e GHT e solução fisiológica (0,9 de cloreto de sódio) para o C e T. Ao final do experimento, os animais foram eutanasiados e retiradas amostras da tíbia e fêmur, além dos músculos Plantar e Gastrocnêmio. As tíbias e fêmures foram analisados por absorciometria radiológica de dupla emissão de raios X (DXA) para obtenção da densidade mineral óssea (DMO). Já amostras da tíbia serão analisadas por meio da espectroscopia Raman (Raman) para verificar a mineralização do osso cortical. Já as amostras do fêmur serão observadas a partir da microtomografia computadorizada (MCT). Além disso, amostras do fêmur e da tíbia serão analisados pela microscopia confocal (MC) para avaliação do osso trabecular. Por fim, será realizado o ensaio mecânico de compressão na porção média do fêmur para verificar a força máxima (F-max) e deformação óssea, por meio de uma máquina universal de ensaios mecânicos EMIC® 2000. Amostras do músculo Gastrocnêmio foram congeladas e serão coradas com hematoxilina-eosina (HE) para a mensuração da área de secção transversa (AST) e reação de nicotinamida adenina dinucleotídeo tetrazólio redutase (NADH-TR) para a análise da tipagem das fibras musculares. Já a quantificação proteica e expressão gênica serão estabelecidas pelas técnicas de "Western Blotting" e "PCR em Tempo Real" no músculo Plantar. Serão verificadas as vias de insulina e MTOR pelas seguintes proteínas: Proteína Alvo de Rapamicina em Mamíferos (mTOR), Fatores de Necrose Tumoral Alfa (TNF-a), Fator de Transcrição (NF-kB), Transportador de Glicose (Glut-4), Serina/Treonina Quinase total (AKT total), Proteína AKT (p-AKT), Proteína Ribossômica total (S6) e Proteína Ribossômica Isolada (p-S6). Após a obtenção dos dados, será realizado o teste de normalidade de Shapiro-Wilk e utilizada a análise de variâncias (ANOVA One-Way), seguido pelo pós-teste de Tukey ou o teste de Kruskal-Wallis, seguido pelo pós-teste de Dunn. Todos os procedimentos serão realizados com o software (SPSS 22.0®) e adotarão o valor de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 4687 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 5/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCO AUGUSTO SADA FILHO
PAULO HENRIQUE ALEIXO
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
EVERTON ALEX CARVALHO ZANUTO

Resumo:
O objetivo do presente projeto é avaliar o efeito de diferentes modalidades de treinamento físico na expressão gênica de Ghr e Igf2 nos testículos de ratos Wistar. Para tanto, serão utilizados os testículos colhidos de um experimento anterior já aprovado pelo CEUA. No projeto já realizado, foram utilizados 35 ratos, divididos em 5 grupos (n=7): Controle (C), Treinamento Aeróbio em Natação (TAN), Treinamento Resistido em meio aquático (TRA), Treinamento Aeróbio em Esteira Rolante (TAE) e Treinamento Resistido em Escalada (TRE). Os animais dos grupos TAN e TAE foram avaliados quanto a sua capacidade aeróbia por meio do teste de lactato mínimo (Lan), para determinação da carga de treinamento, os grupos TRA e TRE realizaram teste de força máxima para o mesmo fim. Após 4 semanas de treinamento os animais foram eutanasiados e os testículos foram colhidos e armazenados no freezer a -80oC. Os testículos armazenados serão triturados e o RNA extraído pelo protocolo do TRIzol®, será realizada a transcrição reversa e posteriormente o DNA complementar será analisado por qPCR. As análises das expressões gênicas relativas de Ghr e Igf2 serão realizadas testando 3 genes endógenos para a escolha de um normalizador da reação utilizando o programa NormFinder®. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 4548 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIANE DOS SANTOS BRUNO
ANDRESSA FERNANDA DE OLIVEIRA MAGALHAES
GABRIELA DA SILVA PINHO
PATRIK JUNIOR DE LIMA PAZ
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
ROBSON CHACON CASTOLDI

Resumo:
O hormônio luteinizante (LH), através de seu receptor, o LHR, desempenha papel essencial no controle de processos fisiológicos como, o desenvolvimento de folículos antrais, ovulação e manutenção luteal no ovário. Ainda que estudos relatem a importância desses receptores no desenvolvimento luteal na espécie bovina, a literatura ainda é escassa sobre os mecanismos reguladores da expressão do LHR no corpo lúteo bovino. Dentre os possíveis reguladores, destaca-se a participação dos microRNAs (miRNAs), como o mir-222, já descrito em ovários bovinos e com expressão negativamente correlacionado a abundância de LHR em células da granulosa. Adicionalmente, também merece destaque a possível regulação da expressão do LHR pela proteína ligadora de mRNA do LHR (LRBP), a qual ainda não foi descrita em tecido luteal na espécie bovina. Desta maneira, o presente projeto visa quantificar e localizar a expressão de LRBP por RT-qPCR e imunohistoquímica no corpo lúteo bovino, bem como investigar a presença e padrão de expressão do LHR e bta-mir-222 ao longo do desenvolvimento luteal. A compilação dos resultados obtidos junto a esta proposta pode ampliar os conhecimentos sobre o desenvolvimento luteal em bovino e quiçá prospectar melhores estratégias para aproveitamento do potencial reprodutivo de espécies de interesse econômico.

Protocolo: 4549 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO VICTOR RODRIGUES AMORIS
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
O número de leitões nascidos por fêmea ao ano é um importante indicador de produtividade e a mortalidade de leitões pode ser reduzida com o acompanhamento do parto. A indução do parto normalmente é realizada no 113º dia de gestação por meio da aplicação de prostaglandinas F2&#945; ou seus análogos. Leitões mais pesados têm mais chances de chegar ao desmame e seguir para as etapas seguintes. Portanto, o peso da leitegada é um indicador de eficiência em uma granja. Sabendo que o desempenho dos leitões pode ser influenciado por diferentes variáveis, o objetivo desse trabalho será avaliar o impacto da indução do parto com cloprostenol sódico sobre o peso da leitegada ao nascer. Junto a isso será investigado se o escore corporal das fêmeas também é capaz de influenciar o peso dos leitões no nascimento. Para tanto, será realizada análise retrospectiva do banco de dados de uma granja suinícola localizada no Município de Brasilândia-MS, onde serão analisados dados provenientes 134 de fêmeas da raça C20 e TN70 (F1 do cruzamento da raça Landrace com Large White) divididas equitativamente em dois grupos: indução do parto com cloprostenol sódico e controle. A dose de cloprostenol sódico utilizada para induzir o parto é de 0,5 ml (0,265mg por ml) por via submucosa vulvar (protocolo adotado pela granja em questão). Os leitões nascidos foram pesados com auxílio de uma balança digital e classificados em vivos, natimortos e mumificados. Atendendo a rotina de registros da propriedade em questão. Para a análise estatística será realizado um delineamento inteiramente casualizado com dois tratamentos (fêmeas induzidas e não induzidas). Quanto aos parâmetros de peso dos leitões serão utilizadas 15 repetições. Os dados serão submetidos ao teste paramétrico ANOVA e quando houver diferença será realizado o teste de Tukey em um nível de significância de 5 (P<0,05) por meio do software Graph Pad Prism (versão 5).

Protocolo: 4517 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 7/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CELSO AMBROZIO NETO
ADRIANO FELIPE MENDES
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
CLAUDIO DONIZETE DA SILVA JUNIOR

Resumo:
A pressão arterial, em conjunto com a frequência cardíaca, frequência respiratória e temperatura, institui os quatro sinais vitais primários, tratando-se de uma unidade importante na hemodinâmica. Sua avaliação faz-se imprescindível na monitoração anestésica, bem como na avaliação de pacientes portadores de doenças sistêmicas, sendo útil no diagnóstico, tratamento e acompanhamento de inúmeras doenças. A pressão arterial (PA) pose ser aferida pelo método direto (invasivo) ou indireto (não invasivo). Enquanto o método invasivo necessita de uma técnica mais elaborada, o método indireto, ganhou destaque por possuir uma técnica simples e rápida, visando uma maior praticidade na rotina clínica. Serão utilizados 15 cães, machos, adultos, submetidos ao procedimento de orquiectomia. A pressão arterial será aferida através do Doppler vascular e do aparelho oscilométrico PetMAP. Os animais serão avaliados em duas etapas, a primeira depois da tranquilização com acepromazina 0,2 e tramadol e a segunda depois da indução anestésica com propofol. Na primeira etapa os animais serão posicionados em decúbito lateral direito e a pressão arterial será aferida no membro anterior, no membro posterior e na base da cauda, primeiro com o Doppler vascular depois com o PetMAP. Na segunda etapa o animal será posicionado em decúbito dorsal e o processo para aferir a pressão arterial será repetido.

Protocolo: 4509 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 4/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA CLARA ALMEIDA SEGANFREDO DA COSTA
GABRIELA DA SILVA PINHO
LETICIA MARIA DE LIMA CERAZO
Professor(es): GLAUCIA PRADA KANASHIRO

Resumo:
Atualmente a ovinocultura tem ganhado espaço no território nacional e com isso aumentaram-se os estudos a respeito do comportamento materno durante o parto e as características do leite das ovelhas. O desenvolvimento da cria está relacionado com a habilidade materna da ovelha e a qualidade do colostro ingerido. Compreender como a matriz se comporta no parto e pós parto, garantindo os cuidados com o cordeiro e qualificar e quantificar as proteínas contidas no leite determinará o desenvolvimento da cria, seja nutricional e/ou imunológico e caracterizará a matriz com boa ou ruim habilidade materna. Com isso o objetivo do presente trabalho será analisar o comportamento de ovelhas ao parto e o proteinograma do leite do nascimento ao sessenta dias. Serão utilizadas 15 ovelhas cruzadas Dorper para analisar o parto e a concentração de proteínas, por meio de proteinograma de leite desde a 1ª semana até 60 dias de lactação, quando os cordeiros serão desmamados. Nas ovelhas serão analisados: condição corporal, idade ao parto, integridade do úbere e tetos, duração do parto, temperatura corporal da ovelha e do úbere, número, sexo e peso dos fetos. No cordeiro serão avaliados: temperatura corporal antes e após a mamada, peso ao nascer e a desmama, além de contabilizar a taxa de sobrevivência de cordeiros no lote. A temperatura será coletada por termômetro de infravermelho. Quanto a proteinograma, serão analisados o leite de um total de 15 animais em diferentes fases da lactação e será coletado ao mínimo 1,5 ml de leite por animal. No dia da análise, o leite deverá ser descongelado em banho-maria, homogeneizado e retirado o soro por meio da adição de quimosina. O soro por fim será submetido a eletroforese para determinação das proteínas totais e fracionadas. Os dados serão apresentados na forma de estatística descritiva com média e desvio padrão da média.

Protocolo: 4508 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 3/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA FRANCO PIN MUNHOZ
THAMIRIS DA CRUZ SANTANA
LETICIA ALVARES PEDROSA
CAROLINA TROMBINI OLIVEIRA
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE

Resumo:
A Coxielose é uma zoonose veiculada por contato com ruminantes portadores com alta prevalência em países da Europa e Ásia. No Brasil, os estudos de prevalência são escassos e insuficientes para caracterizar a epidemiologia da enfermidade. O prsente estudo pretende utilizar amostras de soro bovino estocadas sob congelamento, no laboratório de microbiologia da Unoeste, utilizadas no diagnóstico de brucelose bovina, para avalair a soroepidemiologia da coxielose nestes animais. Serão avaliadas 98 amostras de soro bovino por ensaios imunoenzimáticos, com kit importado (BIO K Bio-X DiagnosticsTM Coxiella burnetiii ELISA Kit), comercializado no Brasil pela empresa VP diagnóstico. O teste é baseado na detecção de anticorpos anti-Coxiella (teste indireto). O teste será inteiramente conduzido conforme instruções do fabricante., no qual serão realizadas leituras das densidades ópticas dos controles positivo e negativo, com cálculo do coeficiente de leitura segundo a fórmula: CL =100 x (OD amostra - OD soro controle negativo) / (OD soro positivo- OD soro negativo). Serão consideradas amostras negativas, as que apresentam coeficiente > 37 e positivas > 37. De posse dos dados, a concordância entre animais positivos para brucelose e coxielose será avaliada mediante índice de concordância Kappa. A prevalência de Coxielose será estimada por inferência bayesiana. De posse dos dados, as implicações em saúde pública serão discutidas.

Protocolo: 4491 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 10/2018 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HENRIQUE SALESI RAMOS
MAYKON RAMOS BRASILEIRO
Professor(es): LUIS CARLOS VIANNA
ROGERIO GIUFFRIDA
ANDRÉ FELLIPE FREITAS RODRIGUES

Resumo:
Objetiva-se avaliar a eficácia analgésica da técnica Nova Craniopuntura de Yamamoto (NCY) como adjuvante no controle da dor pós-operatória em cadelas. Serão avaliadas 20 cadelas, encaminhadas para mastectomia unilateral radical e ovariosalpingohisterectomia, que serão distribuídas em dois grupos de dez animais cada: GY: inserção de agulhas bilateralmente nos pontos B, C, D e E determinados pela técnica NCY; GC: não será feito nenhum estímulo com acupuntura. Em todos os animais a medicação pré-anestésica será realizada com morfina (0,3 mg kg-1) por via intramuscular (IM). Vinte minutos após, será iniciada a infusão contínua intravenosa (IV) de morfina (0,1 mg kg-1 h-1), que será mantida até o término do procedimento cirúrgico. A indução e manutenção anestésicas serão realizadas com propofol (4 mg kg-1, IV) e isofluorano, respectivamente. Meloxicam (0,2 mg kg-1, IV), será administrado cinco minutos antes da incisão cirúrgica. Durante o procedimento anestésico serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, oxicapnografia, temperatura esofágica, concentração final inspirada e expirada de isofluorano. No período pós-operatório o grau de analgesia será mensurado 30 minutos, 1, 2, 4, 8, 12, 18 e 24 horas após a extubação traqueal utilizando-se a Escala Analógica Visual (EAV) e a Escala Composta de Glasgow Modificada (ECGM). Analgesia de resgate será feita com morfina (0,5 mg kg-1 IM) em casos do escore de dor ser superior a 50 do EAV e/ou 33 do EGM. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 4481 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA PAULA SOUZA COSTA
CAROLINA DE CARVALHO BACARIN
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
A produção in vitro de embrião (PIVE) tornou-se uma das principais técnicas reprodutivas empregadas no melhorameno animal no Brasil, e raças zebuinas impulssionaram pela alta população folicular que elas apresentam. Oócitos de bovinos são bons para avaliação do desenvolvimento embrionário, pela sua alta disponibilidade, seja ela, por ovum pick-up (OPU) ou por ovários obtitos em frigoríficos. O processo de produção possui três etapas: maturação (MIV), fertilização (FIV) e cultivo (CIV). Os meios de cultura melhoram significativamente nos últimos anos, e sua composição afeta diretamente no processo de maturação e subsequente resultado de produção e qualidade embrionária. O processo de maturação é responsável pela competência do oócito em alcançar a metáfase II, que depende da interação de diversos fatores, como os hormônios esteróides. A androstenediona (A4), um exemplo deste tipo de hormônio, é sintetizada pelas células da teca e contribui para a função reprodutiva da fêmea. O mecanismo dos esteróides em afetar a maturação é pobremente compreendido. A4 é percusora da testosterona (T) e estrógeno, que podem desempenhar papel sustentável na MIV. Alguns estudos feitos para identificar seus efeitos, tiveram-na adicionada ao meio de maturação do oócito. Foi identidicado que ela promove manutenção do oócito bovino pela competênncia meiótica. Testosterona, proveniente do metabolismo da A4, contida no fluido folicular, pode exercer efeito no sexo dos embriões produzidos através da PIVE. Uma hipótese é de que, oócitos que estão contidos em meios com alta concentração de testosterona, são fertilizados, na maioria das vezes, por espermatozóides Y (que dão origem à um embrião macho). Visto isso, complexos cumulus-oócitos bovinos serão obtidos de ovários de frigorífico situado no município de AssisSP e, maturados em duas diferentes concentrações de A4 (baixa: 337,5 ng/ml; alta: 562,5 ng/ml). Após processo de maturação, os mesmo serão fertilizados e se avaliará o sexo dos embriões no segundo dia de cultivo (total de sete dias); e, também, avaliação da qualidade embrionária e taxa de blastocisto ao final do cultivo. Espera-se que a adição da androstenediona no meio de maturação possa ajudar na qualidade e produção dos embriões, tendo uma maior prevalência de embriões machos.

Protocolo: 4463 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 3/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VICTOR AUGUSTO VIEIRA DE LIMA
VALSAIR DE MATOS PESSOA
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
O estudo tem como objetivo analisar a contaminação de vias públicas e a prevalência da contaminação de cães domiciliados e o impacto do tratamento anti-helmíntico de cães por agentes de larva migrans (Toxocara spp. e/ou Ancylostoma spp.). O presente estudo será vinculado ao projeto de Extensão Castração é a Solução (Proext 06356/17), realizado nos bairros Morada do Sol e Jardim Belo Galindo, Presidente Prudente, São Paulo, que visa o controle populacional de cães e gatos. No período de Fevereiro a outubro de 2018, amostras de fezes de cães presentes em vias públicas serão coletadas por um período de 60 dias. Os moradores do bairro serão visitados e convidados a participar do projeto através de um questionário sócio-sanitário de seus cães e também receberão um coletor de fezes para armazenamento das amostras dos cães. Todas as amostras de fezes serão analisadas pelo método de Gordon e Whitlock, modificado, para avaliação da presença de ovos de agentes de larva migrans e contagem de ovos. As casas cujos cães apresentarem positividade para Ancylostoma spp. e/ou Toxocara spp. serão revisitadas e os animais infectados serão tratados, por via oral, com Praziquantel na dose recomendada pelo fabricante. Decorridos 30 dias do tratamento anti-helmíntico, novas amostras de fezes dos animais serão colhidas para avaliação da eficácia do produto. No mesmo período, amostras de fezes das vias públicas serão recoletadas para avaliar impacto do tratamento anti-helmíntico na contaminação ambiental. Todas as comparações serão realizadas com auxílio do programa Biostat 5.0 e com nível de significância de 5. Para finalização do projeto, será realizado um trabalho educativo junto à comunidade, para conscientização da população do bairro.

Protocolo: 4512 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA APARECIDA DALSASS PETRI YODA
OTAVIO GUALDI SGUARIZI CORREA
MAURILIO FRATTINI PALACIO
AMANDA BEATRIZ NOVAIS
THAYNA DE ARAUJO FRANCISCO
DAYANE RIBEIRO TIMOTEO
SARA BERTOZO BEZERRA DA SILVA
MARIA NUARA CALDAS LONGO
ISABELLE MARIA SOARES COSTA
VINICIUS DOS SANTOS ROSA
JESSICA SCAION
ALANA SILVA BOTELHO
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
O objetivo deste estudo será avaliar a eficácia da levobupivacaína em comparação com a lidocaína, na anestesia e analgesia pós cirúrgica de cães submetidos a orquiectomia. Em uma orquiectomia podemos fazer o bloqueio através do cordão espermático, onde as fibras nervosas podem ser bloqueadas por injeções de anestésicos locais. Ao realizar a anestesia local pré-operatória temos uma diminuição da sensibilidade no sistema nervoso local e central e anulação da resposta de dor durante a cirurgia, podendo ser notada pela menor concentração de cortisol e das flutuações cardíacas. A levobupivacaína é propicia em casos onde é necessário alto grau de analgesia. Ela é um anestésico local comumente indicado para infiltrações. Bardsley et al., Morrison et al., E Huang et al. chegaram a conclusão que houve uma diminuição significativa nos efeitos cardiovasculares e na toxidade no sistema nervoso central apresentando um tempo maior de bloqueio sensitivo. Serão utilizados 30 animais divididos em 3 grupos: G1: bloqueio com solução fisiológica; G2 bloqueio com lidocaína 2 com vasoconstritor, G3 bloqueio com levobupivacaína 0,5 com vasoconstritor. todos os animais serão pré-medicados com acepromazina 0,2 (0,05 mg/kg) associado a morfina (0,5 mg/kg), posteriormente serão anestesiados com propofol (5mg/kg) e então será realizado o bloqueio no cordão espermático. Após o término os animais serão avaliados em relação a dor, por 8 horas consecutivas, baseando-se na escala analógica visual e escala de Glasgow. Durante o procedimento cirúrgico serão avaliados os seguintes parâmetros: frequência cardíaca, frequência respiratória, pressão arterial e oximetria de pulso.

Protocolo: 4456 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO HENRIQUE DA SILVA FILHO
KARINE MARIELE GUIMARAES DE CASTRO
RAPHAELA PRIMOLAN ROCHA
JOSE SERGIO COSTA JUNIOR
MURILO VIEIRA LANDIM
Professor(es): GLAUCIA PRADA KANASHIRO

Resumo:
O presente projeto reflete a importância em se investigar o efeito do treinamento intervalado de alta resistência (HIIT), sobre a morfologia espermática e a espermatogênese de ratos espontaneamente hipertensos (HSR), com o objetivo de estudar se ocorrerá ou não alterações na morfologia dos espermatozoides, na espermatogênese e ainda correlacionar a influência do HIIT sobre a modulação dos efeitos negativos da hipertensão e se poderá ser indicado para indivíduos hipertensos. Para isso foram colhidos os espermatozoides do ducto deferente e testículos de ratos de um outro experimento com hipertensão espontânea (SHR), machos, adultos. Metade dos SHR foram submetidos ao HIIT, de acordo com o protocolo elegido. Como controle positivo foram utilizados ratos da linhagem Wistar-Kyoto sem hipertensão. Após o período do experimento, os ratos foram mortos e os espermatozoides do ducto deferente foram refrigerados para posterior análise morfológica. Os testículos foram colhidos para histologia testicular. Os resultados serão analisados quanto ao pressuposto de normalidade empregando-se o teste de Shapiro-Wilk; as variáveis com distribuição paramétrica serão submetidas ao teste análise de variância (ANOVA) para comparar as médias dos três grupos, seguida do teste de Tukey.

Protocolo: 4418 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 3/2020 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): NATHALIA FRANCO PIN MUNHOZ
LARA MARIA VASCONCELLOS GUIMARAES
THAYNA FERNANDA PEREIRA DE GODOY
RODOLFO DAHLEM MELO
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
GISLAINE DA SILVA RODRIGUES
PAULO HENRIQUE GUILHERME BORGES
KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
MARGARETE JARDINETTI DE OLIVEIRA
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
FRANCIS LOPES PACAGNELLI
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
A nutrição tem impacto em várias funções reprodutivas, como secreção de hormônios. O início da puberdade e a manutenção da função reprodutiva estão fisiologicamente ligados à nutrição e à condição corporal. A subnutrição mostrou atrasar o desenvolvimento embrionário durante as primeiras 2 semanas após a fertilização e aumentar a mortalidade embrionária nas primeiras 2 semanas de prenhez. Em ovelhas, dietas de baixa energia diminuíram as taxas de clivagem em comparação com dietas de alta energia. Avaliações de parâmetros sanguíneos dos animais pode apresentar alterações em decorrência de variações inerentes aos animais, como a alimentação, genética, idade, sexo e ambiente. Carências nutricionais podem ser verificadas pelos constituintes bioquímicos do sangue. A uréia constitui a principal forma pela qual o organismo dos mamíferos elimina o nitrogênio após o catabolismo proteico. Sua dosagem fornece dados relativos ao nível de proteína na dieta, ao funcionamento renal, e pelo nível nutricional. O colesterol é precursor de hormônios esteróides, vitamina D e ácidos biliares, sendo componente das membranas celulares e micelas biliares. Em ovinos, a restrição alimentar ocasiona a toxemia em ovelhas gestantes e pode levar a morte da matriz e dos fetos. Os níveis de triglicerídeos plasmáticos estão aumentados depois de ingerir alimentos ricos em gordura. Desta forma, o presente trabalho será desenvolvido para avaliar o efeito da subnutrição na bioquímica sérica na puberdade de cordeiras. Serão utilizadas 20 cordeiras recém desmamadas, com idades entre 90 a 120 dias e peso inicial de aproximadamente 20 kg. Todas as cordeiras serão mantidas em pastagem de Panicum maximum cv. Tanzânia com acesso a água e sal mineral ad libitum. As cordeiras estarão a pasto em módulo de rotacionado em área de 0.8 hectares, com 4 piquetes de aproximadamente 2.000 m2, permanecendo por 9 dias a cada piquete com período de descanso do capim de 27 dias e área de pastagem de 22 m2 por animal por dia, de maneira que o grupo controle (n = 10 ovelhas) receberá uma dieta de manutenção que atenderá 100 das exigências nutricionais diárias durante o desenvolvimento das cordeiras, e o grupo das subnutridas (n = 10 ovelhas) receberão 60 da dieta de manutenção. O grupo controle receberá a dieta até por no mínimo 12 semanas ou até que atinjam 70 do peso adulto, já para o grupo subnutridas este tempo será variável pois a puberdade esta relacionada ao peso corporal e este grupo provavelmente levará mais tempo para atingir o peso de puberdade. Amostras de sangue para dosagem de colesterol total, triglicérides e uréia serão coletadas uma vez por semana no dia anterior ao início do tratamento nutricional até o final do experimento.

Protocolo: 4393 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 2/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MYLENA MACHADO GUABERTO
GABRIELA AZENHA MILANI SORIANO
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
O corpo lúteo (CL) é uma glândula temporária que se forma após a ovulação e é a estrutura ovariana responsável pela manutenção inicial da gestação. Durante a ovulação ocorre a ruptura da membrana folicular e a expulsão do oócito, formando uma cavidade que imediatamente é invadida por linfa e sangue, e pelas células remanescentes do folículo ovulado. Neste processo, as células da teca interna e da granulosa sofrem o processo denominado luteinização, quando adquirem a capacidade de produção de progesterona. O CL se desenvolve a partir dos tecidos do folículo ovulatório por remodelação e crescimento, com liberação de proteases que destroem o componente colágeno da parede do folículo. O mecanismo de remodelação do tecido pelo qual o CL é formado é pouco descrito, principalemnte no que diz respeito aos componentes da matriz extracelular lútea ou suas origens celulares. Por esse motivo a análise fractal faz-se como ferramenta útil com o objetivo de identificar e quantificar alterações teciduais. Baseando-se nisso, este projeto objetiva analisar o remodelamento tecidual e quantificar o colágeno durante o desenvolvimento do CL bovino, por meio da coloração de lâminas histológicas com Hematoxilina-Eosina, Picrosirius-Hematoxilina e analisadas através da Dimensão Fractal. Os achados da presente proposta permitirão um melhor entendimento dos processos biológicos envolvidos na dinâmica do tecido luteal.

Protocolo: 4336 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 3/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VICTOR AUGUSTO VIEIRA DE LIMA
PAOLA FRANCINI FAVERO
Professor(es): FRANCIS LOPES PACAGNELLI
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A própolis verde é um produto natural produzido por abelhas e usado extensivamente em alimentos, bebidas e fármacos com benefícios significativos para a saúde humana e animal. A própolis verde tem efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e analgésicos que podem ser úteis na cicatrização de feridas. A cicatrização de feridas consiste em perfeita e coordenada cascata de eventos celulares, moleculares e bioquímicos que interagem para que ocorra a reconstituição tecidual. O presente estudo tem como objetivo, padronizar em coelhos feridas dérmicas experimentalmente induzidas e avaliar a própolis verde no processo de reparação e cicatrização. Trinta coelhos serão distribuídos em dois grupos, controle e tratado com quinze animais cada um, e será induzida experimentalmente três lesões de diferentes formas, circular, quadrada e elíptica na região cervical dorsal. As lesões do controle serão tratadas com solução de cloreto de sódio 0,9 e do grupo tratado com a própolis verde, duas vezes por semana durante 21 dias. Será realizada a avaliação morfológica, morfométrica, histológica e fractal. Na estatística será realizada análise descritiva dos dados, através do cálculo de medidas como média e desvio-padrão e construção de tabelas e gráficos de barras, para analisar os resultados do tratamento aplicado nos coelhos e também dos diferentes tipos de ferida. Depois, será aplicado um teste de comparações múltiplas para comprar os resultados obtidos nos dois grupos. Será adotado nível de significância de 5.

Protocolo: 4333 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 11/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA BEATRIZ BARILLI NOGUEIRA
BEATRIZ APARECIDA DA SILVA CALIXTO
DEBORA DA SILVA ALVES
THAYNA FERNANDA PEREIRA DE GODOY
LIDELCI FIGUEREDO BENTO
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
Estudos têm sido feitos para verificar os efeitos do uso do plasma rico em plaquetas (PRP) e a sua contribuição não só para o processo hemostático, mas também para cicatrização de feridas por meio da liberação de fatores de crescimento que têm propriedades de indução de regeneração tecidual. Muitas evidências também estão se mostrando favoráveis ao uso tópico de estatinas em lesões de pele, pois modifica de forma positiva o fluxo sanguíneo basal tecidual e as medidas da função neurovascular. No entanto, embora tenha ocorrido uma profunda redução do perfil lipídico, não está claro se este efeito está envolvido no aumento do fluxo sanguíneo e diminuição dos escores de neuropatia e por conseqüência uma melhora no processo de cicatrização. Neste sentido, o presente estudo irá analisar as características macroscópicas e morfológicas de feridas de coelhos após tratamento com associação do PRP e rosuvastatina. Serão utilizados 8 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos, tratados ou não com associação de rosuvastatina a 1,2 gel e FRP. Para confecção das feridas será utilizado um punch de 8mm, tanto na região dorsal esquerda como direita. A pele será retirada com auxílio de uma pinça anatômica, preservando a musculatura. A ferida considerada controle será tratada com solução de cloreto de sódio a 0,9® e as demais serão tratadas com o PRP isolado e associado à rosuvastatina. Em seguida será colocado um curativo sobre todas as feridas utilizando ryon estéril e curativo adesivo (Band Aid&#61650;). A primeira troca dos curativos será feita 3 dias após a indução das feridas e este segundo curativo permanecerá por mais quatro dias. A partir disso, as trocas ocorrerão a cada 4 dias até completarem 16 dias de experimento. No 170 dia, será feita a biópsia para avaliação do tecido cicatricial, que será submetido às análises histopatológicas. A análise estatística seguirá o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS), sendo consideradas diferenças significativas quando P<0,05.

Protocolo: 4332 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 10/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): YURI FERREIRA VICENTINI
NATHALIA GONZAGA DE OLIVEIRA FERREIRA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Avanços científicos estão sendo alcançados com o uso da fibrina rica em plaquetas (FRP) e da rosuvastatina (RSV) na cicatrização. O estudo proposto tem como objetivo avaliar a expressão imuno-histoquímica de fibras colágenas tipo I e tipo III produzidas quando da utilização da FRP, da RSV e da associação de ambas em feridas cirúrgicas que serão experimentalmente induzidas no dorso de coelhos, denominadas controle (ferida A), tratada com FRP (ferida B), tratada com RSV (ferida C) e tratada com associação de FRP e RSV (ferida D). Serão utilizados 8 coelhos machos, clinicamente hígidos da raça Nova Zelândia. O tratamento com a FRP e RSV será realizado nos dias 3, 7, 10 e 14 dias. As feridas controle receberão cloreto de sódio 0,9. No 17º dia, será feita coleta de amostras de pele para realização de análise histológica e imuno-histoquímica. A avaliação do efeito dos tratamentos a partir da quantificação da reação antígeno-anticorpo alvo será realizada com o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS) a partir do teste de normalidade dos dados e de homogeneidade de variâncias entre grupos. Caso a distribuição dos dados seja normal ou não-normal, os efeitos serão testados por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os testes de Tukey ou de Dunn serão utilizados para a comparação caso sejam indicadas diferenças por ANOVA ou Kruskal-Wallis, respectivamente. Os dados serão demonstrados por média ± EPM. Diferenças serão consideradas significativas quando P<0,05.

Protocolo: 4320 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 2/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): YURI FERREIRA VICENTINI
MARIA ROSA SANTOS BREDA
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A toxocaríase é uma zoonose causada principalmente pela ingestão de ovos embrionados ou larvas infectadas de nematódeos do gênero Toxocara spp., mas pode também ser transmitida pelo consumo de carne crua/mal cozida de hospedeiros paratênicos (ovinos, coelhos, bovinos, e aves). Esses hospedeiros paratênicos podem também ser dispersores de ovos no ambiente. A transmissão de zoonoses parasitárias pelo consumo de peixe cru tem sido objeto de vários estudos. Entretanto, a literatura é escassa no que se refere ao papel de peixes na cadeia epidemiológica da toxocaríase. Este estudo experimental tem como objetivo avaliar o potencial de peixes como agentes de dispersão de ovos de T. canis no meio ambiente. O modelo utilizará 20 tilápias-do-Nilo, sendo 15 infectadas com 300 ovos de T. canis, e um grupo controle (GC; n= 5 peixes). Os peixes serão mantidos individualmente em aquários. Para avaliação de uma provável migração das larvas, 3 peixes infectados e um do GC serão mortos após 16h, 24h, 48h, 72h e 10 dias pós-infecção. A água do aquário será filtrada em tamises (300, 212 e 38 &#956;m) e centrifugada (25000 rpm; 5 minutos), para avaliação da presença do parasito. A infectividade dos ovos recuperados na água dos aquários será avaliada mediante bioensaio em camundongo Swiss albino (um animal para cada momento de análise dos aquários), com a observação de larvas no fígado após 72 de infecção. Os dados obtidos serão avaliados pela a análise de variância (ANOVA), considerando-se nível de significância de 5.

Protocolo: 4299 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 2/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELE SANTOS GARCIA
ISABELLA BRAGHIN FERREIRA
EVERTON ANDRE DE OLIVEIRA
YSLLA FERNANDA FITZ BALO MERIGUETI
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM
ROSEMEIRE DE SOUZA SANTOS

Resumo:
Os índices reprodutivos das fêmeas Bos taurus indicus pode ser otimizado com a adição de ácidos graxos poli-insaturados (AGPI) na dieta. O ácido linoleico, um AGPI conhecido como ômega 6, tem grande importância na esfera reprodutiva. Foi evidenciado que a adição deste componente na dieta de fêmeas zebuínas eleva as taxas de prenhez. Supõe-se que esse ganho aconteça por elevação na qualidade do oócito e/ou embrião. Os AGPI ingeridos são transformados, em sua maioria, em ácidos graxos saturados (AGS) pela microbiota ruminal. Esse processo de transformação sofre influência de diversos fatores como por exemplo: tipo de alimento utilizado como fonte de AGPI, composição da microbiota ruminal, quantidade de alimento ingerido, idade/categoria do animal, nível de produção da fêmea e composição do alimento ingerido junto com as fontes de AGPI. Os resultados reprodutivos em resposta à adição de AGPI na dieta mostrados na literatura apresentam grande variação, o que pode ser consequência dos fatores apontados. Como alternativa, propõe-se a adição dos AGPI nos meios de maturação de oócitos e cultivo de embriões bovinos realizados in vitro. Tal suplementação tem mostrado resultados conflitantes em relação à sua eficiência. Sugere-se que os benefícios resultantes da suplementação com AGPI não estão relacionados com a quantidade e sim com a qualidade dos embriões, sendo capaz de induzir maior criotolerância, por exemplo. É possível que essa melhora qualitativa seja decorrente de fatores como: diferença na expressão gênica, alteração na composição lipídica e organização da estrutura, dentre outros. A hipótese deste trabalho é que a adição de ácido linoléico conjugado (ALC) nos meios de maturação oocitária e/ou de cultivo embrionário seja capaz de melhorar a qualidade embrionária. Assim, o objetivo do presente estudo é investigar o efeito da adição de ALC em diferentes etapas da produção in vitro de embriões (PIVE) de vacas da raça Nelore (Bos taurus indicus). Os oócitos serão recuperados de ovários de fêmeas Nelore recolhidos em abatedouros e distribuídos nos seguintes grupos de maturação: meio MIV; meio CIV; meio MIV acrescido de ALC; meio CIV acrescido com ALC. Os oócitos serão maturados com ou sem ALC de 20 a 22 horas. Uma parte dos oócitos será corada com Hoechst 33342 para avaliação da maturação nuclear e outra será submetida à fertilização in vitro (FIV). Após a FIV, os possíveis zigotos provenientes dos diferentes grupos de maturação oocitária serão distribuídos nos grupos de cultivo: meio CIV (SOF); meio CIV acrescido de ALC. Os embriões serão cultivados por 7 dias e, após esse período, serão avaliados por coloração diferencial com Hoechst e iodeto de propídeo (IP). Os embriões serão avaliados quanto à porcentagem, estádio de desenvolvimento e qualidade no dia 7 pós FIV.

Protocolo: 4298 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 3/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELLE FIGUEIREDO JUNKER
ADRIANO FELIPE MENDES
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA

Resumo:
O hormônio do crescimento (GH) é frequentemente utilizado de forma indiscriminada por indivíduos que buscam um melhor desempenho físico, com finalidade de aumentar a massa muscular, o que pode levar a efeitos não desejados no organismo. Até o momento, não foi investigado o uso frequente de GH combinado ao exercício físico na expressão de genes na gônada feminina. O objetivo do presente projeto é investigar a expressão gênica relativa do GHR em ovários de ratas Wistar que foram submetidas ao uso do GH associado ou não ao exercício físico, como modelo experimental de humano. Para tanto, 40 ratas foram divididas em um outro projeto anterior (1014) em 4 grupos: CT (grupo sem exercício físico e sem administrar GH), GH (grupo sem exercício físico e com administração de GH), Ex (grupo com exercício físico e sem administração de GH) e ExGH (grupo com exercício físico e com administração de GH). Os ovários armazenados em TRIZOL serão utilizados para a expressão relativa do GHR por RT-qPCR. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 4269 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 7/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDREA SATIKO MURATA
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
GISLAINE DA SILVA RODRIGUES
PAULO HENRIQUE GUILHERME BORGES
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
O prebiótico é seletivamente utilizado por microrganismos hospedeiros, conferindo benefícios à saúde, pois os mesmos reduzem a adesão dos microrganismos na parede intestinal, por meio de exclusão competitiva por ligação seletiva das fímbrias tipo 1, prevenindo assim, a adesão dessas bactérias na mucosa e promovendo a eliminação do agente, juntamente com o conteúdo fecal. Estudos in vitro tem avaliado qualitativamente o potencial aglutinante de prebióticos, frente a diferentes agentes patogênicos entéricos, incluindo Escherichia coli, porém a imprevisibilidade do método utilizado torna-se um grande obstáculo na precisão da interpretação, uma vez que se baseia na avaliação em cruzes da capacidade aglutinante do prebiótico às bactérias, ficando portanto a mercê da subjetividade do avaliador. Diante desse cenário, o objetivo deste estudo será o de padronizar um teste quantitativo para avaliar a capacidade in vitro de aglutinação de três diferentes prebióticos, mananoligossacarídeos (MOS), a cepas de Escherichia coli isoladas de casos de diarreia infantil, de crianças de 0 a 5 anos de vida. O potencial de ligação de três marcas diferentes de MOS em cepas de E. coli, será obtido por meio de testes de aglutinação com os mananoligossacarídeos, posteriormente filtrados com um microfiltro. As bactérias serão cedidas por laboratórios de diagnóstico privados e públicos e reisoladas em meios de cultura para confirmação de E. coli e sorogrupadas por meio de sorodiagnóstico com anti-soros direcionados contra antígenos somáticos (O). Para avaliar a expressão das fímbrias tipo 1 será realizado o ensaio de microhemaglutinação com suspensões de hemácias de cobaio a 1 em presença e na ausência de D-manose 1 e logo em seguida se fará os estudos para a padronização da técnica de análise quantitativa da aglutinação de diferentes MOS. Para estimar a contagem bacteriana total (CBT) por volume (mL) de fluído filtrado, será calculada a média das contagens do conjunto de três placas, multiplicando o valor pela recíproca da diluição correspondente. As médias de CBTs sofrerão transformação logarítmica na base 10 para normalização dos dados. Pressupostos de homogeneidade de variâncias e normalidade de dados serão validados, respectivamente, pelo teste de Levene e Shapiro-Wilk. Variáveis homocedásticas devem ser comparadas por análise de variância em uma via (ANOVA one-way), com contrastes pelo método de Tukey. Variáveis heterocedásticas serão comparadas com ANOVA one-way com aplicação da correção de Welch contrastes pelo método de Games-Howell. As correlações entre CBTs, Títulos hemaglutinantes, áreas e perímetros dos glóbulos serão avaliados pelo teste de correlação de Pearson. Todas as análises devem ser conduzidas no software R, considerando-se probabilidade de erro tipo 1 < 5.

Protocolo: 4308 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 1/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): NADIELE TAISE MASSARANDUBA
VIVIANE FERREIRA PAIANO
PAULA MARIOTO PEREZ
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIO GIUFFRIDA
ROGERIA KELLER

Resumo:
Os efeitos da nutrição em animais machos, alimentados com dietas hipercalóricas é geralmente relatado em testes de desempenho animal,onde o aumento da ingestão de energia e proteína promove ganho de peso, induzindo a uma elevação na frequência de picos de alguns hormônios, dentro de poucos dias, de forma que os ácidos graxos da dieta são degradados a núcleos de esterol, os quais, servem de base para a síntese da testosterona.Os probióticos são suplementos a base de cultura de microorganismos, que atua de forma benéfica promovendo a microbiota intestinal. A sua utilização na produção animal tem como principal função obter melhores índices de desempenho zootécnico, aumentando a produtividade e reduzindo os custos de produção. Sendo assim o objetivo do trabalho será avaliar o nível de testosterona durante o período de confinamento, de cordeiros Texel suplementados com dois diferentes probióticos. As amostras de sangue colhidos, serão analisadas através de kits comercias, em laboratório credenciado conveniado com a Unoeste. Para a comparação das médias entre os diferentes momentos de coletas de dados dos dados relativos à testosterona serão realizadas análises de variância, com posterior comparação de médias pelo teste de Tukey, estabelecendo-se para todos os testes um nível de significância de &#945; = 5. ovinos, hormônio, puberdade, Sacharomyces cerevisae

Protocolo: 4387 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EMERSON FERREIRA DE OLIVEIRA
DANILO PEREIRA DA SILVA
Professor(es): MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
A mensuração da pressão intraocular (PIO) é importante no diagnóstico de oftalmopatias que podem levar à cegueira irreversível, como aquelas que podem levar ao seu aumento como o glaucoma, ou à sua diminuição como as uveítes. O diagnóstico é realizado principalmente com o uso de tonômetros que aferem a PIO, sendo a tonometria de aplanação portátil a mais realizada na Veterinária. Na Medicina Veterinária os tonômetros portáteis mais usados são o Tono-Pen Avia Vet (aplanação) e o Tonovet (rebote), na Medicina Humana são o Perkins e o Kowa HA-2 (aplanação pela metodologia de Goldmann). Recentemente, foi lançado outro modelo do Tonovet, o Tonovet Plus. Desta maneira, o objetivo deste projeto será comparar e avaliar a acurácia destes tonômetros com diferentes metodologias de mensuração da PIO nessa espécie. Para avaliar a acurácia dos tonômetros TonoVet, TonoVet Plus, Tono-Pen Avia Vet e Kowa HA-2 será realizado o estudo post-mortem comparando os valores da PIO real por meio de manometria ocular elevando-se artificialmente a PIO de 5 em 5 mmHg até alcançar 90 mmHg (590 mmHg) com os valores da leitura da PIO aferida com os tonômetros TonoVet, TonoVet Plus, Tono-Pen Avia Vet e Kowa HA-2 em 20 olhos sadios de 10 cães logo após o óbito. Linhas de regressão serão construídas para os valores medidos de manometria versus tonometria e será calculado o coeficiente de determinação (r2). Para avaliação de sua acurácia será realizado um estudo in vivo em 20 olhos sadios de 10 cães anestesiados comparando-se a PIO real com a PIO obtida com os tonômetros. Para avaliação do seu uso clínico ambulatorial será realizado um estudo ambulatorial em 80 olhos sadios de 40 cães hígidos do canil e do atendimento do Hospital Veterinário (HV), além de cães atendidos com sinais clínicos de glaucoma e uveíte no HV, avaliando-se as leituras dos tonômetros TonoVet, TonoVet Plus, Tono-Pen Avia Vet e Kowa HA-2.

Protocolo: 4177 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 10/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JESSICA APARECIDA DE SOUZA
BRUNA CRISTINA DA CRUZ
THAIS CARDOSO ARAUJO
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
JOAO VICTOR GOULART CONSONI PASSARELI
DANIELLE ALVES SILVA
LUIS FELIPE DA COSTA ZULIM
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GLAUCIA PRADA KANASHIRO

Resumo:
Objetiva-se investigar os efeitos sedativo, analgésico, cardiovascular e respiratório da administração da dexmedetomidina via intramuscular (IM), comparativamente à administração de 25 da dose em pontos de acupuntura. Serão avaliadas 30 gatas, provenientes da rotina cirúrgica do Hospital Veterinário da Unoeste, encaminhadas para realização de ultrassonografia abdominal. Os animais serão distribuídos aleatória e equitativamente em três grupos: Dex (n=10): administração IM de 40 µg/kg de dexmedetomidina; Dex/Yintang (n=10): administração de dexmedetomidina (10 µg /kg) diluída em 0,1 ml de solução salina no ponto de acupuntura Yintang; Dex/VG20 (n=10): administração de dexmedetomidina (10 µg/kg) diluída em 0,1 ml de solução salina no ponto de acupuntura Vaso Governador 20. Serão avaliados: frequência cardíaca (FC) e ritmo cardíaco, pressão arterial sistólica (PAS), frequência respiratória, coloração das mucosas, grau de sedação, ocorrência de efeitos adversos. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 4150 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 10/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA APARECIDA DALSASS PETRI YODA
GIOVANNA NASCIMENTO SILVA TUCCI
ISABELA PICOLO GUIMARAES ALVES NICACIO
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
YUDNEY PEREIRA DA MOTTA

Resumo:
O objetivo do presente projeto é avaliar as alterações promovidas pelo treinamento físico, aeróbio e anaeróbio, na morfometria dos testículos de ratos Wistar. Para tanto, serão utilizados os testículos colhidos de um experimento anterior já aprovado pelo CEUA. No projeto já realizado, foram utilizados 35 ratos, divididos em 5 grupos (n=7): Controle (C), Treinamento Aeróbio em Natação (TAN), Treinamento Resistido em meio aquático (TRA), Treinamento Aeróbio em Esteira Rolante (TAE) e Treinamento Resistido em Escalada (TRE). Os animais dos grupos TAN e TAE foram avaliados quanto a sua capacidade aeróbia por meio do teste de lactato mínimo (Lan), para determinação da carga de treinamento, os grupos TRA e TER realizaram teste de força máxima para o mesmo fim. Após 4 semanas de treinamento os animais foram eutanasiados e os testículos foram colhidos em solução de Davidson e depois armazenados em álcool 70o. Os testículos armazenados serão utilizados para a produção de lâminas histológicas e a área do lúmen seminífero, do epitélio germinativo, das células de Leydig e do estroma serão analisadas. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 4093 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIANE DOS SANTOS BRUNO
GABRIELA DA SILVA PINHO
PATRIK JUNIOR DE LIMA PAZ
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
ROBSON CHACON CASTOLDI
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
O levantamento de fauna e flora é um exercício em que se baseia uma série de observações, que tem por objetivo catalogar as espécies que existe em certa região. Objetiva-se avaliar a diversidade de fauna e flora existente no Terra Parque, município de Pirapozinho através do monitoramento por armadilha fotográfica e observação direta (visual). Para avaliação de fauna serão utilizadas 03 armadilhas fotográficas fixadas em árvores há 40 cm acima do solo. Os fragmentos do estudo serão amostrados por um período de 05 dias consecutivos na estação da primavera (outubro/2017), abrangendo desta maneira o início da estação chuvosa na região. Totalizando 5 dias e 4 noites de monitoramento. No período diurno será realizado também o levantamento das principais espécies da flora no interior do parque e será confeccionado um herbário com amostras na forma de exsicata das principais espécies encontradas. Em seguida, serão confeccionadas placas de identificação com uma breve sinopse de cada amostra com nome científico, nome popular, local de origem e principais características. As analises dos dados obtidos serão avaliadas visualmente através do processo de monitoramento, capturas das imagens fotográficas pela câmera "trap", gerando informações a fim de identificar as espécies da fauna e flora existentes e, elaboração de placas informativas (taxonômicas) para o estabelecimento local, onde o estudo será realizado com a finalidade de maximizar os esforços de conservação a nível local, tratando-se de um estabelecimento turístico.

Protocolo: 4123 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 4/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA ANGELICA FERREIRA DALLA PRIA
BRUNA DA SILVA LUIZ
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GLAUCIA PRADA KANASHIRO
ELLYN AMANDA FONSECA MARTINS

Resumo:
Os parasitos intestinais são um dos maiores entraves para a equideocultura nacional. Entre os agentes parasitários destacam-se os pequenos e grandes estrôngilos. Dentre as causas de abdômen agudo (cólica), destaca-se a cólica verminótica tromboembólica causada pelo Strongylus vulgaris (grandes estrôngilos). Os pequenos estrongilídeos (ciatostomíneos) causam enterite e pode levar também ao óbito. A pressão de seleção por uso indiscriminado de anti-helmínticos promoveu a seleção de resistência em ciatostomíneos a esses fármacos, o que dificulta o combate aos nematódeos de equinos. Dessa forma, a caracterização da fauna helmíntica é uma das principais estratégias para elaboração de programas de controle de parasitose equina e minimização da emergência de cepas resistentes. Apesar de a região de Presidente Prudente, Oeste do Estado de São Paulo, se destacar como um dos polos nacionais da equinocultura, os dados na literatura sobre a caracterização da fauna helmíntica na região são escassos. O objetivo do presente estudo é caracterizar a fauna de nematódeos intestinais de equinos criados na região de Presidente Prudente, São Paulo. Serão coletadas amostras de fezes de equinos (n= 170), em 25 propriedades da região. As análises laboratoriais serão realizadas com contagem dos ovos por grama de fezes (OPG) e coprocultura para identificação de estrongilídeos, através da morfometria das larvas de terceiro estágio. A extração de DNA das larvas será também realizada com kit de extração, a fim de armazenamento de amostras de material genético para futura realização de PCR em tempo real para caracterização molecular da fauna helmíntica de equinos criados na região de Presidente Prudente.

Protocolo: 3983 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HUAN BETINI SILVA
FERNANDA NOBRE BANDEIRA MONTEIRO
ANA CAROLINA TAMOS ISHIDA
LIVIA MAGOSSO RAMIRES
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
A punção venosa periférica é um procedimento que pertence à rotina de centros de saúde humano como animal, sendo necessária para que ocorra a coleta de material que poderá ser submetido a diferentes análises. Quando não realizado adequadamente pode provocar complicações ao paciente, prejudicar ainda mais seu estado de saúde, desta forma retardando sua recuperação. Em muitas situações o animal é submetido à inúmeras tentativas de coleta, sendo esta dificuldade ocasionada pelo estado clínico ou pela inexperiência do médico veterinário. A simulação clínica é uma metodologia inovadora que traz a possibilidade de treinamento de habilidades e competências em alunos e profissionais de maneira análoga ao que se realiza na prática profissional. Na área da saúde esta metodologia tem sido utilizada e com sucesso, no entanto, na medicina veterinária poucos estudos foram desenvolvidos até o momento. Este estudo tem como objetivo avaliar o procedimento de punção venosa periférica em cães (tipos de acesso, indicações e complicações) atendidos pelo serviço de clínica médica de um hospital veterinário e analisar a influência do treinamento de habilidade simulado. Cães atendidos na rotina clínica de um hospital veterinário de uma Universidade do interior do Estado de São Paulo por alunos graduandos do 9º termo do curso de medicina veterinária serão monitorados e avaliado o procedimento de punção venosa periférica por meio observacional e preenchimento de roteiros de avaliação semi-estruturado. Em seguida os alunos serão submetidos ao treinamento simulado e novamente o procedimento de punção venosa será avaliado. Serão aplicados cinco instrumentos de avaliação: checklist da punção realizada no ambulatório; checklist da punção no laboratório de habilidade e simulação; checklist para avaliação do material no laboratório de análises clínicas, escala de autoconfiança no procedimento de punção venosa periférica em cães e o inventário de Ansiedade-Estado (IDATE). Para a avaliação dos dados será utilizada o teste de comparações múltiplas. A análise dos dados será realizada através do software Action Stat, um sistema estatístico que utiliza a linguagem R e trabalha de forma integrada ao Excel. Para verificar a normalidade será realizado o teste de Kolmogorov-Smirnov. Para o teste de homogeneidade das variâncias, será realizado o teste Levene. Se necessário realizar um teste estatístico não-paramétrico para comparações múltiplas, será usado o teste de Kruskal-Wallis. E no caso em que os dados seguem uma distribuição normal e as variâncias são homogêneas, será usado o Teste Tukey. Será adotado 5 de significância.

Protocolo: 4008 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 11/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ARIANE CAROLINE DE SOUZA DIAS
ANA EVELLYN VENTRONE
ALINE ANGELA FERNANDES
DAYANE APARECIDA FRANCISCO DA SILVA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
MILENA COLONHESE CAMARGO
ELAINE CRISTINA NEGRI SANTOS

Resumo:
O objetivo do projeto de pesquisa será de avaliar se a suplementação com L-arginina associada ao ácido ascórbico (vitamina C) tem potencial para amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia com 5-Fluouracil (5-FU) sobre a formação de micronúcleo (efeito mutagênico), leucopenia, neutropenia, trombocitopenia, produção de radical livre e no processo inflamatório do intestino (mucosite) de ratos Wistar com mucosite induzida por 5-FU. Serão utilizados 100 ratos Wístar, machos, divididos em sete grupos: grupo controle (n=10) alimentados com ração e água ad libitum; G5-FU (n = 20) que os ratos serão alimentados com ração e água ad libitum e administrará uma dose de 50 mg de 5-FU/Kg de peso corporal; Garg (n = 10) que os ratos serão alimentados com ração e água ad libitum contendo 2 arginina; Garg+VC (n = 10) que os ratos serão alimentados com ração e água ad libitum contendo 2 arginina e uma dose de 5,71 mg de ácido arcórbido/Kg de peso corporal; G5-FU+Arg (n=20) que os ratos serão alimentados com ração e água ad libitum contendo 2 arginina e administrará uma dose de 50 mg de 5-FU/Kg de peso corporal; G5-FU+Arg+VC (n=20) que os ratos serão alimentados com ração e água ad libitum contendo 2 arginina e uma dose de 5,71 mg de ácido arcórbido/Kg de peso corporal e administrará uma dose de 50 mg de 5-FU/Kg de peso corporal e Gciclo (n=10) controle de formação de micronúcleo, os ratos serão alimentados com ração e água ad libitum e aplicação de uma dose de 50 mg de ciclofosfamida/Kg de peso corporal. Será realizado hemograma completo, dosagem de fibrinogênio, trombina, protrombina, teste do micronúcleo, imuglobulinas A, G e M, a determinação da produção de radicais livres e cortes histológicos corados com HE para avaliação do infiltrado inflamatório no intestino dos ratos. Os resultados serão submetidos ao teste de normalidade Shapiro-Wilk. Para os dados com distribuição normal aplicará a Análise de Variância (ANOVA) e teste de Tukey e para os que apresentarem distribuição não normal serão submetidas ao teste de Kruskall-Wallis e teste de Dunn com significância de 5.

Protocolo: 4075 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 2/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA DE OLIVEIRA GNANN
DAIANA NOVAES CARDOSO
THAIS CARDOSO ARAUJO
MARCELA DE ANDRADE BERNAL FAGIANI
FABIOLA DE AZEVEDO MELLO
LUARA EVANGELISTA SILVA
Professor(es): CECILIA LAPOSY SANTAREM
ROGERIO GIUFFRIDA
ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS
SABRINA ALVES LENQUISTE

Resumo:
A Leishmaniose Visceral é uma zoonose grave e com ocorrência frequente no Brasil. Os principais reservatórios são cães infectados que podem apresentar uma variedade de sinais e sintomas. A presença de lesões cutâneas, linfoadenopatia e prostração associadas ou não ao histórico clínico de doença dermatológica, musculoesquelética, suspeitas de erliquiose e alterações oftálmicas devem ser levadas em consideração pelo clínico durante o atendimento para embasar a suspeita de leishmaniose em cães. A presença de alterações laboratoriais como anemia, linfopenia e trombocitopenia também pode ser considerada no embasamento da suspeita e necessidade de realização de exame sorológico ou demonstração do agente para confirmação do diagnóstico. O objetivo deste trabalho é realizar um levantamento do perfil clínico e laboratorial de cães com Leishmaniose Visceral atendidos em um Hospital Veterinário do Oeste Paulista

Protocolo: 3940 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINA POLESEL VARGAS
CATERINA FERUGLIO
Professor(es): ADRIANA FALCO DE BRITO

Resumo:
Objetiva-se investigar a segurança e a eficácia analgésica da administração parenteral em relação à local de meloxicam associado ou não à levobupivaína em gatas submetidas à ovariossalpingohisterectomia eletiva. Sessenta gatas serão distribuídas em quatro grupos de quinze animais cada: Levo: infiltração local de levobupicaína 0,5 (2 mg/kg) e administração subcutânea de meloxicam (0,2 mg/kg); Mel: infiltração local de meloxicam (0,2 mg/kg); Mel-Levo: infiltração local da associação de meloxicam à levobupicaína 0,5; Mel-SC (n=15): administração subcutânea de meloxicam, 10 minutos antes do início da cirurgia e infiltração local de solução salina 0,9. A administração local dos fármacos ou salina será feita em cada um dos mesovários e na linha de incisão cirúrgica, após a estabilização da anestesia geral. Para o procedimento cirúrgico, todos os animais serão sedados com a associação de acepromazina (0,1 mg/ kg) à meperidina (6 mg/kg), por via intramuscular. Quinze minutos após, será realizada a indução anestésica com propofol em dose suficiente para a intubação endotraqueal, seguindo-se a manutenção anestésica com isofluorano/O2. Durante o procedimento anestésico serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, oxicapnografia e concentração final expirada de isofluorano. O grau de analgesia e hiperalgesia serão avaliados nas primeiras 24 horas após a extubação traqueal, utilizando-se a Escala Analógica Visual Interativa e Dinâmica (EAVID), a Escala Composta Multidimensional-UNESP-Botucatu (ECM) e os filamentos de Von Frey. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 3947 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 9/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA BEATRIZ FLAVIO STELLE
ISABELA PICOLO GUIMARAES ALVES NICACIO
GABRIEL DE OLIVEIRA LIMA CARAPEBA
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
Objetiva-se estudar a relação de perfis de termogramas de infravermelho do escroto com a qualidade do sêmen fresco e congelado em touros das raças Nelore e Girolando, mantidos em Central de Inseminação Artificial. Serão utilizados oito touros, quatro da raça Nelore com idades de 36 a 48 meses, e quatro Girolandos de 36 a 84 meses, em manejo de colheita de sêmen e congelação. Os touros serão mantidos durante o projeto em piquetes individuais formados por Brachiaria decumbens com acesso às baias cobertas com água e mistura mineral à vontade, suplementados com 5 kg de ração e 10 kg de feno. Serão realizados exames de imagem por termografia infravermelha do escroto e globo ocular, repetidos duas vezes por semana com intervalos entre 72 e 96 horas, perfazendo seis repetições/ touro, totalizando 48 termogramas do escroto e 48 termogramas do globo ocular. Nos mesmos momentos, serão mensurados os fatores climáticos: temperatura ambiente, umidade relativa do ar, temperatura do bulbo seco e temperatura do bulbo úmido. Imediatamente após, serão realizadas colheitas de sêmen com vagina artificial, e análises de características quantitativas e qualitativas do sêmen e procedimento de congelação com meio diluente à base de TRIS - gema de ovoácido cítrico, totalizando 48 ejaculados colhidos, avaliados e congelados. Após as análises das características qualitativas e quantitativas do sêmen fresco e congelado, as variáveis serão correlacionadas com os perfis dos termogramas processados pelo software Flir Tools. Os dados de temperatura do escroto, globo ocular, fatores climáticos, sêmen fresco e sêmen congelado serão processados com análise de variância, teste de Tukey e correlações de Pearson, todos no nível de 5.

Protocolo: 3930 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 10/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): RUYTER FRANCA CARVALHO
PAMELA MARA CELESTINO SOARES
MURILO MAGRO FERREIRA
GABRIELA GASPARIN
MILTON MENDES CATTINI
DANIEL OLIVEIRA CRESTE
NILDO REDIVO JUNIOR
CAMILA DUTRA DE SOUZA FRANCISQUINI
ELLYN AMANDA FONSECA MARTINS
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR

Resumo:
Serão avaliadas 16 cadelas encaminhadas para cesariana que serão distribuídas em dois grupos de oito animais cada: LS: administração epidural de levobupivacaína 0,5 com vasoconstrictor (1 mg/kg) em associação ao sufentanil (1µg/kg); LF: administração peridural de levobupivacaína 0,5 com vasoconstrictor (1 mg/kg) em associação ao fentanil (2,5 µg/kg). Em ambos os grupos, os fármacos serão administrados no espaço lombo-sacro e diluídos em solução salina 0,9 para obtenção de volume final de 0,25 mL/kg. Quinze minutos após a medicação pré-anestésica com morfina (0,2 mg/kg), por via intramuscular (IM), será administrado propofol por via intravenosa, em dose suficiente para a realização da punção do espaço lombo-sacro. Durante o procedimento cirúrgico serão avaliados: frequência e ritmo cardíaco, frequência respiratória, pressão arterial sistólica, oxicapnografia e hemogasometria. O grau de analgesia pós-cesariana será mensurado 30 minutos, 1, 2, 4 e 8 horas após o término da cirurgia utilizando-se a Escala Analógica Visual e a Escala Composta de Glasgow Modificada. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 3925 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA DA SILVA LUIZ
ISABELA PICOLO GUIMARAES ALVES NICACIO
Professor(es): GLAUCIA PRADA KANASHIRO
RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS) ou olho seco é uma doença inflamatória crônica causada por modificações quantitativas e/ou qualitativas da lágrima, comumente diagnosticada em cães e seres humanos. O objetivo deste projeto é avaliar por meio da dimensão fractal a conjuntiva palpebral de cães com ceratoconjuntivite seca submetidos à três tipos de tratamentos. No estudo serão avaliadas 210 lâminas de biópsia conjuntival de cães sem predisposição racial, etária ou sexual, sendo 180 lâminas do início e fim do tratamento de 45 cães diagnosticados com CCS, e 30 lâminas do grupo controle negativo de 15 cães com olhos sadios, sendo divididos em 4 grupos: grupo A (n=60): 60 lâminas da conjuntiva palpebral bilateral de 15 cães com ceratoconjuntivite seca tratados com uso tópico de colírio de tacrolimus 0,03 durante 6 meses, grupo B (n=60): 60 lâminas da conjuntiva palpebral bilateral de 15 cães com ceratoconjuntivite seca tratados com uso tópico de colírio de tacrolimus 0,03 + administração oral de óleo de peixe + antioxidante (1,5 EPA : 1 DHA + vitamina E) (Ograx®-3 500/Laboratório Avert, 1 cápsula de 500 mg/7kg/dia ou Ograx®-3 1000/Laboratório Avert, 1 cápsula de 1000 mg/14kg/dia), durante 6 meses e grupo C (n=60): 60 lâminas da conjuntiva palpebral bilateral de 15 cães com ceratoconjuntivite seca tratados com uso tópico de colírio de tacrolimus 0,03 + administração oral de óleo de peixe + antioxidantes (1 EPA : 4,5 DHA + vitamina E + vitamina C + selênio) (Seniox® 500/Laboratório Avert, 1 cápsula de 500 mg/10kg/dia ou Seniox® 1000/Laboratório Avert, 1 cápsula de 1000 mg/20kg/dia), durante 6 meses; e 30 lâminas do grupo D (n=30): grupo controle30 lâminas da conjuntiva palpebral de 15 cães com olhos sadios. Será realizado avaliação histológica (contagem de células inflamatórias (linfócitos e neutrófilos) e contagem de células caliciformes, as lâminas serão fotografadas, e com o software Image J será realizado o cálculo da dimensão fractal para avaliação e comparação entre os grupos e comparação com a avaliação histológica. Os dados obtidos serão analisados e comparados estatisticamente e adotado um nível de significância 5.

Protocolo: 3901 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIAH DOMINATO FERREIRA
AMANDA SANT'ANNA BUENO
JOYCE MIRELLA SOUZA LOURENCO
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
DANIELLE ALVES SILVA
LUIS FELIPE DA COSTA ZULIM
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI
FRANCIS LOPES PACAGNELLI

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca ou olho seco é uma doença de caráter crônico e inflamatório, comumente diagnosticada em cães e seres humanos. O método de análise fractal vem sendo utilizado em diversas áreas da medicina para avaliar alterações teciduais de forma quantitativa através de imagens histológicas ou radiográficas. No estudo serão avaliadas 120 lâminas de biopsia conjuntival de 60 cães, sem predisposição racial, etária ou sexual, divididos em três grupos, com 20 animais cada: grupo A (40 lâminas da conjuntiva palpebral de cães no primeiro dia de diagnóstico de CCS bilateral, grupo B (40 lâminas da conjuntiva palpebral dos mesmos cães do grupo A após 6 meses de tratamento de convencional para CCSTacrolimus 0,03 colírio diluído em óleo de oliva e lubrificante ocular Systane®) e grupo C (controle40 lâminas da conjuntiva palpebral de 20 cães com olhos sadios), será realizado avaliação histológica (contagem de células inflamatórias (linfócitos e neutrófilos) e contagem de células caliciformes), as lâminas serão fotografadas, e com o software Image J serão binarizadas e realizado o cálculo da dimensão fractal para avaliação e comparação entre os grupos e comparação com a avaliação histológica, a partir dos valores obtidos será utilizado o teste de Shapiro-Wilk para testar a normalidade da distribuição das dimensões fractais e contagem de células, e para comparar os grupos será realizada uma análise não paramétrica pelo Método de Kruskal-Wallis, adotado um nível de significância 5.

Protocolo: 3900 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 5/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIAH DOMINATO FERREIRA
AMANDA SANT'ANNA BUENO
JOYCE MIRELLA SOUZA LOURENCO
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
DANIELLE ALVES SILVA
LUIS FELIPE DA COSTA ZULIM
MAYRA CLAUDINO VILLA
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI
FRANCIS LOPES PACAGNELLI

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS) é uma doença de causa multifatorial que envolve a lágrima e a superfície ocular e ocorre comumente em cães apresentando sinais de desconforto, dificuldade visual e graves danos à superfície ocular. O diagnóstico é baseado nos sinais clínicos e nos resultados obtidos dos exames oftalmológicos específicos, sendo o Teste Lacrimal de Schirmer (TLS), considerado o teste padrão para mensuração da porção aquosa da lágrima. Entretanto, outros testes podem ser utilizados de forma associada. O TLS consiste em uma técnica semi-quantitativa que utiliza uma tira de papel filtro inserida no saco conjuntival por um período de 1 minuto, sendo interessante a implantação de um teste mais rápido e menos invasivo, para obtenção do diagnóstico de animais portadores de CCS. Recentemente, foi lançado um novo método na veterinária para medir o volume lacrimal de uma forma simples, não invasiva, e mais rápida, particularmente util na triagem e diagnóstico de CCS. Este método é denominado Teste de Meniscometria de Tira (TMT), que consiste na mensuração do volume de lágrima que reside no menisco lacrimal ao invés do saco conjuntival. A ponta da tira de meniscometria é tocada durante 5 segundos na borda do menor menisco lacrimal, sendo assim, um teste rápido e inovador, porém ainda não há dados comparativos com o TLS, e outros testes importantes no diagnóstico da CCS em cães, como o Teste de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL) e o teste de Lisamina Verde (TLV), sendo o objetivo deste estudo. Serão avaliados 112 olhos de 56 cães, sendo 28 cães com olhos normais, e 28 diagnosticados com CCS da rotina do hospital veterinário e do canil da UNOESTE em Presidente Prudente, SP, sem predileção racial, etária ou sexual. Será realizado o TMT (I-Tear®), o TLS, TRFL e TLV. Para triagem de olhos sadios e com CCS serão realizados exames oftálmicos (Teste de Reflexo Pupilar, biomiscroscopia, tonometria, TMT, TLS, Teste de Fluoresceína, TRFL e TLV). Após a obtenção dos valores do TMT, TLS, TRFL e TLV os mesmos serão tabulados e analisados e realizado a CURVA ROC (Receiver Operator characteristic curve) onde serão avaliados a relação e sensibilidade entre os testes, no que se refere à obtenção do diagnóstico de cães com olhos normais e cães acometidos por CCS, e assim obter os valores de referência para o teste do TMT (I-Tear®).

Protocolo: 3895 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 5/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA SANT'ANNA BUENO
JOYCE MIRELLA SOUZA LOURENCO
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
LUIS FELIPE DA COSTA ZULIM
MAYRA CLAUDINO VILLA
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE

Resumo:
Este estudo objetiva avaliar os efeitos do estresse sobre a viabilidade e índice de sobrevivência de neonatos caninos provenientes de cesariana. Serão avaliadas 16 cadelas encaminhadas para cesariana que serão distribuídas em dois grupos de oito animais cada: LS: administração epidural de levobupivacaína 0,5 com vasoconstrictor (1 mg/kg) em associação ao sufentanil (1µg/kg); LF: administração epidural de levobupivacaína 0,5 com vasoconstrictor (1 mg/kg) em associação ao fentanil (2,5 µg/kg). Em ambos os grupos, os fármacos serão administrados no espaço lombo-sacro e diluídos em solução salina 0,9 para obtenção de volume final de 0,25 mL/kg. Quinze minutos após a medicação pré-anestésica com morfina (0,2 mg/kg), por via intramuscular (IM), será administrado propofol por via intravenosa, em dose suficiente para a realização da punção do espaço lombo-sacro. No período intra-operatório, serão colhidas amostras de sangue da veia umbilical e de cada cordão umbilical para avaliação da concentração de lactato e glicemia. A viabilidade neonatal será avaliada através do Apgar escore e dos reflexos neurológicos aos 5, 30 e 60 minutos após o nascimento. Ademais, 24 horas e sete dias após o nascimento, será investigada a ocorrência de óbito neonatal através de contato por telefone com o proprietário. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos), teste de Friedman seguido do teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 3926 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCELO FERNANDES DE SOUZA
Professor(es): GLAUCIA PRADA KANASHIRO
RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
Este estudo objetiva avaliar os efeitos maternos e neonatais da administração epidural da levobupivacaína em associação ao sufentail ou fentanil para realização de cesariana em cadelas da raça Buldogue Francês. Serão avaliadas 16 cadelas encaminhadas para cesariana que serão distribuídas em dois grupos de oito animais cada: LS: administração epidural de levobupivacaína 0,5 com vasoconstrictor (1 mg/kg) em associação ao sufentanil (1µg/kg); LF: administração epidural de levobupivacaína 0,5 com vasoconstrictor (1 mg/kg) em associação ao fentanil (2,5 µg/kg). Em ambos os grupos, os fármacos serão administrados no espaço lombo-sacro e diluídos em solução salina 0,9 para obtenção de volume final de 0,25 mL/kg. Quinze minutos após a medicação pré-anestésica com morfina (0,2 mg/kg), por via intramuscular (IM), será administrado propofol por via intravenosa, em dose suficiente para a realização da punção do espaço lombo-sacro. Durante o procedimento cirúrgico serão avaliados: frequência e ritmo cardíaco, frequência respiratória, pressão arterial sistólica, oxicapnografia e hemogasometria. A viabilidade neonatal será avaliada através do Apgar escore e dos reflexos neurológicos aos 5, 30 e 60 minutos após o nascimento. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 3874 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA DA SILVA LUIZ
Professor(es): GLAUCIA PRADA KANASHIRO
RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
Este estudo tem como objetivo avaliar a eficácia analgésica do bloqueio retro bulbar para o controle da dor pós-operatória de cães. Serão avaliados 16 cães, provenientes da rotina cirúrgica do Hospital Veterinário da Unoeste, encaminhados para enucleação do globo ocular. Todos os animais serão tranquilizados com meperidina (4 mg kg-1), por via intramuscular. Vinte minutos após, será realizada a indução anestésica com propofol em dose suficiente para a intubação orotraqueal, seguindo-se a manutenção da anestesia com isofluorano/O2. Após a estabilização da anestesia geral, os animais serão distribuídos aleatória e equitativamente em dois tratamentos: Ropi (n=8): será administrada ropivacaína 1 (0,1 mL kg-1) no espaço retro bulbar utilizando-se a técnica peri-mandibular, 15 minutos antes do início da cirurgia; Ropi/Dex (n=8): será administrada ropivacaína 1 (0,1 mL/kg) associada à dexmedetomidina (1µg kg-1) no espaço retro bulbar, seguindo-se a mesma técnica descrita para o grupo Ropi. Em ambos os tratamentos, os fármacos serão diluídos em solução salina 0,9, visando perfazer um volume final de 0,2 mL kg-1. Meloxicam (0,2 mg kg-1, IV), será administrado cinco minutos antes da incisão cirúrgica. A enucleação será realizada pelo mesmo cirurgião, utilizando-se a técnica subconjuntival. O grau de analgesia e hiperalgesia serão avaliados nas primeiras 24 horas após a extubação traqueal, utilizando-se a Escala numérica descritiva (EDN), a Escala Analógica Visual (EAV) e os filamentos de Von Frey. Em casos de analgesia insuficiente (EDN > 9 e/ou EAV >35 mm), será administrada morfina (0,5 mg kg-1 IM). A estatística será realizada mediante análise de variância com aplicação do teste de Tukey para dados paramétricos e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn para medidas não paramétricas, ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 3875 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 10/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA PAULA SOUZA COSTA
DENIS ROBISON GOMES
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
O presente projeto objetiva-se investigar o efeito da suplementação com ácido li-noléico conjugado (CLA) ou ácido linoléico (ALA), no meio de maturação de oócitos e/ou embriões, sobre a taxa de produção, expressão gênica e composição lipídica de embriões produzidos in vitro obtidos de vacas da raça Nelore abatidas. Para tanto, ovários de fêmeas da raça Nelore, obtidos em abatedouro, serão divididos equitativamente para compor os seguintes grupos: Grupo C1 (Controle do laboratório) com adição de SFB na MIV; Grupo C2 (Controle do experimento) com adição de BSA na MIV; Grupo T1 com a adição de ácido linoléico conjugado (CLA) na MIV, Grupo T2 com adição de ácido linolênico (A-LA) na MIV; Grupo T3 com adição de ácido linoléico conjugado (CLA) e ácido linolênico (ALA) na MIV. Estes oócitos serão maturados em meio MIV com ou sem AGPI durante 20 a 22 h e parte deles serão utilizado para avaliar a maturação nuclear que será realizada por meio técnica de coloração de Hoechst (33342) avaliando o quebra da vesícula germina-tiva (GVBD) o que compreende o reínicio do ciclo meiótico, garantindo suporte para o desenvolvimento oocitário e/ou embrionário. A análise estatística será feita através do Pro-grama Computacional R versão 2.7, e será considerado um nível de significância de 5.

Protocolo: 3893 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 9/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELLE FIGUEIREDO JUNKER
JENNIFER CARDOSO COUTO
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE

Resumo:
A ultrassonografia (US) ocular é uma ferramenta diagnóstica cada vez mais empregada na medicina veterinária. É um método não invasivo, indolor e pode ser considerado relativamente barato, com bons resultados na rotina diagnóstica veterinária de pequenos animais. Ela é utilizada para a avaliação de estruturas oculares, perioculares e retrobulbares, quando há algum impedimento para a realização da inspeção por meio do exame oftálmico de rotina devido opacificações de meios fisiologicamente transparentes, como edema corneano, hifema, catarata e hemorragias vítreas, ou ainda em casos de blefaroedema grave ou de tumores ou doenças retrobulbares que resultem em exoftalmia. Outra utilização importante da US ocular é a biometria ocular, utilizada para medir o comprimento axial do globo ocular e de suas estruturas (câmara anterior, cristalino e cavidade vítrea), sendo de grande aplicabilidade para definição do tamanho de próteses, bem como para o cálculo do tamanho e do poder dióptrico de lentes intraoculares. Desta maneira, estudos são necessários de biometria ocular nas diferentes espécies animais e raças específicas para obtenção destes parâmetros oculares. Nesse sentido, a presente pesquisa tem o objetivo de realizar biometria ocular e exames oftálmicos específicos em cães braquicefálicos da raça Buldogue Francês, devido a não existir ainda na literatura dados sobre esses importantes parâmetros oculares nessa raça e ser atualmente no Brasil e no mundo uma das raças mais populares e que apresentam muitos problemas oftálmicos. Serão avaliados 50 olhos normais de 25 cães sadios da raça Buldogue Francês, da rotina do hospital veterinário e de canis dessa raça na região de Presidente Prudente, SP, sem predileção etária ou sexual. O critério de inclusão dos cães na pesquisa será por meio da normalidade nos parâmetros dos exames clínicos (temperatura, frequência cardíaca e respiratória e pressão arterial); dos exames oftálmicos (Teste de Reflexo Pupilar, Teste Lacrimal de Schirmer, Teste de Fluoresceína, Teste de Ruptura do Filme Lacrimal, oftalmoscopia e tonometria) e de exames laboratoriais (hemograma com pesquisa de hematozoário, ureia, creatinina, ALT e FA). Após a obtenção dos valores de biometria ocular por meio de US ocular e exames oftálmicos específicos, os mesmos serão tabulados, analisados e estimados pontualmente por meio de cálculo e desvio padrão e intervalo com 95 de confiança.

Protocolo: 3853 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS CAROLINE DA SILVA SANTOS
VINICIUS DOS SANTOS ROSA
FELIPE FRANCO NASCIMENTO
LUIZA RODRIGUES DALE VEDOVE MORENO
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA

Resumo:
Objetiva-se avaliar a eficácia analgésica e a segurança da administração intraperitoneal da ropivacaína isolada e associada à dexmedetomidina para o controle da dor pós-operatória em gatas. Serão avaliadas 30 gatas, encaminhadas para ovariosalpingohisterectomia (OSH), que serão distribuídas em dois grupos de quinze animais cada: Ropi (n=15): ropivaína 1 (1 mg/kg); Ropi/Dex (n=15): dexmedetomidina (1 mcg/kg) associada à ropivacaína 1 (1 mg/kg). Em ambos os tratamentos, os fármacos serão diluídos em solução salina 0,9, visando à obtenção de volume final de 2 mL/kg, cuja administração será por via intraperitoneal. O volume total será instilado no espaço peritoneal, após a realização da OSH, imediatamente antes da sutura da cavidade abdominal. Para o procedimento cirúrgico, todos os animais serão sedados com a associação de maleato de acepromazina (0,1 mg/ kg) à meperidina (6 mg/kg), por via intramuscular. Quinze minutos após, será realizada a indução anestésica com propofol em dose suficiente para a intubação endotraqueal, seguindo-se a manutenção anestésica com isofluorano/O2. Durante o procedimento anestésico serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, oxicapnografia e concentração final expirada de isofluorano. No período pós-operatório o grau de analgesia será mensurado 30 minutos, 1, 2, 4, 8, 12, 18 e 24 horas após extubação traqueal utilizando-se a Escala Analógica Visual Interativa e Dinâmica e a Escala Composta Multidimensional-UNESP-Botucatu. O grau de sedação será avaliado por sistema de escore. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 3843 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 8/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIANE DOS SANTOS BRUNO
ISABELA PICOLO GUIMARAES ALVES NICACIO
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
As serpentes do gênero Crotalus são conhecidas no Brasil como cascavel, a espécie que aqui se propõe estudar Crotalus durissus se divide em sete subespécies e se caracterizam pelo maior índice de óbitos envolvendo acidentes ofídicos, isso pelo grande potencial neurotóxico do seu veneno e pelo difícil diagnóstico. O objetivo deste estudo será estabelecer a contribuição da análise de amostras de fígado de ratos Wistar intoxicados experimentalmente com veneno da serpente Crotalus durissus terrificus, por meio da dimensão fractal, além de comparar com os achados histológicos. As noventa amostras de fígado utilizadas para este estudo serão provenientes do projeto cadastrado e aprovado 208 e serão analisadas pelo serviço de Anatomia Patológica do Hospital Veterinário. As imagens dos diferentes cortes teciduais de fígado, de ratos, serão fotografadas por meio do microscópio LEICA (modeloDM750, Alemanha), será utilizado o software ImageJ® e método de box-counting. Será usado para todos os parâmetros o teste de Kolmogorov-Smirnov para confirmar normalidade. Os parâmetros que apresentarem normalidade serão avaliados através da técnica de análise de variância para amostras paramétricas. Os que não apresentarem distribuição paramétrica serão avaliados pelo teste de variância não paramétrico. Será adotado o nível de 5 de significância.

Protocolo: 3847 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 11/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELAINE CARRION DE FARES
ISABELLA KEYKO NAVARRO SANESHIGUE DOS SANTOS
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA

Resumo:
A cicatrização é um processo complexo que envolve uma série de eventos como angiogênese, ativação e migração de fibroblastos, miofibroblastos e células endoteliais. Estudos têm sido feitos para identificar substâncias e técnicas no manejo de feridas, capazes de favorecer a reparação tecidual. A Fibrina Rica em plaquetas (FRP) é um concentrado imunológico que contém vários fatores de crescimento e exibe propriedades potentes de diferenciação, proliferação e migração celular. Atualmente há muitas evidências mostrando o uso de estatinas em lesões de pele. Os resultados apresentados mostram um efeito promissor da administração tópica desse medicamento no processo cicatricial. Sendo assim, o objetivo deste trabalho será utilizar a FRP associada ou não a rosuvastatina na cicatrização de feridas induzidas experimentalmente em coelhos caracterizando os efeitos macroscópicos e morfológicos. Serão utilizados 8 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos, tratados ou não com associação de rosuvastatina a 1,2 gel e FRP. Para confecção das feridas será utilizado um punch de 8mm, tanto na região dorsal esquerda como direita. A pele será retirada com auxílio de uma pinça anatômica, preservando a musculatura. A ferida considerada controle será tratada com solução de cloreto de sódio a 0,9® e as demais serão tratadas com a FRP isolada e associada à rosuvastatina. Em seguida será colocado um curativo sobre todas as feridas utilizando ryon estéril e curativo adesivo (Band Aid&#61650;). A primeira troca dos curativos será feita 3 dias após a indução das feridas e este segundo curativo permanecerá por mais quatro dias. A partir disso, as trocas ocorrerão a cada 4 dias até completarem 16 dias de experimento. No 170 dia, será feita a biópsia para avaliação do tecido cicatricial, que será submetido às análises histopatológicas. A análise estatística seguirá o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS), sendo consideradas diferenças significativas quando P<0,05.

Protocolo: 3840 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): YURI FERREIRA VICENTINI
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
O Brasil possui o maior rebanho comercial do mundo composto por bovinos de corte. A biotecnologia de criopreservação de sêmen é uma ferramenta útil na multiplicação desses animais. Metodologias inovadoras usadas em conjunto como novas formulações de meios diluentes, novos modelos de sistemas de transporte refrigerado de sêmen, e a análise da cinética espermática pelo método computacional CASA resultam na alta acurácia para o julgamento da qualidade e do uso do sêmen congelado na multiplicação dos bovinos de corte. O objetivo do estudo é avaliar o efeito de meios diluentes e sistemas inovadores de transporte na qualidade do sêmen congelado pelo método computacional CASA em touros Nelore (Bos taurus indicus), criados extensivamente.Serão utilizados touros (n=6) da raça Nelore com idade de 36 meses, mantidos em pasto de Urochloa decumbens, com mistura mineral e água à vontade. Serão realizadas cinco coletas de sêmen para cada um dos seis touros, com intervalo de 15 dias, totalizando 30 amostras de sêmen coletadas, diluídas com os meios TRIS gema-ácido cítrico e BotuBov®, refrigeradas em dois tipos de sistemas de transporte BotuBox® e BotuFlex®; congeladas e estocadas em nitrogênio líquido para posterior análise da cinética espermática pelo método computacional CASA. Para o tratamento estatístico dos dados do sêmen fresco, refrigerado nos dois sistemas de transporte e congelado com os dois meios diluentes será utilizada análise de variância, com posterior comparação de médias pelo teste de Tukey a 5 e obtenção de correlações de Pearson para variáveis do sêmen fresco, refrigerado e congelado.

Protocolo: 3808 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): TALITA RAQUEL CAVICHIOLI SEBASTIAO
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR

Resumo:
Os ácidos graxos poli-insaturados ômegas 3 e 6 (PUFAs &#969;3 e &#969;6) são parte da estrutura da membrana celular dos espermatozoides e a insuficiência dos mesmos afeta a espermatogênese, que a vitamina B12 contribui na síntese de DNA. Alguns quimioterápicos como a ciclofosfamida afetam a espermatogênese, resultando na queda de fertilidade. Objetiva-se estudar os possíveis efeitos benéficos da suplementação do ômega três e vitamina B12 em ratos machos submetidos à quimioterapia, analisando o espermograma, histopatologia e imunoistoquímica do testículo, epidídimo e vesícula seminal; bem como a concentração de testosterona. Serão utilizados 96 ratos, divididos em 8 grupos com 12 animais/grupo, sendo: G1- Grupo Controle receberá alimentação padrão, água e injeção de salina; G2Grupo ômega, água, alimentação padrão e óleo de peixe (Equaliv®) na dose de 1g/kg via subcutâneo; G3Grupo quimioterapia água, alimentação padrão, ciclofosfamida via subcutânea na dose 15mg/Kg; G4Grupo ômega e ciclofosfamida água, alimentação padrão, óleo de peixe; G5Grupo B12 (GB12) água, alimentação padrão, vitamina B12 via subcutâneo na dose de 3µg; G6Grupo ômega e B12 água, alimentação padrão, óleo de peixe, vitamina B12; G7Grupo vitamina B12 e Ciclofosfamida®, água, alimentação padrão, vitamina B12 e Ciclofosfamida®; e G8Grupo ômega, vitamina B12 e ciclofosfamida, água, alimentação padrão, óleo de peixe, vitamina B12 e ciclofosfamida. O período experimental será de 60 dias com sacrifício dos ratos em três momentos, respectivamente, aos 30, 45 e 60 dias do experimento. Serão coletados órgãos e tecidos para analises do espermograma, histopatologia, imunoistoquímica e dosagem de testosterona. Os dados serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5.

Protocolo: 3854 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 11/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS YUKIO YAMADA
JOAO VICTOR RODRIGUES AMORIS
LUCI MARA MIURA YAMADA
GUILHERME PEPINO BASTOS
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
Objetiva-se estudar a influência das estações do ano no sêmen, proteínas do plasma seminal, temperatura do escroto e nos minerais do sangue e sêmen de touros Nelore. Serão utilizados 20 touros da raça Nelore, idade entre 24 a 36 meses, avaliados durante 06 meses do ano, será realizada 06 colheitas de sêmen com intervalo de 30 dias. Será feito o espermograma, aferida a temperatura da superfície do escroto (antes e após a colheita de sémen) por meia de termografia de infravermelho para obtenção do gradiente de temperatura escrotal dos animais e pesagem dos animais, coleta de sangue e fezes para dosagem de testosterona, bioquímica sérica e do sêmen, espermograma e eletroforese do plasma seminal. Os dados serão avaliados por análise de variância e comparação de médias pelo teste Tukey a 5.

Protocolo: 3851 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAURILIO FRATTINI PALACIO
GABRIELA FIGUEREDO CORNACINI
CAMILA DUTRA DE SOUZA FRANCISQUINI
ELLYN AMANDA FONSECA MARTINS
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
Acidentes ofídicos ocorrem tanto em seres humanos como animais, no entanto são de notificação obrigatória somente para seres humanos. Problemas decorrentes deste tipo de acidente com serpentes do gênero Crotalus, causam um grande número de complicações secundárias pela ação direta ou indireta do veneno, além de elevado índice de óbito. Os acidentes que envolvem este gênero são de difícil diagnóstico em virtude de sinais clínicos inespecíficos e geralmente a serpente não é trazida para identificação e posterior instituição de terapia específica. Baseado neste contexto, a proposta que se apresenta tem por objetivo a avaliação e comparação clínica e laboratorial do acidente experimentalmente induzido em ratos com amostras do "pool" de veneno da serpente Crotalus durissus collilineatus jovem e adulta. Será realizado avaliação da atividade motora por meio de observação individual, hemograma completo e bioquímica sérica (alaninoaminostransferase, aspartatoaminotransferase, gamaglutamiltransferase, fosfatase alcalina, ureia, creatinina e creatina quinase fração CK e CK-MB). A hipótese é que o veneno provoque alterações que possam ser determinadas precocemente, comparar as alterações provenientes de acidentes com veneno de serpentes jovens e adultas com o objetivo de obtenção de maior conhecimento da fisiopatologia dos envenenamentos. Os dados paramétricos serão analisados por ANOVA one-way e os não paramétricos pelos testes de Kruskal-Wallis e Friedmann. Para todos os testes será adotado o nível de significância de 5.

Protocolo: 3793 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 5/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELAINE CARRION DE FARES
ISABELA ALVES BESERRA
ANDRE CARRION DE FARES PINTO
ISABELLA K N SANESHIGUE DOS SANTOS
ADRIANA FALCO DE BRITO
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
O projeto tem como objetivo, avaliar retrospectivamente dados de registro de densidade de proteínas do colostro mensurados com colostrômetro em vacas mestiças, mantidas em regime de pastejo e suplementadas com ração concentrada de acordo com as respectivas produções, mantidas no campus II da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Os dados avaliados foram obtidos de registros no Centro Zootécnico da UNOESTE no período de outubro a novembro de 2016. Os dados coletados são oriundos de 10 vacas, independentemente do número partos, com média de produção de dez litros, criadas a pasto, com escore corporal entre 3 e 4 (escala de 0 a 5). As mensurações foram coletadas no momento mais próximo do parto, assim que este foi identificado, e após o bezerro ter realizado sua primeira mamada. As avaliações subseqüentes ocorreram diariamente durante sete dias sempre no período da manhã de acordo com o manejo de ordenha da propriedade. Para estudar-se a influência do número de partos por vaca e dos dias de lactação na estimativa da concentração total de proteínas do colostro será utilizada a análise de correlação de Pearson. As análises serão realizadas com auxílio do programa R, adotando-se nível de significância de 5. De posse dos dados, as implicações no manejo dos animais serão discutidas.

Protocolo: 3756 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 10/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA DOLCIMASCULO
MELINA DA MAIA FERNANDES
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA
JOSE RICARDO CECILIO JUNQUEIRA

Resumo:
Recentes avanços no desenvolvimento e modificação de biomateriais apontam os derivados de concentrado de plaquetas (PRP/FRP, respectivamente plasma rico em plaquetas e fibrina rica em plaquetas) como biomateriais promissores na medicina regenerativa. Além disso, estudos experimentais demonstram efeitos pleiotrópicos das estatinas particularmente às atividades anti-inflamatórias, antioxidantes e imunomoduladoras, além da ação de proliferação celular e de proteção endotelial. Sendo assim, o objetivo deste trabalho será avaliar os efeitos anti-inflamatórios e cicatrizantes da associação do PRP autólogo ou FRP com a rosuvastatina na cicatrização de feridas induzidas experimentalmente em coelhos. Serão utilizados 16 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos e submetidos a um procedimento cirúrgico para realização de feridas na região dorsal utilizando um punch de 8mm (duas feridas do lado esquerdo e duas do lado direito). Feito isso, dois grupos serão formados. No grupo 1 (G1), cada ferida será tratada com uma substância diferente: PRP, R, PRP+R. No grupo 2 (G2), cada ferida será tratada com: FRP, R, FRP+R. Em ambos grupos experimentais, uma ferida servirá como controle (solução de NaCl a 0,9). Após a cirurgia, as feridas serão cobertas com ryon estéril e fechadas com curativo adesivo (Band Aid®). No 170 dia, a cicatriz será analisada para classificação e quantificação das fibras colágenas. Para avaliar a área de retração das feridas dérmicas será utilizado o programa computacional Image J. Já para a determinação do tipo de colágeno, bem com sua quantificação, lâminas de biópsia serão coradas e passarão pela técnica de polarização com o corante Picrosirius-red F3BA. O tecido cicatricial será submetido às análises de qualificação e quantificação das fibras colágenas e à extração de RNA total será realizada para avaliar a expressão gênica do colágeno e os genes quantificados por ensaio de PCR em tempo real. A análise estatística seguirá o programa estatístico SPSS, sendo consideradas diferenças significativas quando P<0,05.

Protocolo: 4202 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELENA MOREIRA
VITORIA RIBEIRO PEREIRA
ELIANE SZUCS DOS SANTOS
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
Fatores de crescimento são amplamente estudados na composição do meio de maturação dos embriões, entre eles, o fator de crescimento semelhante à insulina (IGF), já predito como positivo na maturação ovocitária e desenvolvimento embrionário in vivo e in vitro. A bioatividade do IGF é regulada por dois mecanismos: as IGFBPs (proteínas ligantes de IGF) e a PAPPA (proteína sérica A associada à prenhez), sendo a segunda capaz de clivar as ligações do IGF às IGFBPs, aumentando a biodisponibilidade de IGF livre. Estudos recentes têm demonstrando a expressão diferencial dos membros deste sistema em ovócitos imaturos ou embriões produzidos in vitro, comparando fêmeas da raça Nelore (Bos taurus indicus) e raça Holandesa (Bos taurus taurus). Neste sentido, merece destaque a maior expressão de PAPPA encontrada em ovócitos imaturos de vacas Nelore, o que poderia implicar em melhor habilidade na biodisponibilidade de IGF-1 por ovócitos oriundos dessas fêmeas e impactar positivamente na produção embrionária in vitro. Muitos estudos já investigaram os efeitos da adição de IGF-1 exógeno ao meio de maturação, no entanto, dados recentes obtidos por nosso grupo demonstram o efeito positivo da adição de PAPPA durante a MIV de ovócitos de abatedouro (na sua maioria de fêmeas zebuínas) sobre a progressão meiótica. Se tal modulação já apresenta efeitos positivos sobre a progressão meiótica, isso poderia implicar na maior qualidade dos embriões produzidos na presença da proteína, ou até mesmo, melhorando a sobrevivência pós vitrificação destes embriões. Assim, o objetivo do presente trabalho é investigar os efeitos da adição de PAPPA durante a MIV de complexos cumulus oócitos de vacas provenientes de abatedouro sobre a sobrevivência e desenvolvivemento pós-descongelamento de embriões vitrificados e sobre o perfil transcricional de genes relacionados à qualidade embrionária. Para isso, complexos cumulus-ovócito (CCOs) bovinos provenientes de ovários de abatedouro serão maturados ou não com PAPPA (0 e 100 ng/ml; dose mais efetiva em experimentos prévios), e cultivados até o estágio de blastocisto. No D7 (7&#8304; dia de cultivo embrionário in vitro), a taxa de produção será verificada e os blastocistos obtidos submetidos à quantificação relativa de genes de competência embrionária e ao processo de vitrificação. Espera-se que a adição de PAPPA durante a MIV, module a biodisponibilidade de IGF e consequentemente os efeitos positivos desse sistema reflitam em maior qualidade do embrião; aumento da eficiência da produção, qualidade embrionária e sobrevivência pós vitrificação.

Protocolo: 3807 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO VICTOR RODRIGUES AMORIS
ALAN BRUNHOLI GIROTO
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A toxocaríase é considerada uma das principais helmintoses em seres humanos. A infecção humana se dá principalmente pela ingestão acidental de ovos embrionados de Toxocara canis e T. cati presentes no ambiente. Entretanto, estudos têm sugerido a ingestão da carne crua ou mal cozida de hospedeiros paratênicos, particularmente de bovinos, como mais uma importante via de transmissão da toxocaríase para humanos. Diante das premissas, o objetivo do estudo é o de avaliar a prevalência sorológica de Toxocara spp. em amostras de soro de bovinos abatidos e oriundos da região de Presidente Prudente, São Paulo, e os fatores associados à infecção. Amostras de soro de 546 bovinos serão coletadas na linha de abate de frigoríficos da região de Presidente Prudente, São Paulo. Imunoglobulinas tipo G (IgG) anti-Toxocara spp. serão detectadas pela técnica de ELISA indireto. Amostras de soro de 50 bovinos, mantidos em uma propriedade que não possui cães e gatos, servirão para realização do "cut-off" empregado no ELISA e o soro controle positivo será obtido por meio da infecção experimental de um bovino desmamado e mantido em confinamento na Chácara de Zootecnia da UNOESTE. Para avaliar os fatores associados à infecção por Toxocara spp., informações adicionais sobre o sistema de criação dos animais serão obtidas com base em questionário aplicado aos proprietários dos lotes. Os resultados serão submetidos ao tratamento estatístico pelo teste do qui-quadrado/Fisher.

Protocolo: 3735 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2017 - 2/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HUAN BETINI SILVA
BIANCA LOUISE ALBERTIN VERISSIMO
FERNANDA NOBRE BANDEIRA MONTEIRO
ANA CAROLINA TAMOS ISHIDA
PAULA ANDREIA FABRIS GIUDICE
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
A grelina tem grande influência na reprodução dos animais, a expressão de grelina foi identificada em órgãos reprodutivos de machos e fêmeas em diversas espécies animais, como roedores, bovinos, búfalos, porcos e humanos, porém não há pesquisas sobre a expressão gênica desse hormônio em órgãos reprodutivos de cadela. Como a grelina está envolvida no metabolismo e relacionada com os hormônios reprodutivos, faz-se necessário um maior estudo sobre a expressão gênica de grelina no útero durante o diestro, correlacionando com as variações hormonais dessa fase em cadelas. Por isso, o objetivo do presente estudo é analisar a expressão gênica de grelina no corno uterino de cadelas em dias diferentes do diestro. Para tanto, 24 cadelas (n= 4/grupo) de dias diferentes do diestro (dia 10, 20, 30, 40, 50 e 60 dias após a ovulação) sofreram ovariossalpingohisterectomia e os úteros foram armazenados em -80ºC. Será realizada a expressão gênica relativa por qPCR dos genes da grelina. Os dados serão analisados por ANOVA e as diferenças estatísticas pelo contraste de Tukey (p<0,05).

Protocolo: 3700 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 8/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAISA THOME ORTEGA
HUGO AUGUSTO RIGOLO
NATALIA CAROLINE DE OLIVEIRA MARCAL
CRISLAINE APARECIDA DE SOUZA
BRUNA DA SILVA LUIZ
DANIELLE FIGUEIREDO JUNKER
VANESSA DA SILVA ALVES GOSSLER
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
As arritmias cardíacas incluem anormalidades na frequência cardíaca, no ritmo, no local de origem do impulso cardíaco, na despolarização atrial ou ventricular, e podem ser atribuídas às desordens na geração e/ou condução do impulso elétrico. A depressão na condução de resposta rápida e reentrada de impulsos excitatórios são fenômenos elétricos anormais que resultam em estado patológico. Estas alterações são comumente originadas devido à hipóxia, isquemia, desequilíbrio eletrolítico e ainda à administração de certos fármacos. O objetivo deste estudo é analisar retrospectivamente o perfil epidemiológico das arritmias cardíacas em cães atendidos em hospital veterinário de ensino superior do estado de São Paulo entre 2013 e 2017 e serão classificados em relação a arritmia, idade, sexo e raça dos animais. Será utilizado análise estatística descritiva como o auxílio de programas computorizados (Excel 2007®, Microsoft), para criar gráficos e tabelas para ilustração desses resultados.

Protocolo: 3780 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYRA CLAUDINO VILLA
DIENIFFER PARDO CASAVECHIA
Professor(es): LUÍS FELIPE DA COSTA ZULIM

Resumo:
O objetivo do presente estudo é investigar os efeitos do consumo de prebiótico, probiótico e simbiótico como possível mitigador a exposição crônica ao tabagismo passivo em ratos, através de análises histopatológicas e microbiológicas do pulmão e baço. Serão utilizados 96 ratos machos da linhagem Wistar, com idade de 23 dias e média de 45 gramas de massa corporal, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) = dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) = dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; Grupo MOS (GMOS) = dieta basal incorporada com 1g de mananoligossacarídeo (MOS) por kg da dieta; Grupo MOS Tabagista (GMT) = dieta basal incorporada com 1g do produto MOS por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) = dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) = dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) = dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) = dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probiótico por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão em condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. O experimento terá duração de 185 dias, cinco dias para adaptação dos animais ao manejo, alimentação e os grupos tabagistas a exposição ao cigarro por 10 minutos e 90 dias de experimentação, onde os animais serão expostos ou não a fumaça de cigarro por uma hora diária, divididos em dois períodos de 30 minutos, cinco dias por semana. Após o período experimental, os animais serão anestesiados, sacrificados por exsanguinação e o baço e o pulmão serão retirados. Amostras do baço e o pulmão serão seccionados para processamento histológico com a técnica de hematoxilina e eusina. Para determinar se ocorreram processos de translocação bacteriana, durante a necropsia, sob condições de assepsia e utilizando material estéril, serão retiradas amostras de baço dos ratos, que serão depositadas em tubos estéreis contendo solução fisiológica. As amostras serão refrigeradas e transportadas até o laboratório de Medicina Veterinária Preventiva 1 da Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE, onde serão trituradas com pinças estéreis e inoculadas em 5 mL de caldo cérebro coração. Após incubação por 48 horas, alíquotas dos caldos serão retiradas e semeadas em placas de agar-sangue ovino desfibrinado e agar MacConkey. Após incubação por 48-72 horas, as placas serão examinadas e os microrganismos isolados classificados segundo características morfotintoriais e comportamento bioquímico (BERGEY; BOONE, 2001). A análise estatística dos resultados será o teste de Saphiro-Wilk para assegurar o pressuposto de normalidade dos dados. Para determinar se as variáveis observadas na análise diferirão entre os tratamentos, será utilizado o teste de análise de variância em uma via (ANOVA one-way) com contrastes pelo método de Tukey. O pressuposto de homogeneidade de variâncias (homocedasticidade), necessário à realização da ANOVA, será validado pelo teste de Levene. Para as variáveis que apresentaram heterocedasticidade será aplicado a correção de Welch e realização de contrastes pelo método de Games-Howell. Todas as análises serão conduzidas no programa SPSS v. 16.0 for Windows, adotando-se o valor de 5 de significância.

Protocolo: 3620 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 3/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA ELVIRA PAUKA SANTANA
HELIARD RODRIGUES DOS SANTOS CAETANO
RICARDO AUGUSTO SILVA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIO GIUFFRIDA
ROGERIA KELLER
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
A toxocaríase é uma zoonose parasitária causada por nematódeos do gênero Toxocara spp., sendo as principais espécies Toxocara canis e Toxocara cati, cujo hospedeiros definitivos são o cão e o gato, respectivamente. Esta doença é uma das helmintoses mais prevalentes no mundo, principalmente em países em desenvolvimento, onde o saneamento básico e as condições de higiene são precárias. Além de causar grandes distúrbios em animais de companhia, esses parasitos podem ser transmitidos para os seres humanos, principalmente pela ingestão acidental de ovos embrionados presentes no solo contaminado. O presente estudo pretende caracterizar molecularmente os ovos de Toxocara spp. em praças e parques públicos de Presidente Prudente. No período de fevereiro a julho de 2017, amostras de 250 g de solo serão coletadas, mensalmente, em cinco pontos distintos de 15 praças/parques públicos. As amostras serão submetidas ao processo de flutuação em solução NaCl com adição de 0,5 ml (0,2) de Tween® 80. O sobrenadante será filtrado em peneiras com malhas de 90 e 63 µm. O material da segunda peneira (menor malha) será centrifugado e os ovos serão analisados sob microscopia ótica. Após esse processo, os ovos serão submetidos a aquecimento e resfriamento para rompimento da casca e liberação de material genético. O DNA do material presente nos ovos será extraído a partir de kit de extração comercial, e submetido a PCR para caracterização das espécies de Toxocara spp., com utilização de primers específicos para T. canis e T. cati.

Protocolo: 3582 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2017 - 1/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NADIELE TAISE MASSARANDUBA
ANA FLAVIA GRILLO SILVA
ALINE DA SILVEIRA BATISTA
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
Malassezia pachydermatis é um agente oportunista comensal da pele dos cães que determina dermatopatias e otopatias nestes animais. Para verificar a influência de parâmetros fisiológicos da pele (oleosidade, umidade e temperatura) da pele de 70 cães atendidos em ambulatório, descamações epidérmicas serão colhidas com tiras de carpete estéril, atritadas por 20 segundos em uma área de 25cm2 nas regiões frontal da cabeça, lombo-sacral, abdominal e área lesional e semeadas em agar Mycosel suplementado com cloranfenicol (0,05g/l), em placas de Petri estéreis. Após incubar as placas a 25oC por até sete dias, colônias de M. pachydermatis isoladas serão classificadas e enumeradas. A oleosidade, umidade da pele dos pontos de coleta de amostras serão mensurados com aparelho de bioimpedância (SkinUpTM) e termômetro de infravermelho. Durante a coleta, dados será mensurada a estatura e peso do animal para cálculo de índice de massa corporal canino. Um questionário estruturado será aplicado aos proprietários para aferir possíveis fatores de risco. Modelos de regressão linear e correlação, univariada e multivariada serão construídos para verificar a relação entre os parâmetros fisiológicos da pele, características individuais dos animais e o contingente de leveduras. A sensibilidade e especificidade dos parâmetros fisiológicos sobre a predição da população de Malassezia na pele dos cães serão estimados por inferência bayesiana. Diante dos resultados serão discutidos aspectos do diagnóstico e possíveis medidas terapêuticas a serem adotadas para controle das malassezioses cutâneas em cães.

Protocolo: 3716 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 4/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANA LUCIA DO NASCIMENTO
ARTHUR BENHUR BAGNARA RODRIGUES DOS SANTOS
IANARA MARTINS TAVARES
DANILO AMARAL DA SILVA
DIOGO SANTOS DA SILVA
TANIA MARA MARIANO PEREIRA
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A obesidade já é considerada um problema de saúde global, tendo tomado proporções epidêmicas nas últimas décadas. Nesse contexto, intensificou-se a busca de novos alimentos e compostos bioativos que possam auxiliar na sua prevenção e controle e suas complicações. Este projeto de pesquisa objetiva avaliar o potencial antiobesogênico e antiadipogênico do flavonóide quercetina. Serão utilizados 60 ratos machos Wistar, pesando aproximadamente 200 g, divididos em 6 grupos (n=10) e alimentados com dieta padrão ou hipercalórica e hiperlipídica palatável. Os grupos serão: controles normal - dieta controle por 12 semanas; obesogênica - dieta controle hipercalórica e hiperlipídica por 12 semanas; os grupos prevenção GP10 e GP20 receberão dieta obesogênica + 10 mg/dia de quercetina e dieta obesogênica + 20 mg/dia de quercetina durante doze semanas experimentais, já os grupos tratamento (GT10 e GT20) receberão dieta obesogênica durante as seis primeiras semanas experimentais e, em seguida  receberão dieta obesogênica + 10 mg/dia de quercetina e dieta obesogênica + 20 mg/dia de quercetina. Os animais serão pesados semanalmente e, no final do experimento, terão seu sangue coletado para análise do colesterol total e frações, triglicerídeos e ácidos graxos livres. Além disso, serão retirados e pesados os tecidos adiposos retroperitoneal, mesentérico e epididimal. Serão calculados, também, o Índice de massa corporal (IMC) no início e fim do experimento, a taxa específica de ganho de peso (g/kg) e o coeficiente de ganho de peso por consumo calórico. Os resultados serão submetidos à ANOVA e teste Tukey. Em todas as análises será empregada significância de 5.

Protocolo: 3567 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 1/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): VANESSA DE PAIVA ALVES GOMES
ILANA CARLA NANTES FERREIRA DO CARMO
LETICIA KAZAMA TSUJIGUSHI
MARCELA DE ANDRADE BERNAL FAGIANI
JOICY PRISCILA DA COSTA MAIA
FABIOLA DE AZEVEDO MELLO
Professor(es): LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS
SABRINA ALVES LENQUISTE

Resumo:
A medicina regenerativa é um campo interessante que combina medicina, biologia celular e molecular, bioengenharia e biomateriais como Plasma Rico em Plaquetas (PRP) e Fibrina Rica em Plaquetas (FPR) para buscar melhor qualidade e rapidez para se regenerar, reparar ou substituir tecidos do corpo. Associado aos biomateriais, a Rosuvastatina (RSV) na sua ação anti-inflamatória, induz a secreção de citocinas que modulam a resposta inflamatória, desempenhando um efeito benéfico em reações imunológicas excessivas, promovendo uma resolução normal da resposta inflamatória. Este trabalho objetiva avaliar a qualidade morfológica e morfometrica de fibras colágenas por meio de análises histológicas e dimensão fractal de feridas dérmicas de coelhos tratadas com diferentes biomateriais (PRP e FRP) associadas com o uso da rosuvastatina. Serão utilizados 32 biópsias de pele de coelhos machos adultos distribuídos em dois grupos: G1 (n=8, que realizarão tratamento com rosuvastatina e PRP) e G2 (n=8, tratados com rosuvastatina e FRP). A cicatrização das será acompanhada macroscópica, morfométrica e morfologicamente durante 17 dias, quando será realizada a biópsia da cicatriz para verificação histológica do processo cicatricial e a análise fractal pelo método Box-counting, por meio do software Image J. A análise estatística será realizada com o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS). Diferenças serão consideradas significativas quando P<0,05.

Protocolo: 3485 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2016 - 10/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALANA P Z ACORSI
BIANCA AYUMI LIMA TANIGUCHI
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Os mastocitomas são neoplasias altamente invasiva constituídas por mastócitos e com metástase e recidiva frequentes. Podem se apresentar como nódulos solitários ou multicêntricos na pele e eventualmente são diagnosticadas em vísceras internas como baço, fígado e intestinos. Em cães, esta neoplasia não apresenta predileção quanto ao sexo, acomete animais de meia idade à idosos e quanto à predisposição racial, as raças Boxer, Pug, Boston Terrier, Bull Terrier, Weimaraner e Labrador são as relatadas com maior frequência. Mastocitomas são as neoplasias cutâneas mais comuns nos cães. São altamente invasivas e a sobrevida do animal tem alta correlação com o grau histológico. Atualmente, dois sistemas de graduação histológica são utilizados pela maioria dos patologistas veterinários, sendo um proposto por Patnaik et .al. (1984) e outro por Kiupel et. al. (2011). Em virtude da subjetividade e discordância apresentada por estes sistemas, é consenso que outros indicadores prognósticos devem ser associados à graduação histológica. Neste contexto, o estudo que se expõe almeja avaliar e validar o uso da morfometria nuclear em mastocitomas cutâneos caninos, comparando estas mensurações nos dois sistemas de graduação histológica já consagrados e bem como correlacionar com o índice de proliferação celular estimado com o uso da coloração de AgNOR e com a intensidade de granulação citoplasmática evidenciada pela coloração de Azul de Toluidina. A morfometria particulariza-se por um método de baixo custo e apresenta alta reprodutibilidade e aplicabilidade na rotina diagnóstica.

Protocolo: 3473 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 4/2018 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISADORA DE ALMEIDA RUIZ
ANA BEATRIZ DE OLIVEIRA CARBONE
ISABELA DE ALMEIDA CIPRIANO
LILIANE GIROTO PEREIRA
Professor(es): ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
O banimento dos antibióticos promotores de crescimento na alimentação animal em alguns países estimulou a busca por potenciais substitutos e as substâncias húmicas estão entre os possíveis alternativos. Este trabalho tem como objetivo avaliar o efeito de três doses de substâncias húmicas em comparação á dieta controle e com antibiótico promotor de crescimento sobre o peso dos órgãos do sistema digestório, parâmetros morfométricos intestinais e índice de escore de lesões intestinais em frangos de corte aos 21 e 42 dias. Serão utilizados 240 pintos da linhagem Cobb, machos, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em 4 tratamentos (Controle, Antibiótico Promotor de Crescimento, Substância Húmica 0,5 e 1,5) com 5 repetições de 12 aves cada. Os órgãos do sistema digestório serão pesados. A morfometria intestinal será avaliada por meio de microscopia de luz e serão avaliados a altura e largura dos vilos e a profundidade das criptas. O índice de escore de lesões no intestino será avaliado por meio da classificação das lesões por coccidiose ou por enterites inespecíficas. Os dados serão submetidos à análise de variância e em caso de diferença estatisticamente significativa (p< 0,05), as médias serão comparadas pelo teste de Tukey à 5 de probabilidade.

Protocolo: 3551 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 12/2017 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ADRIELE DE SOUZA GOMES
MELISSA DE JESUS BOSSO SOUZA
ISADORA DE ALMEIDA RUIZ
NADIELE TAISE MASSARANDUBA
ANA FLAVIA GRILLO SILVA
ANA PAULA SOUZA COSTA
AMANDA JUSTINO DOS SANTOS
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
Nas últimas décadas, muitos estudos têm sido feitos para identificar substâncias e técnicas no manejo de feridas, capazes de favorecer a reparação tecidual. O Plasma Rico em Plaquetas tem sido bastante estudado nas áreas de cirurgia plástica e dermatologia com enfoque na remodelação de cicatrizes. Ele corresponde a uma porção de plasma presente no sangue autólogo, com uma concentração de plaquetas maior que a normal. Para facilitar o uso de novos componentes derivados de plaquetas, vários estudos vêm sendo desenvolvidos. Isso levou a utilização da Fibrina Rica em plaquetas, um concentrado imunológico com composição específica e uma arquitetura tridimensional que contém vários fatores de crescimento, exibindo propriedades potentes de diferenciação celular, proliferação e migração celular. Também há muitas evidências mostrando-se favoráveis ao uso de estatinas em lesões de pele. Os resultados apresentados em estudos mostram um efeito promissor na administração desse medicamento no processo cicatricial. Sendo assim, o objetivo deste trabalho será utilizar biomateriais associados a rosuvastatina na cicatrização de feridas induzidas experimentalmente em coelhos caracterizando os efeitos anti-inflamatórios e cicatrizantes. Serão utilizados 16 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos, distribuídos em dois grupos: grupo 1 (G1), em que os coelhos serão tratados com PRP autólogo, rosuvastatina (R) e associação (PRP+R) e grupo 2 (G2), onde os animais serão tratados com FRP, rosuvastatina e associação (FRP +R). Para confecção das quatro feridas será utilizado um punch de 8mm, tanto na região dorsal esquerda como direita. A pele será retirada com auxílio de uma pinça anatômica, preservando a musculatura. A ferida considerada controle será tratada com solução de cloreto de sódio a 0,9® e as demais serão tratadas com os biomateriais isolados e associados à rosuvastatina. Em seguida será colocado um curativo sobre todas as feridas utilizando ryon estéril e curativo adesivo (Band Aid&#61650;). A primeira troca dos curativos será feita 3 dias após a indução das feridas e este segundo curativo permanecerá por mais quatro dias. A partir disso, as trocas ocorrerão a cada 4 dias até completarem 16 dias de experimento. No 170 dia, será feita a biópsia para avaliação do tecido cicatricial, que será submetido às análises de qualificação e quantificação das fibras colágenas A análise estatística seguirá o programa estatístico JMP, versão 7.0 (SAS), sendo consideradas diferenças significativas quando P<0,05.

Protocolo: 3478 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 10/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYARA GIMENEZ SILVINO
AMANDA FEBA TETILA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
O presente projeto objetiva estudar a correlação entre a termografia por infravermelho do escroto com o quadro espermático, eletroforese do plasma seminal e a congelação do sêmen de touros Nelore, criados extensivamente, nas quatro estações do ano, para fins de construir critérios de seleção reprodutiva. Serão utilizados 20 touros da raça Nelore com idades de 24 meses, durante 12 meses, acompanhando as quatro estações do ano. Para cada estação do ano, duas coletas com intervalo de 30 dias, totalizando duas repetições por estação do ano. Os animais serão mantidos durante o projeto em pasto de Urochloa decumbens com acesso à água e mistura mineral à vontade, em sistema extensivo de produção. Antes da colheita do sêmen, será realizada a termografia por infravermelho de partes do corpo e do escroto. Após será mensurado temperatura retal e com auxílio do paquímetro, mensurado comprimento e largura dos testículos e largura dos epidídimos, e o perímetro escrotal. Será colhido sangue por venopunção da jugular para dosagem do hormônio testosterona. Então, será coletado o sêmen por meio de eletroejaculação, que será avaliado seguindo as normas do Colégio Brasileiro de Reprodução Animal. O sêmen será congelado em dois meios diluentes: TRIS-gema-ácido cítrico e BotuBov®, e uma fração do sêmen será centrifugada para obter o plasma seminal que será utilizado para o bandeamento proteico por eletroforese de SDS-PAGE. Os dados serão submetidos à análise de variância com posterior Teste de Tukey a 5, com comparação dos dados entre as estações do ano. Serão realizadas correlações de Pearson a 5 entre as variáveis do clima e as características do sêmen fresco e termografia de infravermelho.

Protocolo: 3479 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 3/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): RODRIGO GOMES RICCI
WILLIAN MITUZI TATEISI
TALITA RAQUEL CAVICHIOLI SEBASTIAO
GABRIELA FIGUEREDO CORNACINI
ISAMARA BATATA ANDRADE BALESTEIRO
FERNANDA LUIZA GUINOSSI BARBOSA DEAK
CAMILA DUTRA DE SOUZA FRANCISQUINI
GUILHERME PEPINO BASTOS
ELLYN AMANDA FONSECA MARTINS
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
Nos últimos anos, houve crescente aumento de cães atendidos pela clínica médica com sobrepeso ou obesidade e juntamente são observadas alterações em exames laboratoriais que podem estar relacionadas a esta doença ou a doenças endócrinas como diabetes, hipotireoidismo e hiperadrenocorticismo, além de concomitante alteração hepática aguda ou crônica relacionadas a lesão dos hepatócitos com perda da função ou colestase. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o escore de condição corporal, perfil hematológico, hepático, glicêmico e lipídico de cães atendidos na rotina de um Hospital Veterinário. Serão selecionados 50 cães, adultos, acima de cinco anos de idade, machos e fêmeas, com ou sem raça definida, com ou sem sobrepeso ou obesidade. Os animais serão atendidos normalmente e independentemente da queixa principal, será realizado a avaliação do Escore da Condição Corporal (ECC) com exame visual e palpação do paciente nas regiões torácica, inserção da cauda e região abdominal. Em seguida será colhido 15mL de sangue para realização do hemograma completo, perfil hepático (alanino aminostranferase, aspartato aminotransferase, fosfatase alcalina, gama glutamiltranferase, proteína total, albumina, globulinas), glicemia e perfil lipídico colesterol total e triglicérides. Os resultados serão submetidos à analise estatística adotando-se nível de significância de 0,05.

Protocolo: 3515 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA LUIZA PARUSSOLO SILVA AVALLONI
NERRIE DE OLIVEIRA
JOSIANE CRISTINA DA SILVA
BRUNA TOLEDO DURAN FOGLIA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Os rins são órgãos com importantes funções sistêmicas e podem ser acometidos por patologias primárias ou secundárias. A maioria dos estudos sobre alterações patológicas renais em cães e gatos avaliam características lesionais observadas em quadros clínicos de manifestação das doenças renais aguda e crônica. Estudos que avaliam lesões renais em animais necropsiados independente da causa mortis são importantes para a compreensão do desenvolvimento e resposta lesional diante de diferentes agressões e permite identificar alterações teciduais associadas a outras patologias sistêmicas. O objetivo do presente trabalho é realizar análise prospectiva das alterações patológicas em rins de cães e gatos submetidos ao exame necroscópico. Além disso, determinar a distribuição anatômica, causas (quando estabelecidas), características epidemiológicas e seu significado clínico na rotina de diagnóstico veterinário. Rins de cães e gatos necropsiados serão coletados, fixados em solução tamponada de formalina 10 e posteriormente submetidas ao processamento histológico padrão. Cortes histológicos de 5 µm de espessura serão corados por HE (Hematoxilina-Eosina) para avaliação histopatológica. Colorações especiais de ácido periódico-Shiff (PAS) e Tricrômio de Masson serão realizadas para caracterizar as glomerulopatias e as nefrites intersticiais crônicas, respectivamente. As lesões histológicas serão classificadas de acordo com a localização, origem e evolução. Após avaliação histopatológica, por meio da análise estatística será analisada a associação com dados epidemiológicos de raça, idade, sexo, sazonalidade e alterações sistêmicas.

Protocolo: 3433 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 4/2018 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS CARDOSO ARAUJO
LILIANE GIROTO PEREIRA
Professor(es): ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
A síndrome do abdômen agudo, popularmente conhecida como "cólica equina", tem ampla ocorrência mundial no cenário equestre, pois constitui a principal causa de óbito em animais adultos, além de acarretar prejuízos econômicos devido aos elevados custos com o tratamento. Dentre as causas de cólica abdominal em equinos, a do tipo verminótica tromboembólica é uma das principais responsáveis pelo óbito súbito. O quadro agudo é causado pela infestação maciça pelo nematódeo Strongylus vulgaris no intestino grosso. As formas larvais deste parasito, ao migrarem pelas artérias do intestino, podem promover a formação de lesões tromboembólicas que comprometem a circulação do órgão e ocasionam isquemia local ou generalizada das alças intestinais. A isquemia provocada pelas larvas de S. vulgaris pode causar forte dor abdominal não responsiva a tratamento medicamentoso. Em muitos casos, o diagnóstico da cólica tromboembólica por S. vulgaris (CTSv) é realizado durante o processo transoperatório. Dessa forma, quanto mais precoce o diagnóstico da (CTSv), maiores as chances de o animal sobreviver. O RDW tem se mostrado um marcador de processos inflamatórios e doenças degenerativas crônicas em seres humanos e alguns animais domésticos, especialmente naqueles onde há presença de isquemia. Entretanto, não existem dados na literatura sobre a associação do RDW com CTSv. O objetivo do presente estudo é avaliar se o RDW pode servir como preditor de cólica por S. vulgaris em equinos. Serão coletadas amostras de sangue de equinos (n= 204), para realização de hemograma e obtenção de RDW, e de fezes, para contagem de larvas por grama de fezes (LPG) e identificação das larvas de S. vulgaris. A significância prognóstica do RDW para CTSv será avaliada com a construção de curva ROC (receiver operating characteristic), enquanto a correlação de Pearson será utilizada para determinar a associação entre a contagem do opg e o valor do RDW.

Protocolo: 3417 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 3/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA NOBRE BANDEIRA MONTEIRO
ANA CAROLINA TAMOS ISHIDA
LIVIA MAGOSSO RAMIRES
TAMIRIS MUNIZ DOS SANTOS
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
O exercício físico de forma geral provoca alterações anabólicas nos tecidos corporais. Tal efeito é resultante do estresse provocado pelo exercício que apresenta variações de acordo com a modalidade utilizada, nesse contexto a presente pesquisa pretende avaliar as alterações promovidas pelo exercício, aeróbio e anaeróbio, na expressão gênica de IGF-1 nos testículos. Para tanto, serão utilizados os testículos colhidos de um experimento anterior já aprovado pelo CEUA. No projeto já realizado, foram utilizados 35 ratos, divididos em 5 grupos (n=7): Controle (C), Treinamento Aeróbio em Natação (TAN), Treinamento Resistido em meio aquático (TRA), Treinamento Aeróbio em Esteira Rolante (TAE) e Treinamento Resistido em Escalada (TRE). Os animais dos grupos TAN e TAE foram avaliados quanto a sua capacidade aeróbia por meio do teste de lactato mínimo (Lan), para determinação da carga de treinamento, os grupos TRA e TER realizaram teste de força máxima para o mesmo fim. Após 4 semanas de treinamento os animais foram eutanasiados e os testículos foram colhidos e armazenados no freezer a -80oC. Os testículos armazenados serão triturados e o RNA extraído pelo protocolo do TRIZOL®, será realizada a transcrição reversa e posteriormente o DNA complementar será analisado por PCR em tempo real, para um gene endógeno que será o normalizador da reação e um gene alvo que será o IGF-1. Os testículos de ratos então serão analisados quanto à expressão gênica quantitativa do IGF-1. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 3400 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 1/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIANE DOS SANTOS BRUNO
ANDRESSA FERNANDA DE OLIVEIRA MAGALHAES
GABRIELA DA SILVA PINHO
PATRIK JUNIOR DE LIMA PAZ
GABRIELA FERNANDES DE BARROS
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
LUCIANA MACHADO GUABERTO
ROBSON CHACON CASTOLDI
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
As substâncias húmicas são possíveis substitutos aos antibióticos promotores de crescimento na alimentação animal. O objetivo desse trabalho será avaliar o efeito de três doses de substâncias húmicas em comparação á dieta controle e com antibiótico promotor de crescimento sobre o desempenho, rendimento e composição bromatológica da carcaça de frangos de corte. O experimento será realizado no Aviário Experimental da UNOESTE, utilizando 240 pintainhos da linhagem Cobb, machos, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em 4 tratamentos (Controle, Antibiótico Promotor de Crescimento, Substância Húmica 0,5 e 1,5) com 5 repetições de 12 aves cada. O desempenho será avaliado semanalmente por meio do ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar, viabilidade criatória e índice de eficiência produtiva. O rendimento de carcaça e de cortes comerciais será realizada por meio da relação entre os pesos da carcaça, peito, coxas+sobrecoxas e asas e o peso da ave antes do abate. A composição bromatológica da carcaça será realizada por meio dos teores de matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo e matéria mineral no peito. Os dados serão submetidos à análise de variância e em caso de diferença estatisticamente significativa (p< 0,05), as médias serão comparadas pelo teste de Tukey à 5 de probabilidade.

Protocolo: 3452 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 1/2018 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULA ALVES DE SOUZA
MARIANA TROMBINI OLIVEIRA
ARTHUR BENHUR BAGNARA RODRIGUES DOS SANTOS
GIOVANNA NASCIMENTO SCATOLIN
THAMIRES RODRIGUES CAVALHEIRO
NADIA NOBREGA VALDO
GABRIELE APARECIDA CREPALDI DOMINGUES
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA

Resumo:
Introdução: A doxorrubicina é uma droga amplamente utilizada como agente antineoplásico, no tratamento de tumores sólidos e neoplasias hematológicas, com bons resultados. Acredita-se que a ligação da doxorrubicina ao DNA da célula cardíaca promova alteração na síntese protéica e consequentes alterações funcionais e estruturais nos miócitos. Muitas vezes, as alterações cardíacas agudas induzidas pela doxorrubicina são subdiagnosticadas, devido aos sintomas leves e à falta de padronização nos métodos de investigação do comprometimento cardíaco agudo. A coenzima Q10 (CoQ10) é uma quinona lipossolúvel vital para uma série de atividades relacionadas ao metabolismo energético. Acredita-se que os benefícios da suplementação advêm da correção de deficiência da CoQ10, melhorando a eficiência metabólica miocárdica e fornecendo maior proteção antioxidante. Os bloqueadores dos receptores adrenérgicos &#946; são substâncias farmacológicas que inibem competitivamente os efeitos das catecolaminas circulantes sobre os receptores adrenérgicos &#946;. Além do seu efeito anti-adrenérgico, o Carvedilol possui ainda efeitos antioxidantes. Esta atividade é sinérgica com os seus efeitos não específicos bloqueadores &#946; e &#945;1 e confere vantagens terapêuticas adicionais, quando comparado com os &#946;-bloqueantes clássicos. Objetivo: avaliar a eficiência do carvedilol e da coenzima Q10 como protetores dos efeitos do uso de Doxorrubicina. Métodos: Serão utilizados 50 ratos Wistar fêmeas, separados em 5 grupos de 10 animais, grupo controle: solução salina + veiculo; grupo 2: Doxorrubicina + veiculo; grupo 3: Doxorrubicina + carvedilol; grupo 4: Doxorrubicina + Coenzima Q10 e grupo 5: Doxorrubicina + coenzima Q10 e Carvedilol. Os animais receberam o tratamento três dias antes até dias após a inoculação da doxorrubicina que será feita por via intraperitoneal em dose única (20 mg/kg). Serão eutanasiados quatro animais de cada grupo após 24 horas da aplicação e seis animais de cada grupo após cinco dias da aplicação do quimioterápico. Será coletado o sangue do animal durante o processo de eutanásia e após a amostra ser centrifugada será dosada a enzima CK-MB no soro dos animais. Será realizada análise estatística e considerado significativo o valor de p < 5.

Protocolo: 3364 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANNA MONTECHIEZE
EVELIN DE OLIVEIRA SILVA
Professor(es): CECILIA LAPOSY SANTAREM
YUDNEY PEREIRA DA MOTTA

Resumo:
O processo cicatricial compreende uma sequência de eventos moleculares e celulares que interagem para restaurar o tecido lesado. A análise da arquitetura do colágeno é fundamental quando se trata de cicatrização. Avanços científicos significativos foram feitos da Fibrina rica em plaquetas (FRP) não só para o processo hemostático, mas também para cicatrização de feridas por meio de liberação de fatores de crescimento. Alguns autores sugerem que a FRP seja mais efetiva que o plasma rico em plaquetas (PRP) e a consideram uma opção promissora no tratamento de feridas. Estudos são necessários para comprovar eficácia da FRP, no que diz respeito à qualidade da cicatrização proporcionada. Uma forma de avaliação utilizada para identificar alterações estruturais na pele é a dimensão fractal, a qual permite caracterizar estruturas irregulares em lâminas histológicas e quantificar as alterações existentes, de maneira mais precisa, pois se trata de uma técnica que independe do avaliador. Sendo assim, o trabalho tem como objetivo caracterizar o tipo de fibra colágena produzida após a realização de ferida dérmica em coelhos tratados com FRP autólogo comparando as análises histológicas padrão com a dimensão fractal. Serão avaliadas biópsias de pele de 06 coelhos clinicamente saudáveis, da raça Nova Zelândia (n= 3 machos, n= 3 fêmeas), tratados e não tratados com FRP autólogo. Após a indução da ferida cirúrgica, utilizando um punch de 8 mm, os animais foram tratados com FRP. A ferida do lado direito foi padronizada para o tratamento e a ferida do lado esquerdo o controle, preconizando-se apenas a limpeza do local com solução fisiológica. As lesões foram acompanhadas durante 17 dias. Nos dias 7, 10, e 17, os animais foram avaliados quanto ao comportamento das feridas morfológica e morfometricamente. Após o 170 dia da realização da ferida, foi realizada biópsia para avaliação da qualidade da cicatrização. Com relação à dimensão fractal do colágeno, lâminas de biópsia coradas serão fotografadas serão binarizadas para lei¬tura e a dimensão fractal estimada pelo método Box-counting, por meio do software Image J. Para todas as análises estatísticas empregadas no projeto será utilizado o programa computacional SPSS, no qual será adotado o nível de significância de 5.

Protocolo: 3318 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LAUREN CHRYS SOATO MARIN SCHAFFER
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Visando o crescente mercado em expansão da ovinocultura, torna-se fundamental que a eficiência produtiva e reprodutiva seja fator indispensável nesse setor animal. Mesmo com este cenário promissor, o controle de endoparasitas ainda é um problema a ser sanado. Sendo assim torna-se necessário o desenvolvimento de pesquisas que enfoquem alternativas aos métodos tradicionais de antihelminticos e que não tragam prejuízos à saúde humana, tão pouco ao meio ambiente. Extratos de Neem (Azadirachta Indica) destacam-se pela sua eficiência no controle de nematódeos gastrintestinais em pequenos ruminantes, principalmente de substâncias obtidas das folhas e sementes). Assim, este estudo tem por objetivo a comparação de possíveis alterações hematológicas e parasitarias em ovelhas mestiças Dorper, suplementadas com torta de Neem, em pastagem durante o período gestacional. Para isso serão utilizadas 30 ovelhas mestiças Dorper, mantidas em pastagem (Coast Cross) durante todo o período gestacional, divididas em 2 grupos experimentais, sendo: o grupo controle, onde as ovelhas, não receberão o produto, e o grupo Neen, receberá a torta de Neen no sal mineral, em cocho coberto, na concentração de 1,5, contendo níveis mínimos de garantia, de 0,12 de azadiractina. A cada vinte dias serão realizadas exames hematológicos e bioquímicos (uréia, creatinina e aspartato aminotransferase, leucócitos totais), bem como a coleta de fezes (coletadas, diretamente da ampola retal, para contagem de ovos por grama de fezes (OPG). Os dados das variáveis estudadas serão testados quanto à normalidade dos erros e homogeneidade de variâncias e as análises realizadas utilizando-se o programa SAS, versão 9.1 (STATISTICAL ANALYSIS SYSTEMS, 2003).

Protocolo: 3300 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA GABRIELA ABONIZIO
HUGO AUGUSTO RIGOLO
AILTON PLINIO DA SILVA JUNIOR
GRIEG ROQUE COELHO
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
HAROLDO ALBERTI
MARILICE ZUNDT ASTOLPHI

Resumo:
As lesões musculares são divididas em leves, moderadas e graves conforme a quantidade de fibras rompidas. O tratamento padrão para lesões graves é a cirurgia para sutura muscular, nas quais as bordas do músculo rompido são unidas. O Plasma Rico em Plaquetas (PRP), é outro tratamento que apresenta resultados positivos, devido a seus fatores de crescimento que estimulam a angiogênese, quimiotaxia e síntese de novas fibras musculares. Desta forma, o objetivo desse trabalho será analisar a associação das duas técnicas na lesão muscular, hipotetizando que sua união resulte na regeneração do músculo lesionado de forma mais efetiva que a aplicação isolada das técnicas. Serão utilizados 70 ratos distribuídos em 5 grupos: controle (C), controle lesão (CL), lesão e sutura (LS), lesão e PRP (LP), lesão, sutura e PRP (LSP). O processo de lesão ocorrerá por meio de cirurgia na qual a porção lateral do músculo gastrocnêmio será seccionada. Para aplicação do PRP, este será extraído por meio de punção cardíaca no dia seguinte ao processo de lesão, e aplicado após 24 horas de lesão. Os animais serão eutanasiados no 7º dia após a lesão. Sete animais terão os músculos submetidos ao ensaio mecânico enquanto os outros terão o tecido muscular congelado para análise das características morfológicas, colágeno muscular, análise fractal, estresse oxidativo. Para todas as análises será realizado teste de normalidade seguido dos pós-testes adequados dependendo da presença de distribuição gaussiana ou não. Será adotado nível de significância de 5.

Protocolo: 3285 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS DA SILVA SANTOS
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
ROBSON CHACON CASTOLDI

Resumo:
A termografia por infravermelho, na modalidade digital, é um moderno exame de imagem com acurácia, não invasivo, sem efeitos colaterais, de prática realização; e validado internacionalmente. A termografia é um eficaz método de avaliação de temperaturas de áreas do corpo de animais, sendo usada no estudo da termorregulação testicular. Na reprodução de bovinos de corte, com estação de monta na primavera e verão, a qualidade do sêmen deve ser mantida para que a taxa de prenhez seja otimizada. No verão, o estresse térmico pode ser maior, em relação à estação da primavera. Nos touros jovens, a qualidade do sêmen pode oscilar da primavera para o verão. Diante dessa hipótese, objetiva-se estudar na primavera e verão a termorregulação testicular com termografia digital por infravermelho, a qualidade do sêmen e a morfometria testicular de touros jovens Nelore, criados extensivamente. Serão utilizados 20 touros da raça Nelore com idades de 24 meses, mantidos em pasto de Urochloa decumbens, com mistura mineral e água à vontade. Serão realizadas, com intervalos de 30 dias, duas coletas de dados por estação, na primavera e verão, com os seguintes procedimentos: coleta e análise de sêmen, mensuração da morfometria testicular e exames de termografia de infravermelho da bolsa escrotal. Os dados das temperaturas da bolsa escrotal, das características do sêmen e da morfometria testicular dos touros,serão submetidos à análise de variância, ao teste de Tukey a 5 e às correlações de Pearson, nas duas estações do ano: primavera e verão.

Protocolo: 3164 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): TALITA RAQUEL CAVICHIOLI SEBASTIAO
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR

Resumo:
Os acidentes ofídicos caracterizam um grave problema de saúde pública, criação de animais e demandas médico-legais para o Brasil e para países de clima tropical. Serpentes do gênero Crotalus são responsáveis pelo maior número de óbitos e no Brasil habitam apenas as serpentes da espécie Crotalus durissus com sete subespécies. Os acidentes que envolvem este gênero são de difícil diagnóstico em virtude de sinais clínicos inespecíficos. Baseado neste contexto, a proposta que se apresenta tem por objetivo primordial a avaliação por métodos histoquímicos das lesões teciduaid produzidas pela intoxicação experimental por veneno das subespécies Crotalus durissus terrificus e Crotalus durissus collilineatus jovens e Crotalus durissus collilineatus adultas em tecidos embebidos em parafina. Para tal, serão utilizadas as colorações de hematoxilina e eosina, ácido periódico de Schiff e tricrômio de Masson em fragmentos de cérebro, cerebelo, pulmão, fígado, baço, rins e músculo estriado esquelético de ratos wistar. Amostras do "pool" de veneno de cada subespécie serão fornecidas pela Universidade Estadual de Campinas. Com os resultados obtidos, almeja-se de forma direta contribuir significativamente para a compreensão das lesões teciduais produzidas por acidentes ofídicos em animais e fornecer subsídios para novas pesquisas sobre a fisiopatologia dos envenenamentos por Crotalus durissus. Indiretamente, esta pesquisa ira fornecer material biológico para outras pesquisas na Universidade do Oeste Paulista contribuindo em projetos tanto da graduação quanto para pós-graduação.

Protocolo: 3220 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 9/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KARINE MARIELE GUIMARAES DE CASTRO
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO
LILIANE GIROTO PEREIRA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA

Resumo:
Os problemas respiratórios são a segunda maior casuística na clínica de equídeos, prejudicando a performance dos animais e causando grandes prejuízos econômicos neste meio. Dentre as patologias mais frequentes está a Doença Inflamatória das Vias Aéreas (DIVA), que tem vários fatores desencadeantes, como a bronquiolite alérgica causada pelo parasita pulmonar Dictyocaulus arnfieldi. Apenas os equinos desenvolvem a dictiocaulose, já que os asininos e muares são portadores assintomáticos do D. arnfieldi. Apesar da importância econômica da equideocultura para a região Oeste do estado de São Paulo, não existem dados sobre os prejuízos ocasionados pela dictiocaulose em equídeos. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é avaliar a frequência e os fatores de risco associados à infecção de equídeos por Dictyocaulus arnfieldi nesta região. No estudo participarão, aproximadamente, 200 equídeos, pertencentes a 20 propriedades. Os animais serão examinados e terão amostras de fezes e sangue coletadas. Aqueles que apresentarem exame coproparasitológico positivo para D. arnfieldi, através da contagem de larvas por grama de fezes (LPG) e ovos por grama de fezes (OPG), serão avaliados clinicamente e será coletado o lavado broncoalveolar (LBA). Os proprietários dos equinos portadores de dictiocaulose serão orientados para realizar o tratamento antihlemíntico nos animais. E depois de 15 dias, as fezes desses equinos serão coletadas para avaliação da eficácia do tratamento. A partir de um questionário serão conhecidos os fatores de risco para a dictiocaulose, que serão avaliados pela análise bivariada (teste qui-quadrado ou exato de Fischer). Para determinar se as médias das contagens de LPG e OPG diferiram entre as amostras de fezes, antes e após o tratamento, será empregado o teste t. A força da associação entre a presença de larvas e os fatores associados à dictiocaulose será expressa pelo Odds Ratio (OR), com intervalo de confiança de 95.

Protocolo: 3109 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2016 - 11/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HUAN BETINI SILVA
FERNANDA NOBRE BANDEIRA MONTEIRO
ANA CAROLINA TAMOS ISHIDA
ALINE DA SILVEIRA BATISTA
LIVIA MAGOSSO RAMIRES
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
A criação de aves em sistema colonial está em grande ascensão em algumas regiões do Norte do Paraná e com ela uma zoonose de efeito mundial, a toxocaríase, causada por nematódeos do gênero Toxocara, especialmente T. canis, e que pode ser transmitida ao homem pela ingestão de carne de aves. Os estudos na literatura sobre a prevalência de tal doença são escassos. Estudos sobre essa prevalência podem permitir prevenção de contaminação humana, por Toxocara spp., de aves criadas em sistema extensivo/semi-intensivo. Com a finalidade de avaliar a presença de Toxocara canis em frangos de corte serão examinados materiais colhidos durante o abate dessas aves, como vísceras, sangue e cérebro. Os testes sorológicos serão realizados com a padronização da técnica de ELISA, utilizando-se antígenos excretórios-secretórios (TES) para detecção e quantificação de anticorpos IgY (IgG) específicos anti-T. canis. Será calculado o índice de avidez de anticorpos produzidos pelas aves durante os momentos estudados. A análise de regressão linear simples será calculada para avaliar a relação entre o tempo em dias decorridos entre a inoculação e as dosagens séricas de anticorpos anti-Toxocara nos animais infectados, enquanto que o coeficiente de correlação de Pearson será utilizado para estimativa de coeficientes de correção, por ponto e intervalo com 95 de confiança (IC95), entre o índice de reatividade (IR) e o índice de avidez (IA; ) de IgY detectadas pelo ELISA. Serão considerados como significativos, os valores de p<0,05.

Protocolo: 3114 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 4/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TIAGO TELLIS PARRA
YSLLA FERNANDA FITZ BALO MERIGUETI
ADILSON CARDOSO DE OLIVEIRA
ALINE DA SILVEIRA BATISTA
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (KCS) ou doença do olho seco caracteriza-se por uma inflamação da superfície ocular dos cães, associada a patologias que reduzem o componente aquoso do filme lacrimal acarretando prejuízos à manutenção da homeostase na mucosa e a prevenção de infecções. Com isso, partículas estranhas e bactérias permanecem aderidas a superfície ocular, e as substâncias com ação antibacteriana encontram-se em concentrações reduzidas, acarretando infecções oculares secundárias, resultando em hiperemia conjuntival, descargas mucopurulentas e lesões ulcerosas. Staphylococcus pseudointermedius é um coco Gram-positivo produtor da enzima plasma-coagulase, sendo a principal espécie saprofílica da pele e mucosa de cães e um dos principais agentes infecciosos envolvidos em infecções oculares de cães, secundárias a KCS, O agente coloniza úlceras localizadas na córnea e relativamente comum no saco conjuntival de cães sadios. Possivelmente, os fatores associados a colonização ocular envolvem moléculas de adesão, formação de biofilmes e expressão de outros fatores de virulência. Este trabalho tem como objetivo, determinar a frequência de isolamentos e o perfil de sensibilidade de S. pseudintermedius isolados dos olhos de cães com KCS, a fim de compor um banco de cepas para posterior análise molecular. Serão colhidas com suabe estéreis aproximadamente 80 amostras superficiais de ambos os olhos de cães com KCS, atendidos em Hospital Veterinário. As amostras serão semeadas, incubadas a 37oC e as colônias compatíveis com Staplylococcus serão caracterizadas fenotipicamente por testes bioquímicos. As linhagens classificadas como S. pseudointermedius serão estocadas em àgar lignieris. A sensibilidade dos isolados será determinada pelo teste de disco-difusão em agar Mueller-Hinton, onde serão testado 10 classes de antimicrobianos e os resultados calculados com os índices de múltipla resistência individual e agregado. O fenótipo de resistência induzida a clindamicina pela eritromicina será avaliado pelo teste D onde a presença de resistência induzida a clindamicina será confirmada pela presença de um "achatamento" no halo de inibição de clindamicina localizado entre os dois discos. Os microrganismos isolados serão estocados e mantidos em temperatura ambiente. Adicionalmente, serão inoculados em caldo-cérebro coração adicionado de glicerina, e congelados a temperatura de -20oC para posterior verificação da viabilidade dos isolados.

Protocolo: 3050 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 4/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALINE FERREIRA REPIK
THAIS ANGELONI DE OLIVEIRA BARBOZA
MARCOS ROGERIO SGRIGNOLI
DANIELLE ANTONELLI MOTTA SGRIGNOLI
DANIELLE ALVES SILVA
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
ROGERIO GIUFFRIDA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS), ou olho seco, é uma doença ocular degenerativa que afeta diretamente a qualidade de vida dos seus portadores, sendo uma afecção oftálmica comum em cães e no homem, sem cura até o momento. Desta maneira, faz-se necessário a descoberta de uma terapia eficaz que leve a cura definitiva. Neste contesto surge as células-troncos, que têm a capacidade de regenerar tecidos. O objetivo deste trabalho é analisar a eficácia do uso tópico do colírio de células-tronco mesenquimais (MSC) heterólogas derivadas do tecido adiposo canino no tratamento da CCS em cães, avaliando os sinais clínicos oftálmicos e a citologia ocular. Serão utilizados 40 cães, 20 cães hígidos e sem doença ocular, provenientes do canil da UNOESTE, serão alocados para o grupo controle negativo (GCN) e 20 cães com diagnóstico positivo bilateral para CCS, provenientes da rotina de atendimento do serviço de oftalmologia do Hospital Veterinário da UNOESTE, serão alocados no grupo positivo de tratamento (GPT). Os animais serão avaliados com os testes oftálmicos Teste Lacrimal de Schirmer (TLS), Teste de Fluoresceína (TF), Teste de Rosa Bengala (TRB) e Teste de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL) e citologia ocular esfoliativa da conjuntiva e aspirativa da glândula da terceira pálpebra. Serão incluídos na pesquisa animais diagnosticados com CCS com o TLS de 5 - 10 mm/min ou o TRFL for &#8804; 10 segundos, além da presença de sinais oculares de CCS como opacidade, secreção ocular, conjuntivite, blefarite, pigmentação, neovascularização e úlcera de córnea. Os animais do GPT serão tratados topicamente com colírio de células tronco mesenquimais (CTM), 1 gota, em ambos os olhos, em 4 aplicações a cada 7 dias, e colírio lubrificante a base de propilenoglicol, 1 gota, 3 vezes ao dia, em ambos os olhos, por 30 dias. Os animais do GPT serão acompanhados por um período de 180 dias, semanalmente nos primeiros 30 dias, e mensalmente no restante do período. Animais que não obtiverem êxito no tratamento durante os primeiros 30 dias serão direcionados para tratamento convencional para a CCS. Os valores paramétricos serão comparados entre momentos e grupos por meio de análise de variância (ANOVA) pelo método de Tukey. Valores não paramétricos serão utilizados os testes de Friedman e Kruskal-Wallis, para comparação entre momentos e grupos respectivamente. Será adotado P<0,05 como nível de significância.

Protocolo: 2954 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 12/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): WELLINGTON BOTT CABRERA
ELAINE CARRION DE FARES
MARCOS ROGERIO SGRIGNOLI
DANIELLE ALVES SILVA
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI

Resumo:
O objetivo será de avaliar o efeito da suplementação com probióticos no tumor induzido no intestino delgado (duodeno, jejuno e íleo) e intestino grosso (do ceco ao reto) de ratos submetidos à quimioterapia. Serão 50 ratos Fisher com 7 semanas de vida provenientes do Centro de Bioterismo da UNICAMP, distribuídos aleatoriamente em 5 grupos (n=10): Controle Absoluto (GCA): os ratos não receberão nenhum tratamento. Grupo DMH (GDMH): somente indução de tumor; Grupo DMH+5-FU (GDMH+5-FU): indução de tumor e quimioterapia com 5-FU; Grupo DMH+PRO (GDMH+PRO): indução de tumor e suplementado com probiótico; Grupo DMH+PRO+5-FU (GDMH+PRO+5-FU): indução de tumor, quimioterapia com 5-FU e suplementado com probiótico. A indução do tumor nos ratos será com 1,2-dimetilhidrazina (DMH). O probiótico a ser utilizado será composto pelas cepas Lactobacillus acidophilus (NCFM®), L. paracasei (Lpc 37TM), Bifidobacterium lactis (BR-04TM), B. lactis (Bi-07TM) e B. bifidum (Bb-02TM) na dose de 1x109 UFC. No intestino delgado (duodeno, jejuno e íleo) e intestino grosso (do ceco ao reto) dos ratos de todos os grupos experimentais serão feitas medições (comprimento e largura) nos tumores, detecção de focos de criptas aberrantes, índice apoptótico que serão quantificados nos cortes histológicos corados com hematoxilina e eosina (HE) e dimensão fractal dos cortes histológicos desses segmentos intestinais. A avaliação estatística dos resultados será realizada empregando-se análise de variância (ANOVA) one way para rejeição da hipótese de nulidade. Na presença de significância na ANOVA será procedida a análise de contraste entre as médias aplicando-se os testes a posteriori de Dunnett ou Tuckey. Em todas as análises será empregado o nível de significância com P &#8804; 0,05.

Protocolo: 3052 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 1/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DENISE YABUKI
BIANCA DEPIERI BALMANT
SANDRA CRISTINA GENARO
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS

Resumo:
Objetiva-se estudar a influência do ômega 3 e vitamina B12na espermatogênese,perfil hormonal e metabólico em ratos machos tratados com Bussulfan. A espermatogênese equilibrada é essencial para a fertilidade das espécies animais. Os ácidos graxos poli-insaturados ômegas 3 e 6 (PUFAs &#969;3 e &#969;6) são incorporados na membrana celular dos espermatozoides e a insuficiência dos mesmos afeta a espermatogênese. A vitamina B12 contribui na síntese de DNA. Alguns quimioterápicos como o Bussulfan influenciam de forma negativa na espermatogênese. Serão utilizados 96 ratos, divididos em 8 grupos com 12 animais/grupo, sendo: G1- Grupo Controle (GC) receberá alimentação padrão,água e injeção de salina; G2Grupo ômega (GO)água, alimentação padrão e óleo de peixe (Vitafor®) na dose de 1g/kg via subcutâneo;G3Grupo Bussulfan (Gb) água, alimentação padrão, Bussulfan® via subcutânea na dose 40mg/Kg; G4Grupo ômega e Bussulfan® (GOb) água, alimentação padrão, Bussulfan,óleo de peixe; G5Grupo B12 (GB12) água, alimentação padrão, vitamina B12 via subcutâneo na dose de 3µg; G6Grupo ômega e B12 (GOB12) água, alimentação padrão, óleo de peixe, vitamina B12; G7Grupo vitamina B12 e Bussulfan® (GB12b) água, alimentação padrão, vitamina B12 e Bussulfan®; e G8Grupo ômega, vitamina B12 e Bussulfan® (GOB12b) água, alimentação padrão, óleo de peixe, vitamina B12 e Bussulfan®. O período experimental será de 60 dias com sacrifício dos ratos em três momentos, respectivamente, aos 30, 45 e 60 dias, para se realizar coleta de materiais os quais serão processados por diversas metodologias. Os dados serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5.

Protocolo: 2995 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 12/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS YUKIO YAMADA
TANIA MARA MARIANO PEREIRA
GIOVANA JOSE GARCIA ESTANHO
AUGUSTO CESAR SOARES DE OLIVEIRA
LUCI MARA MIURA YAMADA
ISAMARA BATATA ANDRADE BALESTEIRO
FERNANDA LUIZA GUINOSSI BARBOSA DEAK
CAMILA DUTRA DE SOUZA FRANCISQUINI
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
O câncer tem sido considerado um dos maiores problemas de saúde pública mundial. Apesar dos recentes avanços na produção de drogas quimioterápicas a 5-fluorouracil (5-FU) tem sido aplicada no tratamento de diversos tipos de câncer nos últimos 40 anos. Muitas investigações têm sido realizadas na prevenção, tratamento e cura do câncer, com o objetivo de aumentar o tempo de sobrevida e melhorar a qualidade de vida do paciente. Podem ser citados alguns nutrientes com ação estimulante no sistema imunológico, dentre eles, tem se destacado a L-arginina, onde seus efeitos benéficos ultrapassam o efeito nutricional. O objetivo deste projeto é avaliar os efeitos da suplementação de diferentes doses de L-arginina na integridade do DNA e RNA de Rattus novergicusda linhagem Wistar submetidos à quimioterapia com 5-fluorouracil. Serão utilizados 72 Rattus novergicusda linhagem Wistar que serão divididos aleatoriamente em 6 grupos (12 animais/grupo) a seguir: Grupo controle, Grupo controle 5-FU, Grupo controle arginina 2, Grupo controle arginina 4, Grupo arginina 2+5-FU e Grupo arginina 4+5-FU. O teste Ensaio do Cometa será utilizado para investigação de danos no DNA e RNA, através de uma solução de agarose a 1,5 adicionado 5µl de sangue através de eletroforese, com coloração de fluoresceína e observação em microscópio de fluorescência, classificando em: a) sem cauda (0); b) < 1 (1); c) 12 (2); d) > 2 (3) e e) sem cabeça (4). O teste de Análise de Cariótipo será utilizado para investigação de anormalidades cromossômicas, através de culturas celulares de linfócitos com coloração por bandamento G: a) bandamento G com Tripsina e b) bandamento G por Wrigth. Cada tipo de anormalidades serão selecionadas e descritas em relação ao tipo de anormalidade cromossômica. Os dados serão analisados por meio da Análise de Variância e teste de Tukey. Em todas as análises será considerado significância de 5.

Protocolo: 2955 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 10/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE GIL DUNDI
ANDRESA APARECIDA DE OLIVEIRA CARDOSO
ELOISA ORTEGA NAZARIO DE ARAUJO
BIANCA DEPIERI BALMANT
SANDRA CRISTINA GENARO
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS

Resumo:
A ceratoconjuntivite seca (CCS) é uma doença inflamatória crônica, causada por modificações quantitativas e/ou qualitativas da lágrima, podendo levar a cegueira se não for precocemente diagnosticada e tratada. O objetivo deste projeto é comparar a eficácia de duas formulações de ômega 3, por via oral, com diferentes proporções de EPA e DHA associado com antioxidantes como adjuvantes no tratamento de CCS em cães. Serão acompanhados durante seis meses, 45 cães, sem predisposição racial, etária ou sexual, atendidos no HV da UNOESTE portadores de CCS. Os cães serão divididos aleatoriamente em 3 grupos (n=15): grupo T receberá tratamento com o colírio tacrolimus 0,03, 1 gota em ambos os olhos 2x/dia; grupo TO receberá tratamento com o colírio tacrolimus 0,03, 1 gota em ambos os olhos 2x/dia, mais óleo de peixe + antioxidante (1,5 EPA:1 DHA + vitamina E) (Ograx®-3 500/Laboratório Avert, 1 cápsula de 500 mg/7kg/dia ou Ograx®-3 1000/Laboratório Avert, 1 cápsula de 1000 mg/14kg/dia); grupo TS colírio tacrolimus 0,03, 1 gota em ambos os olhos 2x/dia, mais óleo de peixe + antioxidantes (1 EPA : 4,5 DHA + vitamina E + vitamina C + selênio) (Seniox® 500/Laboratório Avert, 1 cápsula de 500 mg/10kg/dia ou Seniox® 1000/Laboratório Avert, 1 cápsula de 1000 mg/20kg/dia). Os animais serão avaliados mensalmente, e realizados testes oftálmicos específicos como Teste Lacrimal de Schirmer (TLS), Teste de Fluoresceína (TF), Tempo de Ruptura do Filme Lacrimal (TRFL), Teste de Rosa Bengala, citologia da conjuntiva, e no início e final do projeto biopsia da conjuntiva. Serão considerados animais positivos para CCS quando o TLS for &#8804; 10 mm/min ou o TRFL for &#8804; 10 segundos, além da presença de sinais oculares compatíveis com a doença como opacidade, pigmentação, neovascularização e úlcera de córnea, secreção ocular, conjuntivite e blefarite. Os dados obtidos serão comparados e analisados estatisticamente pelo teste T de Student. Será adotado o nível de significância de 5.

Protocolo: 2939 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 11/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA VASCONCELOS DONADAO
DANIELA RODRIGUES DOS SANTOS
MARCOS ROGERIO SGRIGNOLI
DANIELLE ALVES SILVA
Professor(es): SILVIA MARIA CALDEIRA FRANCO ANDRADE
GISELE ALBORGHETTI NAI

Resumo:
As biotécnicas atuais são utilizadas como ferramentas que complementam as técnicas convencionais e possibilitam agiliza ra obtenção de dados. Objetiva-se estudar a influência da ingestão de água magnetizada na termorregulação testicular, quadro espermático, proteínas do plasma seminal e concentração de testosterona na fase da puberdade e pós-puberdade em bovinos machos da raça Nelore, divididos em grupo 1 (n=10) controle e grupo 2 (n=10) tratado com água magnetizada. Os bovinos serão mantidos em pasto de Urochloa decumbens, com mistura mineral e água à vontade.Serão realizadas colheitas de dados, a cada 60 dias, totalizando cinco momentos de colheita com os seguintes procedimentos: colheita de sangue por venopunção jugular para dosar a concentração sérica de testosterona por radioimunoensaio (RIA), colheita de sêmen por eletroejaculação, termografia por infravermelho do olho, focinho, posterior, flanco e bolsa escrotal e mensurações corpóreas e do aparelho reprodutor. Será realizada eletroforese em SDS-PAGE do plasma seminal. Os dados serão submetidos à análise de variância e teste de Tukey a 5.

Protocolo: 2952 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 2/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PEDRO AUGUSTO ALVES ALCANTARA
GABRIELA FIGUEREDO CORNACINI
ISAMARA BATATA ANDRADE BALESTEIRO
FERNANDA LUIZA GUINOSSI BARBOSA DEAK
CAMILA DUTRA DE SOUZA FRANCISQUINI
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
LUCIANA MACHADO GUABERTO
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
Serão utilizadas 24 vacas da raça Holandês Preto e Branco em diferentes estágios de lactação e gestação, com idades entre 4 e 6 anos, alimentadas com pastagem Urochloa decumbens, silagem de milho, concentrado peletizado e mistura mineral. O fornecimento de água será ad libitum em bebedouro tipo australiano. Estes animais serão avaliados de acordo com a temperatura das imagens termográficas nos seguintes pontos: globo ocular, focinho, flanco direito, úbere lateral direito, períneo, úbere caudal. Após será aferida a temperatura retal (TR) com termômetro clínico digital. A produção de leite das vacas será determinada após a ordenha completa da vaca fazendo leitura direta no medidor de leite da ordenha mecânica. Serão colhidas amostras diretamente do medidor de leite da ordenha mecânica. A coleta de sangue será através de venopunção mamária, para que seja feita dosagem hormonal de progesterona e estradiol, comparando-se as concentrações dos mesmos em diferentes períodos da gestação e lactação. Também serão realizados os testes de CMT (California Mastitis Test) e CCS (Contagem de Células Somáticas em todos os animais, antes da ordenha. A finalidade do estudo é coletar um amplo montante de dados para traçar o perfil anual de temperaturas de áreas do corpo de vacas gestantes e em lactação da raça Holandesa com termografia de infravermelho e correlacionar essas temperaturas com o resultado dos exames California Mastitis Test (CMT) e contagem de células somáticas (CCS) para o diagnóstico precoce da mastite subclínica A coleta de leite, aferição da produção e coleta de sangue serão realizadas a cada 30 dias. O delineamento experimental será inteiramente ao acaso, os dados serão avaliados pela análise de variância e posteriormente aplicar-se-á o teste de Tukey a 5, com o "software" SAS (2005).

Protocolo: 2918 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 1/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAIO DE OLIVEIRA SIQUEIRA
MURILO SOUZA REDIVO
GABRIELA FIGUEREDO CORNACINI
ISAMARA BATATA ANDRADE BALESTEIRO
FERNANDA LUIZA GUINOSSI BARBOSA DEAK
CAMILA DUTRA DE SOUZA FRANCISQUINI
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS

Resumo:
O hormônio luteinizante (LH) desempenha um papel chave no controle de processos fisiológicos como o desenvolvimento de folículos, ovulação e manutenção luteal no ovário através de seu receptor, o LHR. Em bovinos, durante a diferenciação de células da granulosa de vacas submetidas à superestimulação ovariana, há um aumento na abundância do LHR. Dentre os diversos fatores que controlam a expressão do LHR, tem merecido cada vez mais destaque a participação dos microRNAs (miRNAs). Os miRNAs são pequenas moléculas de RNA não-codificante, composto de 19 a 25 pares de bases, controladoras da tradução celular. Estudos têm caracterizado a presença e ações dos miRNAs no trato reprodutivo de fêmeas mamíferas. Em bovinos, alguns trabalhos já identificaram o perfil de miRNAs expressos em ovários adultos e fetais. Recentemente, novos dados têm demonstrado o controle de miRNAs sobre o LHR em roedores e humanos. Desta forma, a presente proposta visa identificar e quantificar a expressão dos miRNAs reguladores do LHR em células da granulosa de vacas Nelore submetidas ou não à superestimulação ovariana com FSH (protocolo P-36) ou FSH+eCG (protocolo P-36/eCG) e correlacionar com os níveis de mRNA do LHR. Logo, espera-se que a compilação dos resultados gere uma "assinatura molecular" de miRNAs envolvidos com o desenvolvimento folicular antral em fêmeas da raça Nelore, estimulando, no futuro, propostas com o intuito de avaliar a transfecção celular dos miRNAs reguladores do LHR e seu papel sobre a diferenciação in vivo de célula da granulosa bovinas. Além disso, é de suma importância o entendimento do impacto das biotécnicas reprodutivas, como a superestimulação ovariana, sobre a expressão de miRNAs e seus efeitos posteriores.

Protocolo: 2847 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CELSO AMBROZIO NETO
Professor(es): ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A termorregulação testicular eficiente resulta na boa qualidade do sêmen em bovinos criados no clima tropical. A aferição da morfometria corpórea e do aparelho reprodutor na espécie bovina na pré-puberdade e puberdade prediz o potencial reprodutivo na idade adulta, colaborando nos programas de melhoramento genético. Objetiva-se com o presente projeto estudar a termorregulação testicular na pré-puberdade e puberdade por meio da termografia digital por infravermelho, avaliar as características do sêmen, do crescimento corpóreo e do aparelho reprodutor e obter as concentrações séricas de testosterona em bovinos machos jovens da raça Nelore, criados extensivamente. Serão utilizados 20 bovinos machos jovens da raça Nelore com idade entre 10 e 12 meses, mantidos em pasto de Urochloa decumbens, com mistura mineral e água à vontade. Serão realizadas, durante 8 meses, a cada 60 dias, os seguintes procedimentos: colheita de sangue por venopunção jugular para dosagem de testosterona por radioimunoensaio (RIA), colheita de sêmen por eletroejaculação, termografia por infravermelho da bolsa escrotal e mensurações corpóreas e do aparelho reprodutor. Os dados serão submetidos à análise de variância e teste de Tukey a 5.

Protocolo: 2809 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2015 - 7/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELA FIGUEREDO CORNACINI
Professor(es): MARCELO GEORGE MUNGAI CHACUR

Resumo:
As dermatopatias caninas são comumente observadas na rotina do atendimento clínico veterinário devido a facilidade do proprietário perceber as alterações na pele do animal. A pele está sujeita a agressões físicas, químicas e biológicas diariamente que levam ao desenvolvimento de uma variabilidade de lesões e alterações estruturais. Informações regionais sobre os aspectos patológicos e epidemiológicos das dermatopatias caninas são importantes para que se estabeleça um reconhecimento precoce e tratamento adequado. Nosso objetivo na presente estudo é analisar as dermatopatias que acometem os cães da região Oeste Paulista e determinar seus aspectos patológicos e epidemiológicos.

Protocolo: 3002 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 10/2017 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA DE ALMEIDA CIPRIANO
Professor(es): ELISANGELA OLEGÁRIO DA SILVA
PAULO FELIPE IZIQUE GOIOZO

Resumo:
O processo cicatricial compreende uma sequência de eventos moleculares e celulares que interagem para que a restauração do tecido lesado ocorra adequadamente. Avanços científicos nos últimos anos foram alcançados para avaliação dos efeitos do uso do plasma rico em plaquetas (PRP) e da fibrina rica em plaquetas (FRP) para o processo hemostático e para cicatrização de feridas através da liberação de fatores de crescimento. Comparando a eficiência das duas preparações plaquetárias (PRP e FRP), estudos sugerem que a FRP seja mais efetiva que o PRP e a consideram uma opção promissora no tratamento de feridas. Contudo, estudos sobre a eficácia da FRP comparada ao PRP, por meio de análise da qualidade da cicatrização proporcionada pelas duas técnicas, em modelos experimentais envolvendo coelhos, é escassa na literatura. O estudo proposto tem como objetivo caracterizar o tipo de fibra colágena induzida por ferida dérmica em coelhos tratados com PRP (gel) e FRP autólogos. Serão utilizados 12 coelhos clinicamente hígidos, da raça Nova Zelândia (n= 6 machos, n= 6 fêmeas). Após procedimento anestésico, serão induzidas duas feridas cirúrgicas, na região dorsal, com auxílio de punch de 8,0 mm. Seis animais serão tratados com PRP autólogo na forma gel e os outros seis coelhos tratados com FRP, em uma das feridas. A segunda ferida, paralela à primeira, será tratada com solução fisiológica e servirá como controle. Para avaliação da área de retração das feridas será empregado o programa computacional Image J, enquanto para a determinação do tipo de colágeno, bem com sua quantificação, lâminas de biópsia serão coradas e passarão pela técnica de polarização com o corante Picrosirius-red F3BA. Para todas as análises estatísticas será utilizado o programa computacional SPSS, com adoção de nível de significância de 5.

Protocolo: 2819 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2015 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA ROSA SANTOS BREDA
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
A imunidade protetora na leishmaniose está associada com eficiente resposta imune celular, e é caracterizada pela produção de citocinas, tais como, IFN-&#947;, TNF-&#945; e IL-12 e a suscetibilidade, está usualmente, relacionada à indução de resposta Th2 e consequente produção de IL-4, e de outros componentes que desativam macrófagos, como IL-10, TGF-&#946; e prostanglandina E2. O TGF-&#946; é uma importante citocina regulatória que participa tanto no início como na resolusão da resposta inflamatória e seu gene, TGFB, é polimórfico, podendo influenciar na produção desta citocina, entretando poucos trabalhos têm avaliado sua a influência sobre as doenças infecciosas. Desta forma, a investigação da distribuição de alelos e genótipos do gene TGFB1+29 nos doadores de sangue será essencial para futuras comparações desta distribuição com a de pacientes com leishmaniose, possibilianto uma mellhor compreensão desta citocina na suceptibilidade e/ou proteção na leishmaniose.Como o controle da doença se baseia, sobretudo, no tratamento dos casos humanos, combate ao vetor e eutanásia do cão sororreagente, principal reservatório da doença em áreas urbanas, a avaliação do conhecimento sobre a leishmaniose poderá contribuir para melhorar medidas de divulgação sobre a doença, contribuindo para a sua prevenção. O objetivo deste trabalho será avaliar a frequência alélica e de genótipos do polimorfismos TGFB1+29 e o conhecimento sobre a leishmaniose em doadores de sangue. Para isto, iremos avaliar doadores de sangue do Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente (n &#61619; 600 indivíduos), sem queixas clínicas, com idade maior ou igual a 18 anos, ambos os sexos e sem histórico prévio de doenças infecciosas. Esta população faz parte do projeto docente conduzido pela orientadora-pesquisadora (protolocolo CCPq/ CAAE: 2359/39826414.8.0000.5515) já aprovado. Para melhor avaliar nosso objetivo será realizada a análise de dados epidemiológicos e do conhecimento sobre a leishmaniose obtidos através de questionário. A genotipagem será em amostras do Biorrepositório sob a resonsabilidade da professora orientadora através da técnica de discriminação alélica baseada em emissão de fluorescência. Após a análise dos resultados, serão considerados significativos valores de p&#61603;0,05.

Protocolo: 2773 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 5/2018 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): PALOMA BARBOSA FERNANDES
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP) é caracterizada pela elevação da pressão arterial pulmonar, ou seja, há um aumento da resistência vascular pulmonar (RVP), podendo levar a uma insuficiência ventricular direita. Pode ser classificada segundo a sua etiologia, podendo ser primária (idiopática), que é quando nenhum fator causal pode ser identificado ou pode ser secundária, que é quando é secundária a alguma afecção pulmonar ou do sistema cardiovascular. Os sinais clínicos podem ser variados e o método de diagnóstico mais utilizado em Medicina Veterinária é o ecoDopplercardiografia (método não invasivo), mas a cateterização (método invasivo) é o método para o diagnóstico definitivo, embora não seja muito utilizado em pequenos animais. O medicamento mais utilizado para o tratamento da HAP é o Sildenafil tendo como objetivo uma maior sobrevida e uma maior qualidade de vida, pois não há cura para essa afecção, dependendo da sua cronicidade, e o prognóstico é desfavorável. O presente trabalho teve como objetivo fazer um levantamento da morbidade dessa afecção e identificar alguns fatores que influenciam o aparecimento da HAP secundaria. Serão avaliados animais que foram submetidos ao exame ecocargiografico entre os anos de 2013 a 2015 e serão classificados em relação a pressão estimada pela curva da velocidade de fluxo da insuficiência tricúspideda (Valva Atrioventricular direita). Será utilizado análise estatística descritiva como o auxílio de programas computorizados (Excel 2007®, Microsoft), para criar gráficos e tabelas para ilustração desses resultados.

Protocolo: 2806 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 1/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOSE SERGIO COSTA JUNIOR
LARISSA FERNANDA CECILIATO GALLI
Professor(es): YUDNEY PEREIRA DA MOTTA

Resumo:
Objetiva-se comparar o efeito analgésico mediado pela técnica Nova Craniopuntura de Yamamoto (NCY) comparativamente à acupuntura tradicional como adjuvantes no controle da dor pós-operatória em gatas. Serão avaliadas 30 gatas, encaminhadas para ovariosalpingohisterectomia (OSH), que serão distribuídas em três grupos de dez animais cada: NCY: inserção de agulhas bilateralmente nos pontos D, H e I determinados pela técnica NCY; AT: inserção de agulhas bilateralmente nos acupontos Estômago 36 e Baço-Pâncreas 6; Controle: não será feito nenhum estímulo com acupuntura. Em todos os animais a medicação pré-anestésica será realizada com a associação de cetamina (5 mg kg-1), midazolam (0,5 mg kg-1) e tramadol (2 mg kg-1), por via intramuscular (IM). Quinze minutos após, será iniciada a aplicação da acupuntura nos tratamentos NCY e AT, que será realizada durante 20 minutos antes da indução anestésica e mantida durante todo o procedimento cirúrgico. A indução anestésica será realizada por via intravenosa com propofol efeito dose-dependente, seguindo-se a manutenção anestésica com isofluorano. Durante o procedimento anestésico serão avaliados: frequência cardíaca e respiratória, pressão arterial sistólica, oxicapnografia, temperatura esofágica, concentração final inspirada e expirada de isofluorano. No período pós-operatório o grau de analgesia será mensurado 0,5, 1, 2, 4, 8, 12, 18 e 24 horas após extubação traqueal utilizando-se a Escala Analógica Visual Interativa e Dinâmica (EAVID) e a Escala Composta Multidimensional (ECM). O grau de sedação será avaliado por sistema de escore. Analgesia de resgate será realizada com tramadol (2 mg/kg, IM), em casos dos escores excederem 33 da pontuação obtida pela EAVID e/ou da ECM. A estatística será feita com análise de variância com aplicação do teste de Tukey (dados paramétricos) e teste de Kruskall-Wallis e Friedman com pós-teste de Dunn (dados não paramétricos), ao nível de 5 de significância.

Protocolo: 2750 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 7/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINA DE CARVALHO BACARIN
Professor(es): RENATA NAVARRO CASSU
REJANE BATISTA BRINHOLI VICTORINO DA SILVA
GABRIEL MONTORO NICÁCIO

Resumo:
A doxorrubicina é uma droga é amplamente utilizada como agente antineoplásico, no tratamento de tumores sólidos e neoplasias hematológicas, com bons resultados. Acredita-se que a ligação da doxorrubicina ao DNA da célula cardíaca promova alteração na síntese protéica e consequentes alterações funcionais e estruturais nos miócitos. Muitas vezes, as alterações cardíacas agudas induzidas pela doxorrubicina são subdiagnosticadas, devido aos sintomas leves e à falta de padronização nos métodos de investigaç&